fbpx
101 Results

vendas

Pesquisar

Guia de vendas: como aumentar as conversões?

Não importa qual seja o segmento da empresa, ela vai sempre vender algo à alguém, independentemente se é um produto ou serviço. Por isso, é crucial conhecer todas as etapas e processos de venda para conseguir o sucesso dentro do setor em que atua.

Vale destacar que quando falamos de vendas, não se trata apenas da troca entre cliente e vendedor, e sim todo o processo que leva até a finalização da compra. Conheça todos os tipos de vendas, dicas e outras estratégias que ajudarão sua empresa de forma efetiva.

Principais tipos de vendas

Existem algumas modalidades de vendas, as mais comuns no mercado são as diretas, as consignadas e as corporativas. Cada uma delas é voltada para tipos de negócios diferentes, com públicos-alvo específicos, por isso, é necessário compreender suas características e entender qual é a ideal para o seu negócio.

Vendas consignadas

Esse tipo de venda é mais comum entre varejistas e distribuidores. É a parceria entre um estabelecimento que realiza as vendas e seu fornecedor, com vantagens e acordos que sejam positivos para ambas as partes. Empresas que tenham um estoque pequeno
podem e devem ser beneficiar de vendas consolidadas com outras companhias.
Já que o fornecedor assume o risco de arcar com as despesas e eventuais devoluções caso os produtos não sejam vendidos, o vendedor tem uma opção segura na negociação. Além disso, essa transação também pode ser feita entre lojas e pessoas físicas, neste caso o vendedor assume as vendas e caso o pagamento não seja feito no prazo acordado, o produto é devolvido ao fornecedor.

Vendas diretas

São as vendas clássicas, basicamente consiste no contato entre o vendedor e o consumidor. As empresas estudam as oportunidades de acordo com seu público-alvo e seus problemas a serem resolvidos. Esse tipo de venda, oferece um atendimento personalizado e próximo, sempre de acordo com o tipo de produto ou serviço oferecido. Dentro das vendas diretas, temos alguns tipos diferentes. Algumas delas são:

  • Porta em porta: é a situação em que o vendedor literalmente vai até a localização do cliente para fazer a venda; 
  • Catálogos: que é o caso em que o vendedor deixa um revista ou catálogo com descrições, imagens e preços dos produtos, que o cliente vai selecionar quais deseja comprar;  
  • Lojas físicas: local onde o cliente se dirige para conhecer mais informações sobre o produto oferecido, e é atendido por um vendedor preparado.
  • E-commerce: são as vendas feitas através de um comércio virtual por meio de um equipamento eletrônico, como smartphones ou computadores.

Vendas corporativas

Diferente dos casos anteriores, esse tipo de venda é focado 100% em B2B. Neste caso, as vendas são mais racionais, pois são analisada com mais cautela, e baseadas em argumentos concisos. Vendas corporativas são geralmente feitas através de contratos de longos períodos, transações de alto valores e precisam de um processo de vendas mais complexo, que pode durar um tempo consideravelmente acima das vendas comuns. 

O ideal é criar um bom relacionamento com o público a ser conquistado, levando o lead à finalização da compra e, principalmente, à fidelização – o que garante parcerias duradouras. Nas vendas corporativas, é crucial apresentar argumentos e ter embasamento para efetivar a contratação de produtos ou serviços. Por isso a apresentação de resultados após a venda é importante para destacar as vantagens de manter a parceria.

Dicas de como vender mais

Técnicas e planejamentos são fundamentais para um bom desempenho de estratégias de vendas, marketing e no geral.

Estude seu público-alvo

Todas as informações possíveis sobre o público-alvo são de grande importância para aumentar as chances de sucesso. Saber o comportamento do potencial cliente, e informações como idade, classe social, gênero, estado civil, entre outros é fundamental para que a empresa ofereça o produto ou serviço que atendam a necessidades do usuário.

Tenha uma boa relação com seus consumidores

Além de buscar conquistar novos compradores sempre que possível, é indispensável manter um bom relacionamento com os clientes que já conhecem a empresa. Assim, a marca adquire uma boa reputação e relevância no mercado que está inserida. Além disso,  manter os clientes já conquistados ajuda a empresa na conquista de consumidores em potencial. Isso pode ser feito através de um bom pós-venda, atendimento personalizado e estratégias de remarketing.

Faça mensuração e análises 

A realização da mensuração das métricas pode auxiliar no entendimento do desempenho de uma campanha. Acompanhar os resultados obtidos ajudam no direcionamento das estratégias, e caso necessário, que ajustes sejam feitos. Quando uma estratégia de venda apresenta resultados positivos, gera o embasamento para elaboração de outras metas.

O que é o ciclo de vendas?

Primeiramente, ele é o tempo médio que um produto ou serviço leva para ser adquirido. Ele inclui diversas etapas, que se iniciam no primeiro contato e vão até o pós-venda.
São etapas que consideram os hábitos e desejos do público-alvo durante o planejamento, e garante uma boa experiência de compra, tornando os processos mais efetivos. Além disso, o cliente pode encerrar a negociação quando quiser, simplesmente por não estar satisfeito com algo. Por isso, é crucial estudar o ciclo de vendas com todas as suas fases, para diminuir as chances de que isso aconteça.

Quais são as etapas?

Independemente de qual seja o segmento, o ciclo de vendas precisa passar por algumas etapas para aumentar as chances de sucesso. Conheça abaixo algumas etapas:

  • Prospecção: Encontrar clientes em potencial é a primeira fase;
  • Primeiro contato: Pode ser feito por mensagens SMS, ligação, mensagem direta ou e-mail;
  • Qualificação: Etapa onde é feita a separação entre os leads que tem potencial e os que podem ser descartados, que são aqueles que não apresentam real interesse em fechar negócio;
  • Apresentação: Momento em que o cliente é apresentado ao produto ou serviço;
  • Negociação: Quando a proposta é enviada para cliente para que seja feita a análise e o vendedor aguarda um retorno;
  • Fechamento: Efetivação da compra e formalização da venda;
  • Pós-venda: Quando a empresa busca manter a satisfação do cliente após a conversão.

A elaboração do ciclo de vendas

Após a definição das etapas, é o momento de elaborá-las, a fim de entender e estudar o que vai ser feito em cada uma delas. Construção dos objetivos e metas são cruciais para um bom planejamento do ciclo de vendas. Além disso, todo o processo de compra e hábitos do cliente são vitais, por isso é importante conhecer detalhes como: quando o cliente compra; quem o influencia no processo; como a pesquisa pelo produto ou serviço é feito; horários em que utiliza redes e dispositivos de busca; pontos importantes, entre outros. Quanto mais completas forem as informações, mais fácil será o processo de elaboração e abordagem. 

Além de todos os processos e dicas de estratégias que citamos, é necessário contar com ferramentas que auxiliem a empresa durante o processo de vendas. Uma boa parceria pode gerar o aumento nas conversões e trazer ótimos resultados. Por isso, sua marca pode contar com a TWW para bater as metas e alavancar as vendas. São anos no mercado, sempre orientando e auxiliando empresas dos mais diversos segmentos. Profissionais experientes em estratégias efetivas com SMS, chatbot, voicebot ou o que mais sua empresa precisar para entregar uma ótima comunicação com seu consumidor.  Fale com nossos especialistas e saiba como melhorar seus resultados.

Foco nas conversões: Como utilizar o SMS para vendas?

A sigla SMS significa Short Message Service que, traduzido para o português, corresponde a Serviço de Mensagens Curtas. Basicamente, é o envio de mensagens de texto com poucos caracteres para celulares. Ele é bastante utilizado por empresas, seja para envio de descontos, promoções ou para serviços mais específicos, como envio de orçamento, agendamento de consultas, entre outros. 
Pretende aumentar suas conversões tanto online quanto offline? O SMS pode ser a estratégia ideal para isso. Ele oferece uma taxa de leitura de 98% e na maioria dos casos, o cliente lê o conteúdo em até 3 minutos. Por isso ele é considerado uma ótima ferramenta no momento de realizar estratégias de marketing. Quer saber mais dicas e estratégias de como utilizar o SMS para vendas em suas campanhas? Confira no conteúdo abaixo:

Vantagens dos SMS para vendas

O SMS oferece diversas vantagens dentro das estratégias de marketing. Conheça algumas delas com foco nas conversões.

Taxas que podem ser mensuradas

Conforme falamos acima, o SMS apresenta uma taxa de leitura extremamente alta, de 98%. O que é uma grande diferença se comparada a outros serviços, como o e-mail marketing por exemplo, que tem sua taxa em 22%. Outra métrica importante no SMS para vendas é a taxa de conversão, que identifica as ações que são tomadas pelo usuário a partir do momento que ele recebe o SMS, e pode ser analisada através do link presente na mensagem ou códigos de desconto. 

Realize pesquisas para personalização de perfil

Caso o usuário permita, a empresa pode obter dados valiosos sobre seus potenciais clientes durante o processo de compra, os conhecidos Leads. Outro método para criar um perfil de consumidor são as pesquisas de satisfação. Com elas, a empresa consegue reunir informações sobre as necessidades dos clientes, o que eles buscam e qual é o perfil de comportamento deles. Para isso, o SMS pode ser utilizado na realização de pesquisas e atualização de informações, ou seja, a empresa oferece conteúdos semelhantes ao que o usuário já demonstrou interesse. Após isso, analisa como essa pessoa reage sobre isso, se o comportamento ou a preferência mudou e quais são os fatores decisivos para a compra. Ou então, a marca pode enviar perguntas para seus usuários sobre produtos, serviços, hábitos de compra, preferências, e tudo mais que o cliente desejar passar.

Resultados em curto prazo

Como o envio e o recebimento de SMS são muito rápidos, é possível analisar os efeitos dessa ação já no mesmo dia do disparo. Dessa forma, é fácil de estudar os resultados obtidos e as taxas alcançadas. Quando falamos de SMS para vendas, ele é bastante usado em estratégias de marketing para datas de destaque no mercado (como black friday) ou ofertas relâmpago, pois podem aumentar o senso de oportunidade do cliente. 

Como aumentar as conversões com o SMS para vendas?

Já vimos que o SMS é uma ótima ferramenta no momento de elaborar uma estratégia de marketing, mas como utilizá-lo para aumentar as conversões, sejam elas on ou offline? Conheça algumas dicas que podem ajudar sua marca a alavancar as vendas.

Seja objetivo e atrativo

Já que o SMS tem um limite de caracteres por mensagem, é crucial ser claro e objetivo no que você pretende oferecer ao usuário, sem esquecer de despertar a curiosidade. Ou seja, é importante elaborar conteúdos criativos, que sejam semelhantes ao perfil desse consumidor, mas que, ao mesmo tempo, o incentive a buscar o restante da informação, seja através do clique em um link, uma resposta no próprio SMS ou o uso do cupom em um aplicativo.

Divulgação de links

O link na mensagem de SMS pode direcionar o usuário diretamente para a página de compra, uma página de promoções (com descontos e frete grátis, por exemplo) ou ainda de um produto específico. Caso as vendas sejam nas lojas físicas, o SMS pode direcionar para um post em alguma rede social que informe data e local das promoções que serão oferecidas.

Se atente às datas comerciais

Datas comemorativas são ocasiões em que as pessoas estão mais propensas a realizar conversões, por isso é uma estratégia inteligente para empresas. É crucial estudar o perfil do cliente e como cada ação pode impacta-lo, além de garantir que a promoção oferecida no SMS para vendas seja adequada ao produto ou serviço oferecido pela marca. Assim, a estratégia não corre o risco de parecer forçada ou destoante.

Ferramenta ideal

Ainda dentro do planejamento da estratégia com utilização do SMS para vendas, é essencial escolher a ferramenta certa para gestão. Ela deve oferecer um envio seguro e ser de fácil manuseio, oferecendo todos os dados necessários para otimizações.A plataforma da TWW conta com tudo isso e ainda oferece a consultoria de uma equipe experiente, pois está no mercado há mais de 20 anos.  Sempre aprimorando as ferramentas de comunicação e oferecendo um atendimento personalizado, já ajudou diversas empresas em estratégias de marketing, atingimento de metas de vendas e manutenção de uma relação efetiva com consumidores . Quer saber mais? Procure um de nossos consultores.

Dia dos Namorados: Como gerar vendas durante a quarentena

Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes para o comércio. Ficando a frente do dia das crianças e empatado com dia dos pais em terceira posição para uma das datas mais lucrativas do mercado. Diversos segmentos conseguiram atingir alta nas vendas nesta data comemorativa nos últimos anos, como jóias, roupas, calçados, entre outros. No entanto, com a chegada do novo Coronavírus o setor do varejo tem encontrado dificuldades para se manter, e continuar o nível de vendas durante a quarentena. Muitas empresas tiveram de se reinventar nessa pandemia, a fim de adaptar as vendas e o atendimento ao cenário atual, garantindo, assim, a manutenção do caixa.

Confira abaixo dicas para aproveitar Dia dos Namorados para aumentar vendas durante a quarentena.

Estude a data

Conhecer as características de compra nessa ocasião é crucial para entender o comportamento de seus clientes. Estudar o ticket médio da data, quais são os produtos mais procurados, quais são os meios que os usuários buscam esses produtos, vão ajudar a empresa a criar uma estratégia de marketing mais eficaz.

Além disso, é crucial entender de que maneira sua marca pode embarcar na ocasião de uma forma que faça sentido, e que tenha coerência com a empresa e o produto ou serviço oferecido. Dessa forma, sua marca consegue manter as vendas na quarentena oferecendo itens que estão sendo procurados pelos usuários.

Adapte-se ao digital

Caso sua empresa sempre tenha sido voltada para as lojas físicas, é necessário se adaptar à nova realidade. Com o isolamento social e a grande maioria dos comércios fechados, é importante fazer a migração para os canais online, a fim de continuar presente no mercado. 

Para manter as vendas na quarentena, sua marca pode oferecer entregas de seus produtos de maneira prática a seus clientes, para que eles continuem adquirindo itens da sua empresa durante esse período. Além disso, com o isolamento dentro de casa, é importante usar os canais digitais para melhorar o relacionamento com esses usuários, para que se mantenha uma fidelidade durante esse momento, e após também.

Como criar uma campanha digital de vendas na quarentena efetiva

Confira dicas de como criar campanhas de marketing digital que possam auxiliar nas vendas durante esse dia dos namorados.

Crie kits de produtos

Serviços de e-commerce apresentam resultados positivos quando são oferecidos kits ao invés de produtos individuais, por diversos motivos. Entre eles, o aumento do ticket médio, oferecendo o kit, a loja induz o consumidor a comprar um valor maior do que o planejado inicialmente, pois se o kit oferecer um desconto em relação ao valor original dos produtos, o cliente se sente mais tentado a comprar todos os itens, ao invés de um só.

Divulgue a campanha de dia dos namorados

Elabore uma estratégia de marketing com foco no público interessado no Dia dos Namorados, e divulgue a campanha realizada pela empresa. Seja para engajar os consumidores, ou ainda lembrar sobre a proximidade da data, é importante mostrar que você tem o produto ideal para o cliente, divulgando conteúdos personalizados. Vale ainda pensar em campanhas que ofereçam produtos que possam ser aproveitados em casa, adequando o tema à realidade do momento.

Além dos tradicionais conteúdos em redes sociais e emails, vale investir no SMS para divulgar a sua campanha. Isso porque permite realizar segmentações e ainda oferece altas taxas de entrega e abertura, além de não exigir conexão à internet para que a mensagem seja recebida. 

Sua marca pode enviar um SMS informando sobre a campanha com um link que leve direto para a página de oferta. Isso facilita o processo de compra e contribui com as vendas durante a quarentena.

Envie descontos e ofertas

Conforme citado acima, o SMS oferece bons resultados de entrega, então sua marca pode usar a abusar desse serviço. Oferecer descontos, cupons, e frete grátis nas mensagens de SMS pode despertar a atenção do usuário. Criar conteúdos atrativos e ações promocionais são ótimas maneiras de levar o consumidor até o site, ou aplicativo, e ainda aumentar as taxas de conversão.

Para manter as vendas na quarentena, é preciso se adaptar ao cenário atual, e criar ações que sejam atrativas para o consumidor. Além disso, é crucial contar com uma ferramenta que auxilie sua marca nesse processo. A TWW possui anos no mercado e profissionais preparados, por isso, está apta a auxiliar sua empresa na construção de uma comunicação efetiva, especialmente nesse período de distanciamento social.Equipe disposta a ajudar sua marca a atingir seus objetivos em suas campanhas, seja por meio do SMS, chatbot, voicebot, ou flash. Fale com um de nossos consultores e conheça todos os serviços.

Saiba como usar a estratégia do SMS para vendas no setor B2B!

Uma das principais preocupações de quem gerencia o marketing de uma empresa é como aumentar a receita sem gastar demais no orçamento. Para que se tenha sucesso nesse desafio, é importante entender bem o público da instituição. Com esse dado, é possível saber o melhor canal para se comunicar com o consumidor, entregando a mensagem certa na hora exata. Um ótimo meio de comunicação para aumentar as conversões é o SMS  para Vendas, que geralmente oferece resultados muito positivos.

O mercado B2C (Business to Consumer)já faz uso frequente do SMS para se relacionar com clientes e divulgar ofertas, no entanto, vale destacar que empresas B2B (Business to Business) também pode tirar bom proveito dessa comunicação. É preciso, apenas, adequar a linguagem, focando principalmente em mostrar como é possível ajudar o parceiro e não no envio de conteúdos promocionais. 

Confira abaixo as vantagens do SMS para vendas e como ele pode ser utilizado para aumentar conversões.

Vantagens do SMS para comunicação

Antes de entender como o SMS pode ser usado na sua empresa, vale conhecer as vantagens desse canal de comunicação. Segundo pesquisas, 90% dos usuários verificam as mensagens do celular em até 3 minutos após o recebimento, o que faz com que as mensagens ofereçam alta velocidade no contato com o cliente, além de alta taxa de abertura (98%). Vale ainda destacar que o SMS ainda não depende de internet ou modelo de aparelho celular, podendo ser entregue a qualquer momento. 

Como utilizar campanhas de SMS para vendas no segmento B2B

Assim como no segmento B2C, no B2B o foco também é conquistar leads e ajudá-los a seguir no funil, até o momento da compra. É importante entender as particularidades e  necessidades de cada um dos modelos de negócios, para que sua estratégia seja implementada de forma efetiva e obtenha bons resultados. 

Geração de Leads

O seu público-alvo no segmento B2B precisa entender como o serviço ou produto oferecido pela sua empresa merece a atenção dele e possivelmente sua consideração. O SMS para vendas pode ser usado em uma estratégia de marketing que capte leads e atinja seus potenciais clientes em diferentes estágios da jornada de compra. A captação desses leads é valiosa, por isso é importante um bom planejamento na hora de utilizá-los. 

Conheça seu público e planeje seus envios 

A parte inicial do planejamento de uma campanha consiste em obter um bom conhecimento sobre seu target.  É importante estar atento ao segmento do seus potenciais e atuais clientes, para saber as necessidades deles e entender a rotina do ramo. Assim, é possível fazer com que seus envios ocorram nos melhores dias e horários, aumentando a chance de realizar impacto significativo.

Um bom exemplo de plano de envio é o transacional, que está ligado à casos como confirmações de ações e/ou serviços. Esse método transmite segurança, o que é especialmente importante no B2B, já que a pessoa envolvida geralmente lida com o orçamento e questões burocráticas na hora da contratação de serviços. 

Tenha uma proposta de valor

É importante reforçar as vantagens que o seu lead pode conquistar abrindo o seu SMS para vendas e como ele pode ser motivado a buscar mais informações sobre o que você está oferecendo. É indispensável oferecer uma ótima proposta de valor para o seu público B2B. 

Lembre-se que o seu público envolve pessoas que geralmente são atarefadas, possuem muitas responsabilidades e, consequentemente, têm uma dia corrido. Por isso, essas pessoas não têm tempo para um conteúdo sem objetivo e sem algo que os cative. 

Fique de olho nas respostas

Conquistar interações do público é totalmente satisfatório  já que simboliza o interesse que sua mensagem gerou no alvo, o que possivelmente possa vir a se tornar uma intenção de compra. Além disso, é importante dedicar uma equipe especial para responder à possíveis interações, pois essa estratégia gera uma visibilidade positiva para a empresa. O Chatbot por SMS é uma ótima ferramenta para esses casos, pois oferece uma resposta objetiva e rápida. 

Escolha a ferramenta ideal para divulgar SMS para vendas

Para obter um bom desempenho na sua campanha é necessário não só construir uma estratégia efetiva e seguir boas práticas de uso, mas também encontrar uma plataforma que ofereça esse serviço de forma segura. Ainda é essencial que ela seja de fácil manuseio, ofereça todos os dados necessários para otimizações e tenha uma equipe experiente por trás. Esse é o caso da plataforma da TWW. 

Há mais de 20 anos no mercado, a TWW segue aprimorando as ferramentas de comunicação para oferecer um atendimento ágil e com ótimo custo-benefício. Com uma  ferramenta completa e oferecendo consultoria de profissionais qualificados, ela ajuda a construir a comunicação ideal para sua empresa. Quer realizar campanhas de SMS para vendas? Procure um de nossos consultores.

Campanha de Vendas: 5 ferramentas de marketing ter sucesso

Não existe uma fórmula exata e rápida para ter sucesso em uma campanha de vendas. No entanto, com esforço, planejamento e utilizando as ferramentas de marketing certas, sem dúvidas o resultado positivo começa a surgir. 

Mas o que seriam essas ferramentas de marketing? Simples: plataformas e programas que podem ajudar no planejamento dos materiais necessários para a venda, na divulgação dos produtos ou das ofertas, na mensuração de resultados e na análise de melhorias que podem ser aplicadas. 

E para ajudar sua empresa a obter o resultado esperado em uma campanha de vendas, separamos 5 ferramentas de marketing que, quando utilizadas em uma estratégia inteligente, podem contribuir com o aumento da receita.

Ferramentas de marketing

1. RD Station

RD Station é uma ferramenta de marketing criada pela Resultados Digitais e uma grande parceira na hora de realizar vendas. Isso porque permite criar automações e gerenciar ações de Inbound Marketing, acelerando as conversões. 

Entre as funcionalidades da plataforma estão: controle de base de leads e materiais baixados; criação de landing page, formulários de cadastros, pop-ups, campanhas de e-mail e fluxos de automação; qualificação de leads; acompanhamento de páginas mais visitadas; e análise de resultados de todas as atividades.

Assim, a plataforma ajuda não só a divulgar produtos e serviços, mas também a acompanhar quais leads têm real interesse em efetuar a compra ou fechar o contrato. Essa informação garante que o time comercial tenha contatos efetivos. 

2. SEMRush

Uma das ferramentas mais utilizadas para criação de estratégias de conteúdo e análise de busca dos usuários do Google é o SEMRush. Ele viabiliza o acompanhamento quantitativo das pesquisas de uma palavra-chave específica, contribuindo com a listagem dos temas de maior relevância dentro do segmento de atuação da empresa. 

Com os dados oferecidos pela plataforma, é possível criar conteúdos com os termos mais procurados e, consequentemente, aumentar o tráfego do seu site. Além disso, os resultados ajudam a estruturar campanhas de anúncios com as palavras de melhor resultado e acompanhar as ações dos concorrentes.

3. Yoast SEO

Parte do sucesso de uma campanha de vendas está atrelado à maior visibilidade da empresa, do produto e do serviço oferecido. O blog pode ser um ótimo aliado nessa estratégia, uma vez que usa materiais com conteúdos relevantes para atrair novos clientes, reter os atuais e fazer com que os leads percorram o fluxo de compra.

E para garantir que o blog estimule resultados positivos, é preciso não só alimentá-lo frequentemente, mas também seguir boas práticas de SEO (Search Engine Optimization, que significa Otimização para Mecanismos de Buscas). O Yoast é uma ótima ferramenta de marketing para analisar tanto o conteúdo do blog, quanto a página em relação a esses mecanismos.

A plataforma possibilita a identificação de pontos que aumentam a relevância das páginas na pesquisa do Google. Entre eles estão: palavras-chave, meta-descrição, slug (parte da URL) e textos alternativos para imagens.

4. TWW – SMS marketing

A TWW é uma plataforma de envios de SMS marketing e mensagens fonadas, homologada pelas companhia telefônicas. Com o crescimento do uso de smartphones e a garantia de resultados satisfatórios,  o envio de mensagens tem crescido consideravelmente, o que faz da estratégia de envio de SMS essencial para aumentar as vendas.

Essa ferramenta de marketing é simples e intuitiva, permitindo enviar mensagens de 160 caracteres e acompanhar dados como status de entrega, cliques e respostas. Por ser homologada, ela envia mensagens através de Short Codes, números com 5 ou 6 dígitos, únicos em todas as operadoras (Large account). Vale ainda destacar que o SMS tem taxa de leitura de 90% e que a maioria das pessoas leem a mensagem nos primeiros 3 minutos após o recebimento. 

Ainda é possível contar com uma consultoria completa, que analisa a empresa contratante e indica as melhores estratégias, ajudando a colocar todo o projeto no ar.

5. Google Analytics

O sucesso de uma campanha de vendas depende muito da mensuração de resultados. Só a partir deles é possível compreender o que está sendo positivo e o que exige melhorias. Assim, uma das ferramentas de marketing essenciais para o seu negócio é o Google Analytics. 

Oferecida gratuitamente pelo Google, essa plataforma possibilita o acompanhamento das principais métricas do site, como fontes de tráfego, público, conversões e comportamento dos usuários. A partir dos dados fornecidos, é possível otimizar campanhas e analisar o retorno sobre o investimento.

Agora que você já conhece algumas das principais ferramentas de marketing, é hora de construir sua campanha de vendas e colocá-la em prática. Quer garantir uma mensuração efetiva dos resultados dessa estratégia? Confira com os KPIs a serem acompanhados.

Conheça as 8 técnicas de vendas mais utilizadas no varejo

A prática das técnicas de vendas é fundamental para qualquer empresa. Já que, se ela não vender, não alcançará receitas e, consequentemente, não será sustentável. Dessa forma, em um mercado cada vez mais competitivo, esse tema ganhou ainda mais relevância no varejo.

Nesse sentido, as técnicas de vendas contribuem para que os clientes compreendam melhor as  necessidades de sua companhia e excluam as principais objeções ou dúvidas sobre fazer a compra de determinado serviço ou produto.

Desse modo, o empreendedor precisa ser criativo e elaborar técnicas de vendas infalíveis, que não só contribuam na elevação da lucratividade da organização, mas também a cativar o público. Continue a leitura e conheça oito técnicas de vendas mais utilizadas no varejo!

1. Esteja atento às qualidades do produto e serviço

Estamos em um momento em que as pessoas têm cada vez mais acesso à informação. Uma simples pesquisa efetuada em um site de busca proporciona vários dados aos clientes.

Dessa maneira, é essencial que os vendedores saibam as características dos produtos que estão oferecendo. O conhecimento de detalhes técnicos ajuda a esclarecer possíveis questionamentos que os consumidores possam ter antes de finalizar a compra. Isso garante mais segurança ao comprador. Em consequência, a possibilidade de ele comprar um produto ou serviço no seu negócio aumenta significativamente.

2. Invista em marketing

Conseguir ter um setor de vendas alinhado ao marketing é a estratégia exata para o sucesso. O recomendado, nesse cenário, é criar campanhas eficientes, capazes de repassar os valores e a mensagem da marca para o cliente, criando, assim, uma identificação.

Nesse panorama, a integração entre as áreas de marketing e venda conseguirá ocasionar resultados satisfatórios para toda a instituição e, assim, gerar um ideal reposicionamento da marca no mercado.

É necessário destacar que o sucesso de uma empresa está diretamente relacionado ao marketing. Nada resolve contar com uma ótima infraestrutura, um atendimento de destaque e produtos de boa qualidade, mas não conseguir chamar atenção do público, não saber onde anunciar, quais os preços praticar e ouros motivos que afetem diretamente no processo de vendas.

Assim sendo, o marketing ajudará a sua organização a desenvolver métodos capazes de atrair o público, definir onde anunciar a sua marca, estipular preços e outras questões importantes para o sucesso do seu empreendimento.

3. Valorize o que está oferecendo

Além de conhecer as qualidades do produto que está vendendo, é necessário valorizar o que está sendo vendido. Caso contrário, será mais difícil de a venda ocorrer. Isso porque, para que as outras pessoas acreditem no seu serviço, você deve acreditar nele primeiro.

Assim, busque mostrar o que sua loja tem de melhor em relação à concorrência e explique como o cliente se beneficiará com a compra do seu serviço e produto. Nesse contexto, algumas frases podem ajudar muito, como: isso quer dizer que, isso significa que e isso serve para.

4. Ajude o cliente a entender quais são os seus problemas

É recorrente uma pessoa não saber o que está procurando ou não ter certeza na hora da compra. Nesses casos, as chances de vendas crescem muito quando o vendedor consegue entender o desejo e resolver o problema do cliente.

Logo, a função desses profissionais é dialogar com o comprador e compreender as suas necessidades.  A partir disso, o colaborador poderá oferecer o item adequado, e o consumidor poderá finalizar a transação, saindo satisfeito com a compra e com o atendimento da loja.

5. Estabeleça uma reação de confiança com o consumidor

Obter uma boa relação de confiança com o consumidor trata-se de umas das técnicas de vendas mais importantes no varejo, já que a confiança é a base de todo o processo. É necessário lembrar-se de que, quando uma pessoa desconfia de alguma informação, ela pode resistir e não fechar o negócio.

Conseguir a confiança do consumidor não é uma tarefa fácil. Então, procure ser o mais objetivo possível na apresentação da oferta. Comunique com o cliente, seja atencioso e disponha-se a auxiliar em suas compras.

6. Tenha boas estratégias de vendas

Uma excelente ideia para conseguir atrair e conquistar clientes é elaborar boas técnicas de vendas — visto que elas podem ser criadas juntamente com outras pessoas, por exemplo, amigos, familiares e colegas de trabalho. Esse método é conhecido como brainstorming, que quer dizer “tempestade de ideias”, em português.

A partir da ajuda de cada um, é possível juntar as melhores experiências e utilizá-las como estratégia para criar um portfólio com técnicas de vendas inovadoras e diferentes para a sua loja.

7. Seja flexível

Negociar é uma técnica que exige muito jogo de cintura e persuasão, pois o vendedor necessita saber a hora exata de avançar na venda, assim como é preciso saber ceder.

Para finalizar a compra, é primordial ser flexível, chegando a um consenso que seja vantajoso para ambos os lados. Por esse motivo, deve-se adotar uma postura mais leve e, assim, garantir a realização da compra.

Entretanto, caso não seja possível reduzir o preço, por exemplo, mostre ao cliente que existe a alternativa de estender o prazo de pagamento, aumentando a quantidade de parcelas. Ou seja, deixe claro que a negociação está aberta.

8. Preocupe-se com o pós-venda

Uma das principais dicas é nunca se esquecer do consumidor, mesmo depois da efetivação da venda. Assim sendo, o pós-venda é a fase final para conquistar o cliente, fazendo com que ele retorne a fechar outras compras com sua loja e indique o seu negócio para outras pessoas.

Em vista disso, após a concretização da venda, entre em contato com o consumidor e pergunte o que ele achou sobre o serviço e o produto ofertado pelo seu estabelecimento. Veja se a pessoa tem algum questionamento ou alguma dica a oferecer. Deixe claro, também, que sua loja se importa com a experiência que a pessoa teve ao fazer a compra.

Portanto, as técnicas de vendas ajudam a sua empresa obter novos clientes. Isso ocorre porque o vendedor consegue realizar uma excelente apresentação que valoriza o serviço ou produto que está sendo vendido, compreende os motivos que fazem os clientes comprarem, estabelece uma relação de credibilidade e está sempre disposto a ajudar o consumidor. Nesse contexto, essas ações são fundamentais para a otimização dos resultados do varejo.

Gostou de conhecer as oito técnicas de vendas mais utilizadas no varejo? Quer continuar aprendendo sobre o assunto? Assine a nossa newsletter e receba nossos artigos no seu e-mail!

Como estratégias de SMS Marketing podem aumentar suas vendas

Como aumentar as vendas? Esse é um questionamento comum entre os líderes e responsáveis administrativos de empresas dos mais diversos segmentos. A partir dele, surge a necessidade de repensar estratégias de marketing e encontrar canais de comunicação que possam auxiliar nessa missão, garantindo um contato efetivo com potenciais clientes. E um grupo que vem ganhando destaque são os aplicativos de mensageria por celular, a exemplo dos chatbots e SMS Marketing.

De acordo com a 30ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e divulgada em abril, hoje existem 230 milhões de celulares ativos no Brasil. Na edição de 2018, o levantamento já mostrava que o país tinha superado a marca de um smarthphone por pessoa

O avanço dos aplicativos de mensageria

Com o grande número de smartphones, os aplicativos de mensageria também passaram por uma evolução, aumentando a presença no cotidiano dos usuários. De acordo com uma pesquisa realizada pela Mobile Time em parceria com a Opinion Box, em fevereiro, o Facebook Messenger estava instalado em 69% dos aparelhos móveis pesquisados. Hoje, ele atinge 79% e tem 66% de representatividade no uso diário. 

Enquanto isso, a presença do Instagram subiu de 65% para 72% em 6 meses e o WhatsApp permaneceu líder, funcionando em 98% dos celulares. Já relacionado ao SMS Marketing, 51% dos entrevistados afirmaram receber mensagens todos os dias ou quase todos os dias.

Comunicação facilitada e de grande alcance

Enquanto os aplicativos precisam ser instalados, o SMS Marketing não exige esse processo, sendo compatível com todos os modelos de aparelho e garantindo, assim, uma comunicação direta e acessível. Além disso, as mensagens não demandam o uso de internet, aumentando o alcance potencial e fazendo com que o cliente seja impactado a qualquer hora com conteúdos diretos e de fácil assimilação. 

Outra vantagem do SMS é a alta taxa de abertura. Segundo o levantamento da Frost & Sullivan, a visualização fica em 98%, enquanto os e-mails apresentam apenas 22%. Já as respostas do SMS ficam em 26% enquanto os e-mails correspondem a apenas 5%. 

SMS Marketing: contato em tempo real 

O SMS Marketing ainda apresenta uma visualização quase que imediata. Para se ter ideia, uma pesquisa americana mostrou que 90% dos usuários checam todas as mensagens recebidas em, no máximo, 3 minutos após o envio. 

Quer iniciar uma estratégia efetiva de SMS marketing ou chatbot por SMS? Entre em contato com nossos especialistas!  Nós estamos preparados para entender as características do seu negócio, ajudando a definir as melhores estratégias de comunicação e implementar soluções eficientes para o seu objetivo.

Entenda melhor sobre os direitos do consumidor para vendas online

Com o grande desenvolvimento da tecnologia, o mercado de compras virtuais cresce de igual modo e na mesma velocidade, contribuindo e facilitando o dia a dia das pessoas. Entretanto, utilizar esse mecanismo online requer muita atenção, já que compras não presenciais estão envolvidas. Para isso, é fundamental conhecer as legislações que regem esse específico mercado, tendo em vista a fragilidade pelo não contato com o produto ofertado.

Dessa forma, é possível garantir uma maior segurança ao usuário por meio da aplicação do direito do consumidor, contemplando a credibilidade da empresa, como também a confiabilidade do cliente em virtude do sucesso e da qualidade do atendimento de suas necessidades. E, pensando nisso, separamos algumas informações para auxiliá-lo! Confira!

O que diz o Código de Defesa do Consumidor em relação à propaganda enganosa?

Veicular informação ou comunicação publicitária de caráter falso sugere uma propaganda enganosa, e essa prática, segundo o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 30, é condenável.

Isso porque o não cumprimento por parte do prestador de serviço, bem como o que for anunciado e não respeitar as condições informadas, como frete, preços, pagamentos e suas condições, responderá no rigor da lei pelo não cumprimento. Sendo assim, qualquer divergência existente no que é prometido terá sua penalidade.

Nesse sentido, o Código de Defesa do Consumidor é categórico no que tange a preservar o direito do consumidor, impedindo a atuação desse tipo de desserviço, com penalidade prevista em seu artigo 67, que descreve como crime a prática das referidas posturas, com previsão de pena de detenção de até um ano e multa.

O que é o arrependimento de compra?

O arrependimento de compra é a possibilidade de o consumidor não querer mais a mercadoria, devolver o produto e ter seu dinheiro de volta. Essa proteção acontece em casos de compras realizadas por internet, telefone, revistas ou à domicílio, o que pode facilitar as chances de o cliente ser ludibriado, por não conhecer, de fato, a veracidade e a aplicação adequada do produto.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, as compras que são efetuadas por canais online permitem ao consumidor o direito de se arrepender, ressaltando a importância de uma notificação com prazo de até 7 dias após efetivada a compra, sem a necessidade de justificar a motivação.

Entretanto, em lojas físicas, configura-se uma conduta diferente, de modo que não há uma legislação que permita o arrependimento de compras em estabelecimentos físicos, uma vez que foi possível o contato com o produto desejado.

Dessa forma, o CDC assiste o usuário de acordo com o rigor previsto por lei em seu artigo 49, dando o direito de o consumidor exercer o seu papel como fiscalizador, sendo contemplado pela clareza da lei, assim, diminuindo o crescimento da injustiça para com o indivíduo.

Como a empresa deve agir na troca de produtos?

Facilitar a comunicação entre a empresa e o cliente é a melhor maneira de evitar tensões e desgastes que surgem em processos de devolução de mercadorias. Para isso, é essencial predefinir políticas de trocas de produtos, minimizando os desgastes e os efeitos negativos que um cliente insatisfeito gera.

A partir disso, é relevante adotar medidas que visam a verificar por quais motivos está sendo solicitada a troca. Quando a manifestação for por:

  • defeitos de fábrica, é de plena responsabilidade dos canais virtuais efetuar a troca sem haver qualquer tipo de cobrança para o cliente;
  • produtos com vícios, abrangendo mercadorias quebradas, rasgadas ou faltando peças, é dado a empresa um prazo de 30 dias após a queixa do consumidor, sendo solucionado com a devolução do dinheiro ou a troca do produto.

Qual a necessidade de integração do sistema a um aplicativo antifraudes?

Os prejuízos gerados pelas fraudes no comércio online são gigantescos, e muitas lojas online fecham devido às compras fraudulentas e à perda de credibilidade por parte dos usuários. Com isso, é indispensável a necessidade de integrar o sistema a um aplicativo antifraudes, pois, com ele, é possível fazer a gestão de riscos e garantir o desenvolvimento de sua empresa.

Essa ferramenta favorece a análise imediata de toda tentativa de compra, o que significa que toda compra passará por uma primeira autorização para, depois, ser submetida à verificação antifraude. Assim, serão capturadas todas as informações do usuário na internet e certificados quais são os sites protegidos para a realização de compras.

Por fim, um sistema antifraude aliado a um sistema de integração potencializa a ação do chargeback, objetivando o cancelamento de compras por não titulares de cartões de crédito e a diminuição das rupturas encontradas no comércio virtual, monitorando o comportamento de cada usuário. Prevendo também a probabilidade de fraude, qualquer transação será rejeitada, demonstrando a capacidade de rastreamento.

Quando a restituição deve ser em dobro?

Havendo cobrança indevida, o CDC (Código de Defesa do Consumidor) garante restituição dobrada por parte dos fornecedores aos clientes que passaram por esse transtorno.

Mas, para que essa medida seja validada, e o consumidor obtenha o direito, é necessário que ele tenha tido uma cobrança a mais em alguma conta ou um valor excedente. É importante ficar atento, já que alguns fornecedores tendem a não liberar a devolução dobrada, cabendo ao consumidor acionar a justiça para que seus direitos sejam respeitados.

Assim, o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor presume que as pessoas que passaram por essas situações abusivas, tendo seus direitos violados, têm direito ao ressarcimento em dobro do que foi pago em valores exorbitantes.

Portanto, assegurar o direito ao consumidor é primordial e, principalmente, leva o cliente a refletir sobre a qualidade do trabalho ofertado pela empresa online. Em razão disso, torna-se necessário que os varejistas virtuais busquem se orientar sobre quais são os direitos propostos aos consumidores por lei. Além disso, a execução dessas diretrizes promoverá a confiabilidade do comércio e o destaque como uma marca que respeita o consumidor.

Por isso, é vital que você busque e entenda melhor sobre os direitos do consumidor para vendas online e destaque-se com um diferencial em acatar as normas que regulam a relação de consumo.

Gostou das informações sobre direito do consumidor deste nosso artigo? Então, assine a nossa newsletter a receba nossas publicações na caixa de entrada.