fbpx
11 Results

funil

Pesquisar

Como migrar do offline para o online

Todas as empresas devem estar atentas a tendências e possíveis mudanças no mercado. Uma das principais qualidades de uma marca é a capacidade que ela tem de se adaptar e criar estratégias para se manter atualizada e ativa em seu segmento. Nos últimos anos, muitas empresas migraram para os serviços online, criando campanhas e estratégias em multicanais.

Segundo pesquisas, 69,8% dos brasileiros têm acesso à internet, dessa forma, estando conectados durante boa parte de seu tempo, e estando suscetíveis a serem impactados por estratégias de marketing online e efetivamente efetuarem compras através de e-commerce. Agora que as pessoas estão em casa, é mais importante ainda repensar na comunicação, no atendimento e nas vendas pela internet. Conheça informações importantes que uma empresa deve se atentar ao migrar do offline para o online.

Omnichannel

O termo omnichannel significa o conteúdo multicanal ou seja, a presença da marca em diversos locais, como lojas físicas e virtuais, aplicativos, redes sociais e serviços de SMS. Omnichannel é uma questão estratégica de mercado e também uma característica essencial de empresas que buscam melhorar a experiência do cliente. Por isso, é importante entender o seu público-alvo e os canais que ele utiliza. Assim, é possível compreender como começar a sua atuação no online, para onde devem ir os seus esforços.

Como fazer a migração do offline para o online

Existem alguns serviços e produtos que são considerados do universo offline, por exemplo, comprar piscinas, colchões ou até mesmo cortinas, porém, a venda desses itens também pode ser adaptada para o online. Oferecendo opções em canais digitais, a empresa conhece os hábitos dos clientes, oferece canais de atendimento para suporte, agendamento de serviços, orçamento, entre outros. Confira a seguir os principais pontos que a empresa deve se atentar para obter sucesso.

Conheça os hábitos de seus clientes

Além de conhecer dados demográficos de seus clientes, como faixa etária e gênero, é importante entender o comportamento e os hábitos de compra. Saber como e quando seu público utiliza as plataformas ajuda a atingi-lo de maneira mais eficaz. Por exemplo, no trajeto para o trabalho ele utiliza redes sociais? Acessa sites de notícias pela manhã? É importante saber se o consumidor costuma fazer compras pela internet, ou buscar mais informações sobre uma marca nos canais digitais.

Crie um plano de marketing

Depois de estudar o comportamento de seu cliente, é importante organizar as informações e traçar um planejamento de estratégias. Ter conhecimento sobre essas informações ajudam a criar campanhas que vão do offline para o online, e oferecer um conteúdo relevante e que esteja conjunto com o momento atual do cliente. Dessa forma, oferecendo maior chance desse usuário ser impactado.

Adapte-se à jornada de compra

Quando tratamos de vendas offline, é importante oferecer um bom atendimento, entender o que o cliente procura e o oferecer o produto ou serviço ideal para ele, entre outros fatores. Esse passos contribuem para a finalização da venda e possível fidelização do cliente com a marca. No online, não é muito diferente, porém essas ações devem ser feitas com mais cautela e estudo.

Se a marca está migrando do offline para o online, em suas campanhas de marketing, a empresa deve oferecer conteúdos relevantes para o estágio da jornada de compra que o cliente está. Seja na fase de problema, onde ele busca um produto ou serviço que ofereça a solução, ou então no momento de conversão, quando o consumidor decide finalizar a compra. Definir os públicos em seu funil de vendas, é fundamental para que a marca atinja e prospecte os clientes no momento certo.

Ofereça um bom atendimento

Assim como na loja física, o cliente espera um atendimento rápido, a diferença em relação ao online, é que ele espera isso a todo momento, já que as compras podem ser feitas 24 horas por dias, então com a migração para o online, é importante olhar para uma comunicação automatizada como chatbots, para garantir agilidade num bom atendimento.

Entenda os canais

Existem diversos canais disponíveis, por isso é preciso se atentar a algumas informações para entender em quais meios sua empresa deve estar, e de que maneira executar ações de marketing e atendimento que gerem um bom resultado. Conhecer os canais, ajuda a empresa a entender as características e públicos de cada um, e saber qual faz sentido com sua campanha e seus público- alvo. Saber onde seu público está, é metade de processo, e saber como atingi-lo é a outra parte. É necessário entender qual canal é mais compatível com os produtos ou serviços oferecidos, e o posicionamento da empresa. pode ser um aplicativo, um site, página nas redes sociais ou envio de SMS. 

Porque fazer a mudança?

Quais são as vantagens de fazer a migração do offline para o online e porque a empresa deve fazê-la.

Melhore o relacionamento com seus clientes

Óbvio que o contato físico não tem igual, mas os canais digitais oferecem agilidade e atendimento a qualquer horário, o que não é possível em uma loja física. A marca precisa definir seu tom de voz e posicionamento nas redes sociais, que esteja de acordo com o perfil da empresa e a imagem que ela busca repassar à seus consumidores.

Tirar dúvidas, resolver problemas, entre outras ações do atendimento ao cliente pode ser feito pelos meios digitais, e a rápida resolução, contribui para uma boa reputação. Marcas ativas nas redes sociais conseguem um bom engajamento de seu público, e possivelmente, uma conversão ou fidelização deste usuário.

Concorrência

Praticamente todas as empresas estão fazendo a migração do offline para o online, sejam elas pequenas, médias ou grandes. Por isso, é importante fazer essa mudança, e estar posicionado perante seus concorrentes. Nos meios digitais, a concorrência é maior e de forma mais direta, então criar estratégias atrativas e que destaquem a marca dos demais.

Campanhas de SMS

Um bom canal para uma campanha de marketing digital, é o SMS. As mensagens enviadas podem enviar links que levam para sites, download de aplicativos ou páginas em redes sociais. A estratégia de SMS pode consistir em enviar conteúdos atrativos, descontos, e outras informações, vai depender de acordo com objetivo pretendido. 

Para criar uma boa campanha de SMS, é importante contar com uma ferramenta adequada para ajudar na elaboração da estratégia e oferecer todo o suporte necessário. A TWW conta com anos de experiência no mercado e um equipe preparada para ajudar a sua marca à atingir seus objetivos. Entre em contato com um de nossos consultores.

SMS por Chatbot: acompanhe os KPI’s certos

Estamos cada vez mais acelerados durante nosso dia a dia, vivemos numa rotina de constante pressa, em que queremos as resoluções o quanto antes. Seja para resolver problemas, comunicar-se ou realizar compras na internet, queremos definir no menor tempo possível. Em consequência dessa ânsia de soluções, vivemos conectados durante quase todos os momentos do nosso dia, principalmente via celular. Estudos revelam que o SMS é aberto em até 3 minutos após o recebimento, e apresenta uma taxa de entrega de 98%. Ou seja, oferece uma possibilidade grande de visibilidade e alcance, devido à isto, muitas empresas já utilizam o SMS por chatbot.

Os objetivos são diversos e vão de gerar engajamento a aumentar as vendas. Para garantir que essa comunicação tenha sucesso, é importante elaborar uma boa estratégia no momento de criar sua campanha de SMS por chatbot. E também acompanhar os KPI’s, cuja sigla traduzida significa Indicador-Chave de Desempenho. Eles são vitais no momento de analisar o desempenho da sua campanha e  necessárias para mensurar os resultados obtidos e entendê-los.

Nesse conteúdo você vai saber mais informações sobre os KPI’s, e de que maneira esses podem ajudar sua empresa a atingir seus objetivos.

O que são KPI’s exatamente?

É uma maneira de medir se as ações geradas estão sendo efetivas e seguindo em direção ao objetivo da empresa. Um KPI pode ser um número ou um percentual, e a sua análise vai de acordo com o que sua empresa pretende mensurar, como taxa de rejeição ou número de visitas. No caso das campanhas de SMS por chatbot, um KPI seria os cliques no link, que são enviados nas mensagens por exemplo.

Por que os KPI’s são importantes?

Analisar e avaliar os KPIs de sua estratégia auxiliam na clareza de informações, e ajudam a marca a entender quais ações geram resultados melhores e quais necessitam de otimizações. Outro ponto importante é o embasamento no momento de criar argumentos em estratégias internas e externas, perante gestores ou investidores, pois com esses dados, é possível mensurar as melhores opções.

Quais são os principais KPI’s ?

Após o início da campanha de SMS por chatbot, chega o momento de analisar as informações geradas e entender qual o posicionamento ideal. Confira os principais KPI’s que irão auxiliar na análise de sua estratégia. 

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica importante em todas as etapas do funil de vendas, e o uso de chatbots pode aumentar o número de conversões, seja ela cadastro, resposta a pesquisa, cliques ou até vendas em si. No momento de enviar seu SMS por chatbot, é importante usar Call to Actions que chamem a atenção, para que o usuário se interesse pelo seu conteúdo e posteriormente finalize a compra. 

Opt-in e opt-out

Para disparo de SMS, é essencial que a empresa tenha o consentimento de seus clientes, pois o envio de mensagens sem autorização pode gerar processos, além de uma péssima imagem para a empresa. É importante contar com ferramentas de opt-in e opt-out, que são as autorizações sobre os dados cadastrais dos usuários. Esse KPI informa que se a quantidade de opt-out estiver elevada, significa que as ações geradas precisam de ajustes. 

Taxa de cliques

Essa taxa é medida quando o seu SMS por chatbot leva à links externos, como páginas de redes sociais ou um site da sua empresa. Ela ajuda a entender a quantidade de vezes que o link enviado pelas mensagens foram clicados pelos usuários, e se a quantidade for baixa, pode significar que a estratégia adotada não está sendo eficiente.  É interessante otimizar o chatbot com mensagens atrativas que levem o usuário a clicar no link enviado.

Ferramenta de SMS por chatbot

Existem diversos outros tipos de KPIs, e a empresa deve entendê-los para que a análise dos resultados esteja em acordo com o objetivo desejado. Conforme vimos, essas métricas são importantes para entender o desempenho da campanha de SMS por chatbot, observando os resultados obtidos, para assim otimizar o que não está saindo conforme o esperado e aproveitar ainda mais os pontos positivos. 

Para facilitar esse processo, é vital contar com uma ferramenta parceira que ajude você e sua empresa a criar uma campanha eficiente de SMS e com todo o respaldo necessário. E que além disso, tenha experiência no mercado e propriedade sobre o assunto. A TWW pode auxiliá-lo em tudo que precisar, entre em contato com um de nossos consultores.

O que são leads e como nutri-los com SMS Marketing

Lead é um termo muito falado no marketing, mas você sabe o que são, como conquistá-los e o que fazer para nutrí-los? Essa estratégia apresenta bons resultados, uma vez que contribui com a decisão de compra por parte do cliente, e pode ser fundamental para sua empresa obter sucesso.  

O mercado e a tecnologia estão sempre em constante transformação, devido à isso, a jornada do consumidor se tornou mais complexa. O cliente passa por algumas etapas antes de finalizar uma compra, e as empresas precisam se atentar a esses estágios, para que o cliente em potencial seja conquistado

Neste conteúdo, você vai conferir mais informações sobre o que são leads e como nutri-los. Além disso, vai conhecer um canal de comunicação que ajuda a manter o contato com o potencial cliente, aumentando suas vendas. 

O que são Leads?

Dentro do marketing, lead é um potencial consumidor que demonstrou interesse em seu produto ou serviço em algum momento, o que pode significar que ele deseja mais informações. Esse usuário acessou seu site ou preencheu formulários online informando dados de contato para que sejam utilizados no futuro.
Quando o usuário já identificou um problema ou necessidade e está em busca de soluções, sua consideração de compra sobe e ele se torna um lead qualificado. É importante saber quais informações são necessárias na hora de identificar e qualificar um contato, para que a equipe de marketing elabore campanhas efetivas e possa direcioná-los de forma assertiva durante a jornada do cliente. 

Entenda a jornada do cliente

Entender a jornada do cliente (processos pelo qual a pessoa passa até efetuar um compra), ajuda a construir a estratégia conhecida como funil de vendas, que é dividida em 3 etapas (topo, meio e fundo de funil). É muito importante compreender cada um desses estágios, para saber quais mensagens utilizar para atingir esse cliente de forma efetiva, fazendo com que ele siga para o próxima etapa de compra e crie uma relação com a marca.

Topo de funil

Também conhecida como etapa de aprendizado, é a parte mais ampla do funil e onde o conteúdo deve ser mais abrangente, já que o usuário ainda não sabe muito sobre a sua empresa. É importante criar conteúdos que ajudem a sanar dúvidas e entender melhor sobre um assunto relacionado à sua área de atuação. Nessa etapa, é possível trabalhar com conteúdos para blog e vídeos curtos, além de mensagens úteis.

Meio de funil

Essa segunda etapa é de reconhecimento e consideração. Nessa fase, o cliente possui um problema e busca uma possível solução. A empresa deve oferecer uma abordagem mais específica para esse usuário, com materiais ricos e que ajudem a entender profundamente sobre o problema e as soluções. Podcasts e e-books são ótimos exemplos de conteúdo para essa etapa.  Vale associá-los a formulários para obter mais informações de contato ou consumo.

Fundo de funil

Essa última etapa é a de decisão. O momento onde a empresa deve oferecer um conteúdo específico sobre o produto ou serviço ideal para a solução do problema do cliente. Usuários nessa fase estão muito próximos da conversão, por isso, ele está mais interessado na sua marca e no que ela oferece. Nessa etapa, o foco é a venda, então utilize cases de cliente que obtiveram sucesso com seu produto ou serviço, reviews de produtos, guias e tutoriais de utilização para gerar mais interesse por parte do consumidor. Aqui nessa etapa, uma ótima ferramenta de entrega é o SMS, que permite enviar mensagens objetivas, apresentar um material de venda e até fazer ofertas, gerando mais conversões. 

SMS: um canal efetivo para nutrição de leads

Além de ser um ferramenta efetiva na etapa de solução, o SMS pode contribuir com a construção de relacionamento com o cliente, sendo o canal para envio de pesquisas de opinião, contato para solução de  dúvidas ou até atualização sobre novidades da marca. Esse canal também pode contribuir com o pós-vendas e fidelização de clientes. Algumas das principais vantagens do SMS são que ele não exige o uso de internet e apresenta alta de abertura (98%). 

Agora que você já sabe a importância de realizar a nutrição de contatos e já sabe como o SMS pode ser vantajoso, que tal conferir mais possibilidades dessa plataforma? Confira abaixo algumas formas de uso para esse canal. 

Envio de mensagens personalizadas 

Crie uma campanha de marketing personalizada para que fique de acordo com o seu público-alvo. Utilizando como base o histórico de compra e contatos do consumidor, é possível criar uma melhor segmentação, dessa forma oferecer produtos que tenham a ver com as características de compra do cliente. Dessa forma, aumentando as chances de sucesso na conversão já que a mensagem pode influenciar o usuário de forma mais assertiva.

Conquista da atenção do cliente

Grande para dos usuários leem as mensagens em até 3 minutos depois de recebê-las. Assim, a taxa de abertura e visualização é alta. Para se destacar, é importante formular mensagens claras, objetivas e, ao mesmo tempo, criativas, visando despertar a curiosidade do destinatário. Vale a pena, ainda, aproveitar esse conteúdo para divulgar links que direcionam direto para a compra. 

Fidelização

Já sabemos que conquistar um cliente novo é muito mais caro do que manter um que já se tem. Então, é importante gerar interesse e engajamento de usuários que já consomem sua marca mesmo após a venda. Dessa forma, as chances de fidelização aumentam. Vale destacar, ainda, que um cliente satisfeito pode gerar marketing orgânico ao divulgar a sua empresa. Crie uma campanha de marketing com foco em fidelização e use o SMS para oferecer ofertas, descontos, frete grátis e outras facilidades.

Utilize a ferramenta certa na distribuição da sua campanha de marketing

Quer nutrir seus leads por meio do SMS, ajudando-os a avançar na jornada e realizar a compra? Para isso, é essencial escolher uma ferramenta de envio segura, fácil de ser manuseada, que ofereça todos os dados necessários para otimizações e que tenha uma equipe experiente por trás. Esse o caso da plataforma da TWW. 

Há mais de 20 anos no mercado, a TWW segue aprimorando as ferramentas de comunicação para oferecer um atendimento ágil e com baixo investimento. Com uma  ferramenta completa e oferecendo consultoria de profissionais qualificados, ela ajuda a construir a comunicação ideal para sua empresa. Fale com um de nossos consultores e realize campanhas de SMS para nutrir seus leads.

Saiba como usar a estratégia do SMS para vendas no setor B2B!

Uma das principais preocupações de quem gerencia o marketing de uma empresa é como aumentar a receita sem gastar demais no orçamento. Para que se tenha sucesso nesse desafio, é importante entender bem o público da instituição. Com esse dado, é possível saber o melhor canal para se comunicar com o consumidor, entregando a mensagem certa na hora exata. Um ótimo meio de comunicação para aumentar as conversões é o SMS  para Vendas, que geralmente oferece resultados muito positivos.

O mercado B2C (Business to Consumer)já faz uso frequente do SMS para se relacionar com clientes e divulgar ofertas, no entanto, vale destacar que empresas B2B (Business to Business) também pode tirar bom proveito dessa comunicação. É preciso, apenas, adequar a linguagem, focando principalmente em mostrar como é possível ajudar o parceiro e não no envio de conteúdos promocionais. 

Confira abaixo as vantagens do SMS para vendas e como ele pode ser utilizado para aumentar conversões.

Vantagens do SMS para comunicação

Antes de entender como o SMS pode ser usado na sua empresa, vale conhecer as vantagens desse canal de comunicação. Segundo pesquisas, 90% dos usuários verificam as mensagens do celular em até 3 minutos após o recebimento, o que faz com que as mensagens ofereçam alta velocidade no contato com o cliente, além de alta taxa de abertura (98%). Vale ainda destacar que o SMS ainda não depende de internet ou modelo de aparelho celular, podendo ser entregue a qualquer momento. 

Como utilizar campanhas de SMS para vendas no segmento B2B

Assim como no segmento B2C, no B2B o foco também é conquistar leads e ajudá-los a seguir no funil, até o momento da compra. É importante entender as particularidades e  necessidades de cada um dos modelos de negócios, para que sua estratégia seja implementada de forma efetiva e obtenha bons resultados. 

Geração de Leads

O seu público-alvo no segmento B2B precisa entender como o serviço ou produto oferecido pela sua empresa merece a atenção dele e possivelmente sua consideração. O SMS para vendas pode ser usado em uma estratégia de marketing que capte leads e atinja seus potenciais clientes em diferentes estágios da jornada de compra. A captação desses leads é valiosa, por isso é importante um bom planejamento na hora de utilizá-los. 

Conheça seu público e planeje seus envios 

A parte inicial do planejamento de uma campanha consiste em obter um bom conhecimento sobre seu target.  É importante estar atento ao segmento do seus potenciais e atuais clientes, para saber as necessidades deles e entender a rotina do ramo. Assim, é possível fazer com que seus envios ocorram nos melhores dias e horários, aumentando a chance de realizar impacto significativo.

Um bom exemplo de plano de envio é o transacional, que está ligado à casos como confirmações de ações e/ou serviços. Esse método transmite segurança, o que é especialmente importante no B2B, já que a pessoa envolvida geralmente lida com o orçamento e questões burocráticas na hora da contratação de serviços. 

Tenha uma proposta de valor

É importante reforçar as vantagens que o seu lead pode conquistar abrindo o seu SMS para vendas e como ele pode ser motivado a buscar mais informações sobre o que você está oferecendo. É indispensável oferecer uma ótima proposta de valor para o seu público B2B. 

Lembre-se que o seu público envolve pessoas que geralmente são atarefadas, possuem muitas responsabilidades e, consequentemente, têm uma dia corrido. Por isso, essas pessoas não têm tempo para um conteúdo sem objetivo e sem algo que os cative. 

Fique de olho nas respostas

Conquistar interações do público é totalmente satisfatório  já que simboliza o interesse que sua mensagem gerou no alvo, o que possivelmente possa vir a se tornar uma intenção de compra. Além disso, é importante dedicar uma equipe especial para responder à possíveis interações, pois essa estratégia gera uma visibilidade positiva para a empresa. O Chatbot por SMS é uma ótima ferramenta para esses casos, pois oferece uma resposta objetiva e rápida. 

Escolha a ferramenta ideal para divulgar SMS para vendas

Para obter um bom desempenho na sua campanha é necessário não só construir uma estratégia efetiva e seguir boas práticas de uso, mas também encontrar uma plataforma que ofereça esse serviço de forma segura. Ainda é essencial que ela seja de fácil manuseio, ofereça todos os dados necessários para otimizações e tenha uma equipe experiente por trás. Esse é o caso da plataforma da TWW. 

Há mais de 20 anos no mercado, a TWW segue aprimorando as ferramentas de comunicação para oferecer um atendimento ágil e com ótimo custo-benefício. Com uma  ferramenta completa e oferecendo consultoria de profissionais qualificados, ela ajuda a construir a comunicação ideal para sua empresa. Quer realizar campanhas de SMS para vendas? Procure um de nossos consultores.

Afinal, como inovar na prospecção de clientes?

Em um mercado altamente competitivo que vivenciamos hoje no mundo empresarial, são necessárias ferramentas especiais para conseguirmos nos manter em meio a tanta turbulência. Por isso, a prospecção de clientes se tornou um mecanismo extremamente inovador e concorrido nas empresas.

Essa etapa do negócio começa com a pré-venda, ou seja, a busca pelo público-alvo. Portanto, é preciso dedicar uma atenção exclusiva para essa atividade, pois é ela que vai determinar se todo o processo de vendas será bem-sucedido ou não.

Não é por menos que se promovem estratégias diferenciadas para lançamento de produtos e serviços, gerar novos negócios e, ainda, desenvolver contratos de compra e venda envolvendo grandes quantias. Com isso, se uma organização deseja crescer de maneira consistente, o foco principal dela deve ser essa fase de prospecção.

Pensando nessa importância, mostraremos como usar ferramentas tecnológicas e táticas de marketing para fazer da prospecção de clientes um aliado do seu negócio. Acompanhe!

Ferramentas tecnológicas para prospecção de clientes

LinkedIn e o outbound marketing

Uma plataforma de relacionamento interpessoal cujo objetivo é facilitar a forma de divulgar um currículo, melhorando consideravelmente as chances da pessoa no mercado de trabalho, e ainda, dando visibilidade frente às grandes companhias. A rede social corporativa teve um crescimento exponencial em pouco tempo, com suma importância na pré-venda.

Com essa nova demanda, criaram uma ferramenta totalmente inovadora chamada “LinkedIn Sales Navigator”. Ela serve especificamente para prospecção de clientes, com funcionalidades feitas para atrair consumidores e ajudar o empreendedor a gerir sua organização.

Ainda que o gestor não pretenda usar esse recurso ímpar, até pelo fato de ser pago, ele ainda é considerado um dos melhores mecanismos para trazer leads e acelerar a jornada pelo funil de vendas de uma empresa.

Automação do marketing

Ferramentas que promovem a automatização do sistema de marketing entregam resultados consideravelmente mais completos e bem elaborados, mesmo porque, as informações são encaminhadas diretamente para os softwares de CRM – mecanismo de gerenciamento avançado de vendas – qualificando o potencial comprador.

Elas têm uma relação íntima com o marketing de conteúdo, o SEO (Search Engine Optimization – traduzindo livremente como Otimização para Mecanismos de Busca), e até com o SMS marketing.

Geralmente cria-se um blog de conteúdos de interesse do público que se pretende chamar atenção, com palavras-chave que direcionam a pessoa que estiver pesquisando a ele. Feito isso, são desenvolvidos materiais com tudo sobre o que estão buscando, incluindo infográficos e vídeos para aprimorar e permitir um amplo conhecimento sobre o assunto.

Além disso, se fornece o acesso a esses materiais por meio de landing pages, em que o usuário assine uma newsletter ou baixe um e-book, por exemplo, e o software de automação de marketing fará o trabalho constante de enviar ao usuário por e-mail, novidades quentes sobre o site da empresa.

CRM

O CRM ou Customer Relationship Manager, é um software de gestão de relacionamento com o cliente que, a partir de agora, poderá ser alimentado com os lead captados pelo sistema de automação de marketing. Uma vez nele, os prospects serão classificados como frios ou quentes.

Quando o software reconhecer esses leads como quentes, emitirá na mesma hora as informações para os vendedores responsáveis por entrar em contato com eles, investigando o real problema que trouxe o cliente até eles. Desse modo, saberão encaixar o produto certo às suas devidas necessidades, resolvendo a dificuldade imposta.

Os colaboradores poderão executar esse procedimento de variadas maneiras como em visitas, enviando propostas e contrapropostas, e fechando o negócio da melhor forma possível.

Depois que fizerem a venda, devem prestar atenção ao pós-venda, pois é por causa dele que o cliente será fidelizado e voltará a comprar na sua empresa.

Estratégias de marketing

Listas baseadas na inteligência comercial

Quando estamos lidando com prospecção de clientes, é fundamental que saibamos definir perfeitamente as personas que integrarão as fontes de pesquisa, pois em uma pré-venda presume-se que o gestor conheça seus consumidores em potencial.

Após determinados e delimitados os possíveis compradores, temos que analisar fria e calculadamente o motivo que os levou ao consumo, quais são suas inquietações, suas necessidades primordiais e como funciona o processo de escolha delas.

Compreendida essa etapa tão importante, começamos a colocar em prática os dados obtidos pelo sistema, construindo listas de perfis do cliente ideal (ICP), isto é, todos os que se alinham com o que a empresa tem a oferecer. É bom lembrar que o tempo gasto nesse momento não é em vão, muito pelo contrário, é um investimento futuro.

Toda essa informação coletada influenciará diretamente em questões relevantes para dar suporte aos profissionais no setor de vendas. Assim, eles verificarão e qualificarão os prospects que valem mais a pena focar, desprendendo o mínimo de energia possível e ganhando mais tempo com negócios assertivos e promissores.

Recursos feitos para dispositivos móveis, como os já mencionados anteriormente, são excelentes para esse trabalho de coleta de dados da organização, além de enriquecerem o sistema com informações vantajosas e determinantes para encontrar as pessoas certas.

Abordagens corretas

Agora que conseguiu atrair o lead para seu negócio, devemos trabalhar estratégias relacionadas com a abordagem que se faz, pois se não for executada da forma certa, perderá o cliente e todo o esforço terá sido em vão.

Para entrar em contato com o potencial comprador, é ideal que prepare o profissional para não cometer falhas, como fazer ligações sem emoção. Portanto, verifique exatamente qual o problema da pessoa no intuito de trabalhar especificamente na dor dela, e ainda, resolver o problema que ela apresenta com o produto ou serviço que a companhia possui. Isso vai superar às expectativas e agradá-la ainda mais.

Como todos estamos sujeitos à imprevistos diários, pode ser que o prospect não tenha uma boa classificação ou, mesmo qualificado, não tenha ainda, o nível de maturidade que precisava para tratar da proposta. Para esses casos atípicos, o ideal é ser o mais natural e demonstrar a maior compreensão possível, para que não pareça estar sendo inconveniente. Assim, ele ficará sempre disponível para uma futura abordagem.

Diante desse texto, pudemos compreender a importância da prospecção de clientes, abstraindo a ideia de que quantidade não é sinônimo de qualidade, portanto, mesmo que se tenha contatos escassos para investir, trarão mais resultados produtivos que ligar para inúmeros leads desqualificados no dia.

Gostou de aprender como inovar nesse mercado promissor? Deseja saber mais sobre o assunto? Então curta nossa página no Facebook e tenha acesso a mais conteúdos exclusivos como esse!

Tudo o que você precisa saber sobre o relatório de vendas

Em uma empresa, além das estratégias necessárias para gerar resultados e atrair mais clientes, é preciso ter um planejamento estratégico bem definido, de modo que possa auxiliar a mensuração e permitir com que a equipe aperfeiçoe seus processos. Nesse sentido, o relatório de vendas é uma ferramenta imprescindível, pois permitirá a seus colaboradores uma análise mais detalhada sobre alguns pontos importantes do processo e como está a performance do setor.

Também será um auxílio para a definição de metas, além de entender quais as principais preocupações que a sua empresa deve ter a curto e a médio prazo. Pensando em todos esses aspectos, elaboramos este conteúdo para que você saiba sobre a importância de um relatório de vendas, como elaborá-lo, além ficar por dentro das principais métricas que devem ser avaliadas. Boa leitura!

Qual é a importância de um relatório de vendas?

Analisar os dados referentes às vendas do seu negócio contribui para que os processos estejam mais alinhados, além de identificar possíveis gargalos operacionais. A seguir, confira as principais vantagens de contar com um bom relatório para auxiliar nessas etapas!

Otimização dos processos

Quando uma empresa percebe a importância que esse relatório tem para seu negócio e para os resultados da organização, certamente buscará por meios que possam facilitar essa análise. Ferramentas que elaboram uma organização de dados mais eficiente permitem que os processos sejam otimizados, diminuindo as chances de erros e contribuindo para que os números demonstrem o que de fato está acontecendo com sua equipe de vendas.

Isso permitirá que o gestor possa acompanhar de perto como está a performance de cada vendedor, quais são os principais gargalos que impedem um número maior de vendas, além de buscar por soluções que tragam resultados mais efetivos. Ao mudar processos, o número de vendas consequentemente será maior, uma vez que os principais erros durante as etapas serão corrigidos.

Pode-se dizer, inclusive, que esse será um diferencial competitivo para a empresa, uma vez que sua equipe se preocupará em corrigir determinados pontos que interferem na experiência do cliente.

Redução de custos

Uma análise do relatório de vendas influencia diretamente na redução de custos. Esse benefício de contar com dados bem definidos e de fácil navegabilidade é pouco conhecido, mas fácil de ser entendido. A partir dessa mensuração, haverá a possibilidade de entender qual é a demanda do seu negócio, quais são as principais urgências relacionadas aos seus produtos e serviços, além de elaborar um planejamento de recursos de forma mais eficaz.

Dessa forma, a sua equipe gestora terá melhor administração dos investimentos, bem como conseguirá definir de maneira mais perspicaz sobre as necessidades de seus clientes. Assim, poderá focar em treinamentos mais específicos ao seu time de colaboradores, com riscos menores de optar por determinadas estratégias que pouco trarão resultados à empresa.

Melhoria do desempenho da equipe

Tudo isso permite um desempenho mais alinhado da equipe, justamente por saber quais são os principais pontos de melhorias a serem trabalhados. Se o relatório de vendas identificou que a empresa conta com a quantidade de leads qualificados necessária para bons negócios, mas que o processo não consegue ser continuado de forma que a empresa veja esses números se converterem, certamente o problema está no modo como o seu time aborda os potenciais clientes.

Assim, haverá a oportunidade de buscar por qualificação, entender quais são os pontos que necessitam melhorias, buscar feedback daquele público que, apesar do interesse, não finalizou o contrato, além de impulsionar com êxito as suas vendas.

Como fazer um bom relatório de vendas?

Agora que você já conhece os principais pontos de melhoria que um bom relatório de vendas oferece para a sua empresa, chegou o momento de entender como elaborá-lo de maneira eficaz. Confira as dicas que selecionamos e entenda!

Tenha objetivos claros para o relatório

Quais são os principais objetivos de sua empresa relacionados ao relatório de vendas? Para essa definição mais exata, entenda inicialmente quais as metas preestabelecidas no planejamento estratégico, com o intuito de cruzar essas informações e utilizar esses dados como aliados para resultados mais expressivos.

Ao ter em vista os principais objetivos de seu relatório, sua equipe terá insumos para entender os dados necessários para que eles sejam atingidos, concorda? Entre os principais intuitos de uma análise de informações da sua equipe de vendas, pode-se destacar a produtividade do seu time, além da projeção de faturamento para os próximos períodos.

Especialmente para o início de cada ano, o segundo quesito é um dos pontos que mais recebe atenção por parte dos gestores, uma vez que a projeção baseada nos resultados do mesmo período do ano anterior definirão o sucesso ou não das estratégias implementadas.

É possível, ainda, definir como analisar as informações que ofereçam insights para melhorar os índices de Custo de Aquisição de Clientes, também conhecido como CAC, além de um Retorno sobre um Investimento mais qualificado, seja na sua área de vendas, seja em outro setor — como a equipe de Marketing.

Estabeleça metas para a equipe

Estabelecer metas para a sua equipe permite que os colaboradores tenham mais foco em seus resultados individuais, aperfeiçoando-se para que os números da empresa como um todo sejam positivos. Para isso, analise inicialmente a concorrência. Essa etapa é essencial para ser possível definir metas e objetivos mais realista, uma vez que o seu time entenderá qual é o percentual de crescimento de seu seguimento e quais são as previsões para os próximos anos.

Após esse entendimento, chegou o momento de avaliar qual é a sua realidade interna. Teve aumento das vendas nos últimos meses? Sua equipe está estagnada ou, em casos mais preocupantes, teve um declínio? Qual é a realidade histórica de seu negócio? Tem tradição no mercado ou é uma organização que está em busca de conquistar o seu espaço? Tudo isso influenciará para metas mais precisas e que motivem seus colaboradores a buscarem por alcançá-las.

Também é preciso avaliar qual é a capacidade de entrega de resultados de sua equipe como um todo. A partir do número de funcionários, quanto você pode vender para que a entrega de seus produtos e serviços seja feita com qualidade? Qual é a quantidade de vendas fechada, se relacionarmos com os clientes em potencial?

Por fim, defina quanto você deseja que sua empresa cresça, além de trabalhar com diferentes cenários. Fixe metas ousadas (que possam ser atingidas) e também esteja constantemente atento à evolução desses resultados. Se a sua organização oferece diferentes tipos de produtos e serviços, também é indicado que cada setor tenha um número diferenciado, justamente pela demanda de mercado que pode ser variada.

Entenda quais são as informações essenciais ao seu negócio

Existem três informações imprescindíveis para uma análise eficiente de um relatório de vendas. Conforme já mencionado, a primeira delas é o mercado. De nada adianta exigir de sua equipe resultados que estariam de acordo com a realidade do seu negócio há alguns meses, sendo que a concorrência como um todo já não mais apresenta a mesma performance, seja por influências econômicas, seja por influências políticas.

Isso permitirá, inclusive, que sua equipe possa analisar as principais oportunidades a serem investidas, além de buscar pelo que está com pouca oferta e muita demanda por parte deu seu público. Também se destaca o negócio que busca entender o nível de maturidade de seus clientes: a prospecção de clientes da minha equipe de vendas está apta para consumir os produtos e serviços que estou oferecendo? O que pode ser considerado oportunidade de vendas em meu negócio?

Imagine só a seguinte situação: uma instituição de ensino considera como oportunidade de vendas todo e qualquer visitante que chega ao seu site deixando contato em busca de seus materiais ricos. Certamente, a sua equipe de vendas perderá muito tempo elaborando argumentações para esses leads, uma vez que nem todos são qualificados. Por essa razão, defina quem realmente tem chances de fechar negócio com sua empresa para que o processo seja mais focado.

O segundo ponto a ser considerado é em relação às finanças. Entenda quais são os principais dados que permitem o bom funcionamento de sua empresa, como o capital de giro. Esse estudo permitirá uma avaliação mais precisa do seu volume de investimento, do ponto de equilíbrio, da taxa de rentabilidade, além de oferecer informações que auxiliem a equipe de vendas.

Após ter em mente todas essas considerações, avalie o fluxo de operações para entender se existem gargalos no seu pós-venda. Entenda que, mais importante do que vender, é preciso assegurar que o atendimento ao cliente esteja de fato sendo executado com qualidade e que esse público perdure em seu negócio, bem como traga novas oportunidades para o seu time.

Não se esqueça do ticket médio

Certamente você já ouviu falar sobre esse termo, tão importante para entender sobre a saúde financeira do seu negócio. O ticket médio nada mais é do que a média do valor que seus clientes têm gastado com seus produtos e serviços. Ou seja, quanto maior for esse valor, maior será o seu faturamento.

Entender sobre esse valor permite que a empresa possa avaliar não apenas se está gerando um bom número de vendas, como também se obtém o faturamento ideal previsto para um período em específico. Ele deve ser analisado em um período mensal, pois a organização terá informações mais completas sobre os seus resultados naqueles 30 dias.

Muitos gestores buscam por estratégias que consigam aumentar o ticket médio, por não considerar que ele está dentro das expectativas. A principal dica é oferecer uma gama maior de serviços, mas fique atento quanto a isso: é melhor ser excelência em determinada área e ter qualidade no que é prestado aos seus clientes do que não ter um foco bem estabelecido.

Assim, seu negócio não apenas vai atrair clientes, como também fidelizá-los, gerando novas oportunidades devido ao marketing boca a boca.

Levante os dados de seus clientes

Sempre apertamos na tecla de fidelizar aqueles clientes que chegam até a sua empresa, independentemente da forma de contato, certo? Essa questão deve estar presente em um relatório de vendas, pois permitirá entender o por que de não ter uma recorrência em seus negócios, além de buscar compreender caso haja a insatisfação por parte do seu público em algumas etapas de seus processos.

Mas afinal, o que de fato analisar para que esse objetivo seja cumprido? Qual é o número de reclamações de seus clientes em um período que compreende a fase inicial do contato com a sua empresa, quanto tempo seu negócio demora a responder essas reclamações, qual é a nota atribuída ao seu negócio por meio do NPS (Net Promoter Score), entre outros.

Para que tenha efetividade nessa estratégia, é preciso que toda a sua equipe conheça exatamente os produtos e serviços ofertados, além de compreender todos os processos, desde a pré-venda até o relacionamento a longo prazo do público com a sua equipe.

Quais são as métricas importantes a serem avaliadas em um relatório de vendas?

Ao longo do conteúdo já chegamos a mencionar algumas métricas importantes que precisam ser analisadas em um relatório de vendas, como o ticket médio. No entanto, existem outras que permitem estratégias mais consolidadas para melhores resultados. A seguir, confira quais são elas!

Número de leads

Os leads são aqueles contatos que mais têm a probabilidade de fechar negócio com a sua empresa. Os leads qualificados já são aqueles que estão educados em relação ao seu produto e serviço, sabem qual é o problema e como solucioná-lo (com o auxílio de uma equipe com expertise no mercado — no caso, sua empresa).

Para conquistar a qualificação desses leads, é preciso investir em um relacionamento mais próximo com aqueles que, em algum momento do funil de vendas, demonstraram interesse em algumas de suas ofertas. Para isso, disponibilize conteúdos relevantes de acordo com o seu nicho de atuação que, de alguma forma, respondam aos principais questionamentos de sua persona — representação semifictícia de seu cliente ideal.

Produza textos relevantes de acordo com as técnicas de SEO, conte com ferramentas que aproximem sua empresa desses prospects e busque entender quais são as dores que poderão ser sanadas. Uma estratégia de SMS, por exemplo, poderá ser uma aliada para o envio de dicas, sugestões e informações relacionadas à sua área de atuação, permitindo com que a sua organização seja vista como autoridade no assunto.

Além disso, ela fará com que esse contato seja mais próximo, pessoal e personalizado, ampliando as chances de o negócio ter sucesso no futuro. Com o objetivo de obter essas informações de seus clientes, ofereça materiais ricos com landings pages que possam converter em dados importantes ao seu negócio.

Isso permitirá que, mais do que apenas ter contato com o cliente e oferecê-lo conteúdos, você terá informações valiosas de quem realmente tem como objetivo adquirir seus produtos ou serviços.

Taxas de conversão

Talvez essa seja considerada uma das mais famosas métricas relacionadas ao seu time de vendas e de marketing, e a que mais tem atenção por parte dos gestores de uma organização. Tudo isso porque ela tem a capacidade de mensurar quantos dos leads que sua equipe entrou em contato que realmente fecharam negócio, tornando-se seus clientes.

Como calcular a taxa de conversão? Basta dividir o número de negócios fechados pelo total de leads. Após esse resultado, multiplique por 100 e essa é a taxa de conversão de seu time!

Em relação a essa métrica, é preciso defender que, ao ter uma baixa taxa de conversão, não necessariamente o problema está com seus vendedores. Pode estar, por exemplo, com a baixa qualidade de seus prospects, conforme o exemplo da instituição de ensino mencionado mais acima.

Gastos com Marketing

Apesar de muitos entenderem sobre a importância do Marketing para a tração e fidelização de clientes (além de contar com leads qualificados para a equipe de vendas), poucos de fato entendem como é importante avaliar os gastos com essa área para uma estratégia que traga resultados efetivos.

Analisar esses custos permite medir o Retorno sobre o Investimento, com o intuito de auxiliar a equipe a pensar em quais áreas deve investir mais e em quais poderá economizar recursos. Além disso, entenderá quais das ações não estão trazendo resultados, fazendo com que a sua equipe aperfeiçoe ou pense em outras soluções que realmente ofereçam insumos para o seu time de vendas.

Também é possível fazer diferentes tipos de testes, uma vez que nem todas as estratégias são eficazes em todos os segmentos. Destacamos também o benefício de forçar ações mais estratégicas, uma vez que todos os dados nortearão melhor a sua equipe em busca de números mais expressivos.

Por fim, relacionando diretamente com o foco de nosso texto, gerir os gastos com o Marketing contribui para o aumento das vendas. Um erro cometido por algumas empresas é mesclar os orçamentos dessas duas equipes, fazendo com que esses resultados não sejam analisados de maneira diferenciada.

Assim, isso traz mais dificuldades para pontuar ações que ofereçam de fato novas oportunidades de negócio. Ao diferenciar esses orçamentos, consequentemente haverá um aumento das vendas, pois será possível trabalhar em estratégias pontuais para cada uma das áreas.

Análise de previsão

A análise de previsão em um negócio é essencial para que as vendas possam seguir recorrentes e oferecendo à empresa o faturamento necessário para a saúde financeira do negócio. Essa análise nada mais é do que o cálculo sobre as vendas e o faturamento em determinado período, além das projeções necessárias para que haja um diferencial competitivo por parte de sua empresa.

A análise de previsão prepara a sua equipe de vendas caso os números estejam abaixo do esperado, influenciam diretamente em ações mais estratégicas de Marketing, além de atrair investidores para que seu negócio expanda dentro do esperado. É preciso ter a consciência de que, ao apresentar números mais bem elaborados e concretos, certamente vai atrair a atenção de novos negócios por parte de outros empresários, ampliando o leque de crescimento.

Custo de Aquisição por Cliente

Chegamos a mencionar mais acima sobre o Custo de Aquisição por Cliente, que, como o próprio nome já diz, mede os gastos necessários para que o seu cliente feche negócio com a sua empresa e crie um relacionamento duradouro com a sua equipe. O seu cálculo é simples: divida todo o gasto efetuado com Marketing e com Vendas pelo número de clientes com contratos firmados em sua empresa.

Essa métrica, inclusive, pode ser aliada com a de Lifetime Value — tempo de vida médio do cliente, métrica que demonstra por quanto tempo ele oferecerá rendimentos para a empresa. Ao dividir o Lifetime Value pelo custo do cliente, você oferecerá à empresa informações necessárias para entender se o seu público está exigindo um gasto além do necessário se comparado com o quanto eles gastam em seu negócio.

Como uma ferramenta contribuirá para o relatório de vendas?

Conforme você percebeu, são muitas as métricas que devem ser analisadas em um relatório de vendas, além de entender quais são os processos que devem ser melhorados caso algumas delas esteja abaixo do esperado. Com o objetivo de que todas essas informações sejam mais precisas, contar com a tecnologia como aliada é um dos principais passos, uma vez que serão cruzadas as principais informações e gastos, o que permitirá um acompanhamento mais preciso das estratégias adotadas.

Busque por aquela ferramenta que seja de fácil usabilidade pela sua equipe, que ofereça suporte para as principais dúvidas de seus colaboradores, além de pesquisar por aquela que mais atenda às suas necessidades. Também se preocupe em contratar uma tecnologia que ofereça, além dos relatórios, auxílio para as suas estratégias de Marketing, personalizando mensagens e aprimorando o relacionamento com os seus clientes.

Neste conteúdo, você pôde ficar por dentro das principais informações que um relatório de vendas precisa conter para que seus resultados sejam mais expressivos e as metas preestabelecidas no planejamento alcançadas com êxito.

Ao implementar todas essas ações e avaliar as métricas apresentadas, certamente as ações e estratégias adotadas pela sua equipe terão um foco maior na aquisição e na fidelização, contribuindo ainda para encantar o cliente e aumentar a sua satisfação em relação à sua empresa.

Gostou deste conteúdo sobre relatório de vendas e deseja receber outras dicas e informações semelhantes? É só assinar nossa newsletter e ter diretamente em sua caixa de entrada todos as nossas novidades!

Tudo sobre uma campanha de SMS realmente efetiva

Para que a empresa consiga atingir os resultados almejados, é preciso que haja um planejamento eficiente e, principalmente, que as estratégias sejam definidas com antecedência. Com o objetivo de que as campanhas consigam alcançar os seus clientes, é necessário, inicialmente, conhecer o seu público, entender quais são os seus problemas e como o seu negócio conseguirá ajudá-lo.

A partir disso, é possível estabelecer ações que consigam atrair e fidelizar seus consumidores, além de tornar a sua organização referência em seu nicho de atuação. Nesse contexto, uma campanha de SMS pode ser a solução ideal para oferecer conteúdo ao público, coletar informações importantes para o aperfeiçoamento das soluções oferecidas e também divulgar as estratégias de vendas planejadas.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você entenda mais sobre as campanhas de SMS corporativo, conheça algumas estatísticas importantes sobre o assunto, as vantagens de utilizar esse canal de comunicação, assim como boas estratégias. Boa leitura!

Entenda o uso do SMS

Contar com uma campanha de SMS como aliada traz muitas vantagens ao seu negócio. Para entender um pouco mais sobre esses benefícios, elencamos os principais.

Interação com outros canais

Conforme abordado, conhecer o público é o primeiro passo para definir quais são os melhores canais de comunicação com o objetivo de estabelecer esse contato. A partir dessa definição, é possível aliar o uso do SMS com as suas outras redes. Caso o seu site esteja com promoções imperdíveis, é possível enviar um lembrete para que a sua base de contatos possa acessá-lo e verificar as ofertas.

A partir da sua mensagem, é possível enviar um link encurtado que vá direcioná-los para o local desejado. É possível, também, aumentar a quantidade de fãs e propagadores de sua marca por meio de outras redes sociais, como o Facebook e Instagram: basta enviar a página e convidá-los a seguir. No entanto, ofereça valor para essa ação: explique que, nesses canais, ele poderá ter acesso a dicas, ofertas e comunicados que vão agregar conhecimento ao seu dia a dia, por exemplo.

Compatibilidade

Ao definir os melhores canais de comunicação, é preciso avaliar a compatibilidade. Afinal, de nada adianta definir estratégias caso elas não consigam alcançar quem realmente interessa, não é verdade?

Com o SMS, não existe esse problema, uma vez que ele é compatível com todos os aparelhos celular.

Mensagens objetivas

As mensagens de SMS precisam ser claras e objetivas. Diferente do e-mail, em que se envia uma newsletter, essa possibilidade não existe por esse canal. Dessa forma, é preciso que você vá direto ao ponto! Caso seja uma oferta, em poucas palavras, é preciso dizer o que a sua empresa tem de melhor para seus clientes naquele momento, no que diz respeito aos seus preços.

Se for enviar dicas e conteúdos relevantes sobre o seu nicho de atuação, é preciso seguir pelo mesmo caminho. Essa objetividade é bastante positiva, uma vez que as pessoas cada vez mais assumem essa característica.

Feedback rápido

É essencial considerar o feedback dos clientes para que sua equipe possa aprimorar seu atendimento, além de contribuir para aperfeiçoar produtos e serviços. Para isso, é preciso ouvir aquele que dá a palavra final sobre o trabalho executado por seus colaboradores: o próprio público.

Nesse contexto, a empresa deve definir os melhores canais para coletar informações, opiniões, críticas e sugestões para que entenda os gargalos operacionais, de produção e até mesmo em relação ao contato com os profissionais. No caso do SMS, o feedback é rápido, devido à sua alta taxa de abertura, além de ser um tipo de mensagem praticamente instantânea — que abordaremos mais adiante.

Conheça 4 estatísticas que comprovam que o SMS ainda é eficiente

As campanhas SMS ainda trazem resultados significativos para o negócio. Para se ter ideia, de acordo com a ANATEL, a quantidade de dispositivos móveis registrados no mês de dezembro foi de 229 milhões. A seguir, apresentaremos algumas estatísticas que comprovam a efetividade dessa estratégia.

1. Alta taxa de abertura

Como você pode conferir nesta publicação, a taxa de abertura do SMS corresponde a 98%. Ou seja, praticamente todos os usuários que receberão a sua mensagem visualizarão aquele conteúdo. Em termos de comparação, o e-mail marketing tem uma taxa de apenas 20%.

Isso se explica muitas vezes devido ao fato de o aparelho celular estar à mão praticamente o dia todo, o que justifica, também, a sua rápida interação: o SMS é aberto, em média, 5 segundos após o recebimento, sendo que 90% deles são lidos apenas 3 minutos depois de recebidos.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo IDC, em média, 62% dos usuários fazem o uso de seus aparelhos assim que acordam, sendo que 44% deles o utilizam, inclusive, como despertador. Esse comportamento do consumidor, que já nem é tão recente, comprova que utilizar o aparelho como canal de comunicação faz com que a sua mensagem seja transmitida!

2. Usuários dispostos a receber as mensagens

Em média, 57% dos usuários têm interesse em registrar seus números em serviços de SMS, especialmente para receber comunicados e conteúdos relevantes, que agregarão valor ao seu dia a dia. Isso é muito bom, pois agrega valor para a empresa ao permitir um contato mais próximo com o cliente e a consequente fidelização de seu público.

Além disso, 50% dos usuários americanos afirmam que já fizeram alguma compra por meio de ofertas recebidas no celular ou por e-mail.

3. Dificilmente há spam

Receber spam não é nada agradável, concorda? Esse é um dos maiores gargalos quando se trata de uma estratégia de e-mail marketing. É preciso que haja um cuidado bem específico para que as mensagens não sejam identificadas com essa característica — caso contrário, sua campanha não surtirá efeito algum!

Em relação ao SMS, essas chances diminuem consideravelmente. Você vai enviar os conteúdos apenas para a base de contatos registrada em seus canais, além de as mensagens dificilmente serem apagadas pelos usuários.

4. Preferência pela área de negócios

O uso do SMS tem a preferência de 72% dos profissionais da área de negócios do que qualquer outro aplicativo de mensagens, sendo que 32% o utilizam regularmente para agendar ou alterar compromissos.

Saiba como iniciar uma campanha de SMS realmente efetiva

Depois de entender todas as estatísticas sobre o mercado mobile, além de ficar por dentro das vantagens do uso de SMS, apresentaremos como começar uma campanha de SMS que seja realmente efetiva. Veja!

A coleta dos números

Inicialmente, é preciso estabelecer uma base de contatos, para que você envie seus conteúdos aos clientes. No entanto, é preciso ter um pouco de cuidado nessa etapa. Conseguir o número de celular de seus consumidores e potenciais consumidores vai demandar uma estratégia mais detalhada, uma vez que esse tipo de dado não é tão facilmente fornecido quanto o e-mail, por exemplo.

Mas fique tranquilo, pois essa não é uma tarefa complicada! Seu público precisa entender que, ao oferecer esse contato, receberá ofertas exclusivas diretamente em seu celular. Exatamente: é preciso se preocupar com a exclusividade dos materiais enviados por SMS; afinal, é uma recompensa por ele ter confiado o número à sua empresa!

Além disso, o ideal é que tenha uma periodicidade bem definida, desde que não seja com um volume muito alto de mensagens. Assim como no e-mail, são grandes as chances de ele se descadastrar, caso receba conteúdos incansavelmente.

Mas você deve estar se perguntando: como coletar esses contatos? Existem algumas possibilidades. A primeira é por meio de uma folha de preenchimento em seu ponto físico. Se ele efetuar alguma compra ou fechar algum contrato, por exemplo, deixe o espaço para o número e para que haja a marcação se deseja ou não receber conteúdos. A segunda é incluindo um campo para que ele preencha em alguma landing page de seu site.

O opt-in e o opt-out

É necessário que sua equipe entenda que não basta apenas ter uma base de contatos: ela precisa ser opt-in. Ou seja, as pessoas que estiverem inclusas para o envio de seus comunicados, informações, ofertas e dicas relevantes precisam ter autorizado aquele envio.

Essa questão merece uma atenção especial por parte de sua empresa. A ANATEL promove o regulamento dessas campanhas justamente devido ao uso indiscriminado por parte de muitas organizações, inclusive as próprias telefonias. Sendo assim, além da autorização do seu consumidor (opt-in), ele precisa ter a oportunidade de se descadastrar sempre que achar necessário (opt-out).

Caso esses métodos não sejam seguidos de acordo com a legislação, a sua organização pode arcar com as consequências, como cobrança de multas. O CDC, Código de defesa do Consumidor, determina o pagamento de taxas que vão de R$ 450 a mais de R$ 6 milhões, de acordo com a gravidade da situação.

O ideal é que sua equipe mantenha os contatos sempre atualizados, para que não haja o risco de enviar para um número que já tenha optado pelo descadastramento. Além disso, é essencial contar com plataformas que ofereçam essa solução e automatizem o processo de seus profissionais.

O opt-out torna-se necessário devido ao fato de que os interesses das pessoas mudam conforme suas necessidades atuais. Caso elas identifiquem que, naquele momento, seus conteúdos e ofertas já não são tão relevantes, é preciso que encontrem facilmente uma maneira de realizar esse descadastramento.

Se ela não encontrar e continuar recebendo mensagens, pode ser que a sua estratégia perca um possível consumidor no futuro. Afinal, hoje ela pode não se interessar pelos seus serviços, mas, daqui a alguns meses, sim. Dessa forma, esse cliente fará novamente o cadastro, e o contato será restabelecido.

Os relatórios a serem considerados

Com a base de contatos formada e todas as responsabilidades legais seguidas, de modo que a empresa não terá problemas com a Justiça, é o momento de avaliar como está a sua campanha de SMS marketing por meio de relatórios. Assim, é possível aprimorar alguns pontos que não estão caminhando de acordo com o esperado, além de investir naquilo que trouxe resultados.

Para isso, é necessário fazer o acompanhamento do ROI — retorno sobre investimento — para analisar quais são os resultados financeiros de suas estratégias. Esse acompanhamento precisa ser realizado com uma certa frequência, para que se possa comparar os valores obtidos e avaliar as atuais necessidades da organização. Dessa forma, estipule prazos visando observar os pontos a serem melhorados.

Avalie, também, como está a taxa de resposta, caso você coloque algum CTA (call to action). Ou seja, sempre que estiver disponível algum link para o seu site, redes sociais ou determinada oferta, avaliar o engajamento torna-se uma estratégia eficaz para estudar o que precisa ser modificado caso a taxa seja baixa.

As ofertas não são aquelas mais adequadas para o momento? O texto não está chamativo? Ao responder a esses questionamentos, é possível testar novamente para verificar se houve um aumento dessa abertura.

Por fim, é preciso entender como anda o descadastramento de sua base. Se essa taxa for alta, é porque as ações adotadas não estão condizentes com o que o público espera. ​

Fique por dentro de 5 estratégias para o uso do SMS marketing

O uso do SMS marketing pode se encaixar nas mais diversas estratégias. É preciso, inicialmente, avaliar quais são os objetivos da empresa. Aumentar as vendas? Divulgar o novo produto ou serviço? Aperfeiçoar o atendimento? A partir dessas respostas, você poderá utilizar o SMS para atingir as metas almejadas.

A seguir, confira as principais ações que podem ser utilizadas para uma campanha de SMS efetiva. Confira!

1. Qualificar os leads

Você certamente já ouviu falar sobre leads. É uma oportunidade de negócios que precisa ser cultivada de alguma forma, para que possa, enfim, efetuar a compra ou o contrato. Por meio do SMS marketing, é possível qualificá-lo nas mais diversas etapas do funil de vendas.

Enquanto atração, a empresa pode enviar dicas e comentários sobre o seu nicho. Uma instituição financeira, por exemplo, vai enviar materiais sobre como fazer um planejamento mensal, como economizar cortando gastos desnecessários ou até mesmo como o gasto excessivo pode ser prejudicial para a sua renda.

O reconhecimento é quando o lead sabe em quais conhecimentos deseja aprofundar e, por essa razão, volta a entrar em contato com a empresa para mais informações sobre o assunto. Ao conhecer, de fato, qual é o seu problema, ele deseja a solução: é aí que as organizações podem enviar ofertas, produtos e serviços que estejam de acordo com as pretensões daquele consumidor. Tudo isso por meio do SMS!

​2. Testar o engajamento do público com a marca

Estratégias de engajamento do público com a marca devem ser cultivadas. Isso contribui para divulgar o seu negócio, aumentar o tráfego de seu site e até mesmo ampliar o leque de clientes. Para isso, conhecer a persona (representação semifictícia de seu potencial consumidor) e promover a produção de conteúdo, conforme explicado, deve ser o primeiro passo para essa estratégia.

É necessário, também, ter um calendário de publicações, iniciar o diálogo com o seu público, além de investir em um atendimento de primeira linha. No entanto, nada disso vai adiantar caso você não teste como está o engajamento com a sua marca! Em qualquer estratégia, a mensuração dos resultados é o fator mais importante para o seu sucesso.

Por meio do SMS e dos relatórios exemplificados, é possível perceber justamente isso: cliques, respostas, quantidade de clientes em sua base, quantos desejam ter contato com seus conteúdos, entre outras informações.

3. Aperfeiçoar produtos e atendimentos

A partir do envio de SMS, é possível compartilhar questionários de avaliação com o seu público. O NPS (Net Promoter Score), por exemplo, permite que, com simples perguntas, sua equipe possa avaliar como está o atendimento, como os produtos e serviços solucionam as dores de sua persona, além de entender em quais pontos é possível melhorar.

Também é possível encaminhar pesquisas de satisfação, que vão aproximar o contato com os clientes e aprimorar o diálogo, tão importante para que os resultados sejam mais efetivos. Vamos a um exemplo prático: uma instituição de ensino precisa entender como os alunos estão avaliando os novos cursos oferecidos.

Por meio das pesquisas de satisfação, é possível identificar quais são os principais desafios apresentados, se a carga horária é satisfatória, como está a performance dos profissionais envolvidos, assim como entender se o aprendizado está condizente com a proposta.

Para aquelas instituições que precisam avaliar a satisfação dos pais dos alunos, perguntas como a confiança na direção e nos professores, se eles recomendariam a escola para outros pais, além de possíveis reclamações, contribuirão para o aprimoramento dos serviços oferecidos.

4. Divulgar vendas sazonais

É preciso que as empresas aproveitem períodos sazonais para promover e divulgar as suas ofertas. O Dia das Mães, por exemplo, sempre traz excelentes resultados para as organizações. Em 2018, as vendas apresentaram um crescimento de 4%, se comparadas com os anos anteriores. Para 2019, as expectativas continuam positivas.

Além das vendas sazonais, existem também períodos promocionais do mercado, como a Black Friday. Nesse contexto, instituições de qualquer ramo podem aproveitar para abaixar o preço de suas mercadorias e serviços para, então, lucrar e alcançar as metas estipuladas.

No entanto, é preciso que haja uma divulgação eficiente dessas ações. Assim, o SMS para promoção pode ser utilizado com o objetivo de ampliar o alcance dessa estratégia — lembre-se da importância de enviar ofertas exclusivas!

Por fim, a organização também deve aproveitar períodos específicos baseados nos dados dos clientes. Uma mensagem de aniversário é uma excelente oportunidade para fidelizar o seu público e demonstrar que a sua empresa se importa de verdade com aquele contato. Dessa forma, sempre que precisar novamente dos serviços oferecidos pelo seu negócio, retornará para efetuar a compra.

5. Efetuar serviços de sua empresa

É possível, ainda, que alguns serviços de sua empresa possam ser efetuados por meio do SMS. Voltando ao exemplo da instituição financeira, é possível que se elabore uma campanha para que os clientes entendam quais os serviços disponíveis naquele canal. Ele pode ser aproveitado para, entre outras atividades:

  • envio de boleto;
  • envio de saldo;
  • parcelamento de dívidas.

Em relação à área da educação, uma mensagem em massa pode ser enviada alertando sobre o vencimento das mensalidades, troca de sala para as provas de vestibulares e para as provas regulares, assim como pode ser aproveitado para o envio de boletos.

Saiba como uma plataforma pode contribuir efetivamente para a sua estratégia

Durante todo o conteúdo, mencionamos a importância de investir em uma campanha de SMS para que sua equipe tenha êxito em suas estratégias. Para isso, abordamos o uso de relatórios, envio de mensagens para toda a base de contatos, possibilidade de descadastramento e análise de métricas.

No entanto, para que tudo isso seja efetuado de maneira prática e eficiente, de modo que a equipe consiga avaliar pontualmente os aspectos a serem melhorados, além de contribuir para incrementar a experiência do cliente, é preciso contar com uma plataforma que ofereça essas soluções!

Também, a escolha de uma plataforma que seja adequada para a sua estratégia permite que a equipe garanta a segurança dos dados de seus clientes. Hoje, esse aspecto deve ser central para uma empresa, especialmente pela aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados, que pune as organizações que compartilharem informações indevidamente.

É preciso contar com uma ferramenta que tenha um sistema de classificação dos usuários. Assim, cada pessoa terá acesso apenas às informações que são relevantes para ela. Isso contribui para resguardar a empresa de processos judiciais, além de preservar a sua credibilidade perante o mercado.

Por fim, é possível que as campanhas estejam organizadas de acordo com a sua finalidade. Isso permite um fácil acesso às informações sempre que a equipe precisar coletar dados e planejar ações futuras.

Neste material, você pôde entender como elaborar uma campanha de SMS eficiente, quais os principais cuidados necessários para que ela traga bons resultados, além de ficar por dentro das vantagens que esse tipo de estratégia oferece. Em um mercado cada vez mais competitivo, é preciso buscar ações que contribuam para que a sua organização se destaque e ofereça ao cliente uma experiência enriquecedora.

Por meio dessa estratégia, as chances de fidelizar o seu público tornam-se consideravelmente maiores, permitindo que haja a propagação de sua marca.

Mas, afinal, quais são as expectativas para o futuro do SMS? Continue no blog e aprofunde seus conhecimentos!

As principais ferramentas de comunicação com o cliente

Graças à evolução da tecnologia, comunicar-se com o cliente está cada vez mais fácil. Nesse sentido, as ferramentas de comunicação são grandes aliadas na atração e na fidelização do consumidor, principalmente quando bem planejadas. Por isso, é essencial estar sempre por dentro do assunto para oferecer um atendimento eficaz, ágil e de qualidade.

Se você quer aprimorar os seus processos e aumentar as vendas, manter canais abertos para que os clientes tenham a chance de se expressar deve ser parte fundamental da sua estratégia de negócios. Isso porque saber ouvir os consumidores verdadeiramente, ser capaz de resolver seus problemas e entender seu comportamento melhora a qualidade e os resultados da empresa.

Neste artigo, elencamos as ferramentas de comunicação mais comuns, apresentamos seus diferenciais e benefícios para que você opte por aquela que mais se adequa ao perfil do seu público-alvo. Confira!

Plataformas para o envio de SMS

A comunicação por meio de uma plataforma de envio de mensagens short message service (SMS) é uma excelente maneira de se aproximar dos seus clientes, especialmente se o time souber utilizar as técnicas de SMS marketing. Segue abaixo algumas possibilidades de envio:

  • atualizações sobre o status de um pedido ou serviço;
  • número referente ao código de barras para quitação de um boleto;
  • alerta sobre algum detalhe que precisa da ação do cliente;
  • cupons de desconto para compras online;
  • lembretes referentes a horários e confirmações de consultas médicas;
  • aviso sobre eventos da empresa na região.

Uma das grandes vantagens dessa solução é que as pessoas são notificadas de imediato, visto que as mensagens chegam diretamente no celular delas. É justamente essa capacidade de chamar a nossa atenção que faz com que o SMS apresente ótimas taxas de abertura e de leitura.

Em estratégias de marketing de conteúdo, por exemplo, as mensagens de texto também são indicadas para fazer contato com leads que estejam no fundo do funil, por se tratar de um canal bastante pessoal.

Chatbot

Os chatbots (agentes virtuais) oferecem diversas vantagens para as empresas, como o aumento da retenção de atendimentos e a otimização de recursos. Seus impactos no relacionamento com o cliente vão além: os bots ficam disponíveis para que os usuários sejam atendidos sempre — mesmo nos momentos em que a empresa está fechada.

Outro benefício dos chatbots que otimiza a comunicação é a facilidade de uso por parte dos clientes. Não devemos deixar de pensar na maneira como o público-alvo pode entrar em contato com a companhia, visto que esse público é muito abrangente. Afinal, o planejamento inadequado fatalmente representará um enorme desgaste para a imagem da marca.

Por sua vez, a inteligência artificial viabiliza a inclusão de pessoas com deficiência. Um bom exemplo disso é o caso de deficientes visuais que utilizam softwares de leitura para manusear computadores e acessar a internet.

Dessa forma, as empresas conseguem programar os agentes virtuais para atender a essas demandas. Assim, a marca demonstra o quanto se preocupa com o bem-estar de seus consumidores.

Redes Sociais

Ainda que alguns gestores se mostrem resistentes, não há como escapar: as redes sociais já são onipresentes na vida de todos nós. Seja por meio da interação com familiares e amigos no Facebook, de notícias no Twitter ou de fotos no Instagram, essas plataformas se integraram de maneira profunda ao nosso cotidiano.

Obviamente, as empresas antenadas aos movimentos inovadores não deixam passar essa oportunidade de turbinar sua comunicação com o cliente.

Nesse cenário, a tendência é que o investimento nas redes sociais não apenas aumente, mas se qualifique, embora já exista um grande esforço de publicidade e propaganda no setor. Mais que simples vitrines, plataformas como Twitter e Facebook vêm provando ser uma gigantesca e revolucionária evolução do antigo Serviço de Atendimento ao Consumidor, o SAC.

Afinal, é exatamente nesses espaços virtuais que os clientes modernos procuram soluções para os seus problemas, externam reclamações e fazem perguntas.

Atualmente, o contato com fornecedores de produtos ou serviços é direto e acontece, na maioria das vezes, por meio desse tipo de mídia. Portanto, é preciso saber ouvir o lado do consumidor nessas ferramentas.

Além disso, as empresas devem estar preparadas para trazerem soluções e darem respostas adequadas o mais rápido possível, visto que a agilidade tornou-se uma exigência para as pessoas.

E-mail

Uma das ferramentas de comunicação mais simples para uma marca entrar em contato com seus clientes ainda é o e-mail. Isso porque praticamente todo mundo tem uma conta nesse serviço. A ideia é que um colaborador da empresa fique responsável por recebê-los e encaminhá-los às respectivas áreas.

Muitos usuários preferem enviar uma mensagem a ligar ou se dirigir à loja, e isso explica também o crescimento da escolha de envio de SMS, chat, redes sociais e WhatsApp.

Por fim, é extremamente importante que os clientes que preferem usar esse canal não fiquem sem resposta, afinal, a falta de retorno certamente causa insatisfação com a marca e afeta sua imagem.

CRM

Até então falamos sobre tendências que têm o objetivo de melhorar a comunicação direta com o cliente, e de dispositivos e ferramentas que fazem uma ponte imediata entre a companhia e o consumidor. No entanto, a verdade é que esse processo externo deve ser consequência de uma organização interna da empresa.

Para tanto, softwares conhecidos como plataformas CRM (em sua tradução, gestão de relacionamento com clientes) têm sido desenvolvidos.

Essas soluções compilam diversos dados acerca de suas interações com o seu público-alvo e fornecem informações embasadas importantes a fim de facilitar e agilizar a tomada de decisões estratégicas por parte dos gestores. Por meio do CRM, é possível saber, por exemplo:

  • qual segmento de público prefere receber ofertas via smartphone;
  • o perfil dos compradores que mais interagem com suas redes sociais;
  • o nível de fidelização dos clientes do seu negócio.

Portanto, o CRM é uma das ferramentas de comunicação mais poderosas para tirar a interlocução com o cliente do plano subjetivo e especulativo. Com isso, é possível transformá-la em ação estratégica, com foco em resultados, os quais o gestor tem a chance de analisar por terem sido corretamente mensurados.

Concluindo, ressaltamos que a seleção das ferramentas de comunicação deve acontecer com base no perfil de clientes, porque é essa necessidade de apostar nas melhores estratégias que fará com que sua empresa tenha resultados efetivos.

Se você gostou deste artigo, conheça também as 5 estratégias de comunicação com cliente que você deve readequar já!