fbpx

Aumentar as suas vendas continuamente e manter-se próspero é o objetivo de qualquer empresa. Mas, para se destacar em meio à concorrência, é necessário adotar estratégias que impulsionem as suas atividades. Nesse contexto, o benchmarking é indispensável para ficar a par das práticas de mercado e buscar referências que possam ser replicadas no seu negócio.

Para monitorar o setor, é necessário analisar, interpretar, avaliar e mensurar as informações coletadas. Dessa forma, a sua empresa cria inteligência de mercado, visto que pode descobrir os seus pontos falhos e adotar medidas para melhorá-los. 

Não quer ficar para trás? Confira, abaixo, o que é benchmarking e como ele contribui para as suas vendas!

O que é benchmarking e por que ele é importante?

O termo benchmarking originou-se da palavra inglesa ‘’benchmark’’, que significa ‘’referência’’. Basicamente, esse conceito consiste na análise aprofundada das melhores práticas realizadas pelas empresas que atuam no mesmo nicho que o seu.

Essa prática é comumente utilizada por indústrias para estudar como os seus produtos e processos — de produção e logísticos, por exemplo — estão desempenhando em relação aos seus concorrentes.

A comparação é um fator natural no mundo dos negócios. Para que uma empresa cresça e se desenvolva, os seus gestores devem saber como se posicionar em relação às demais.  Assim, o benchmarking é imprescindível para as empresas porque as estimula a melhorar os seus processos. É uma maneira de evoluir as suas estratégias a partir de insights concebidos por meio da análise da concorrência.

No entanto, isso não quer dizer que tudo que os concorrentes fazem é melhor para o seu tipo de atividade. Inclusive, reagir excessivamente aos resultados do benchmarking pode ser prejudicial para a sua companhia. Todavia, o uso correto da estratégia traz incontáveis benefícios para as empresas, conforme veremos a seguir.

Como o benchmarking aumenta as suas vendas?

A principal finalidade do benchmarking é buscar as oportunidades de melhorias do negócio com base no conhecimento do mercado, de modo a superá-lo. Com os devidos ajustes nos seus processos, você poderá aumentar as suas vendas.

Veja, a seguir, quais são os benefícios que viabilizam esse aumento.

Permite melhorias nos processos e nas práticas de vendas

Um dos primeiros passos do benchmarking é a análise interna, ou seja, o estudo de seus próprios processos operacionais e práticas empresariais. Afinal, antes de qualquer coisa, é necessário que a empresa entenda quem é para descobrir como pode melhorar.

Em seguida, é feita a análise dos processos das companhias que atuam no mesmo setor que o seu. Assim, você conhece e identifica as práticas operacionais eficazes de outras organizações. Feito isso, é possível comparar os seus processos com aqueles que são praticados pela concorrência. Nessa etapa, compara-se os níveis competitivos dos seus produtos e serviços, como desempenho, qualidade, preços e agregados.

Tal observação permite saber onde o seu negócio está acertando ou falhando e, então, estabelecer melhorias para os seus pontos fracos. Entre esses benefícios, estão:

  • melhoramento de todos os processos;
  • melhoramento do desempenho;
  • melhoramento das estratégias aplicadas pela organização.  

Contribui para a redução de custos e o investimento no atendimento

Uma vez que a empresa volta os olhos para os seus processos e implementa melhorias, ela está eliminando as falhas que geram perda de tempo e qualidade, o retrabalho para solucionar problemas encontrados nos produtos ou serviços e, consequentemente, o gasto desnecessário com dinheiro.

Ao parar de gastar excessivamente, a companhia terá mais dinheiro em caixa para investir em áreas essenciais para aumentar as vendas, como o atendimento prestado ao público consumidor.

É possível elevar a qualidade do atendimento a partir de treinamentos e atualização dos conhecimentos da sua equipe de atendentes, adotar ferramentas que reduzam o tempo de espera e melhorem a privacidade e segurança das informações transmitidas pelos clientes, e desenvolver programas de fidelização que estimulem os consumidores a realizar novas compras no seu estabelecimento.

Possibilita a adequação de metodologias das empresas

A falta de organização nos processos operacionais pode sair muito caro para uma empresa, deixando-a suscetível a inúmeros erros. Com a aplicação do benchmarking, pode-se conhecer as metodologias utilizadas pelas empresas, como a de controle de produção, qualidade e estoque, e vendas, o que permite a sua adequação para as necessidades da companhia.

Diante disso, o negócio desenvolve uma cultura de aperfeiçoamento contínuo e resolução de problemas de forma eficiente, contando com os mecanismos adequados para mensurar, acompanhar e melhorar a análise dos seus processos e resultados, e estando sempre a par do seu próprio desempenho, dos pontos fracos e fortes.

O uso das metodologias certas contribui para a redução das chances de erros, fornece informação suficiente para tomar decisões mais embasadas e que proporcionam resultados mais assertivos, além de profissionalizar os processos internos e alinhar a empresa com as práticas mais bem-sucedidas do mercado.

Ajuda na adoção de estratégias mais funcionais

Um dos erros mais comuns entre as organizações que já se encontram estáveis no mercado é se acomodar — condição que faz com que elas sejam facilmente ultrapassadas pela concorrência. Isso porque estão surgindo novas ferramentas e estratégias empresariais constantemente, e deixar de segui-las torna os seus processos defasados e menos eficientes, causando uma desvantagem competitiva.

Nesse sentido, um dos maiores benefícios trazidos pelo benchmarking é a capacidade de reagir e se adaptar diante das mudanças que afetam o mercado.

Com os impactos causados pela globalização, o tempo passou a ser considerado um fator de extrema relevância para que as companhias mudem as suas estratégias e mantenham-se altamente competitivas e lucrativas. Isto significa que, a cada inovação implantada na empresa, inicia-se um novo ciclo de aprendizagem e melhoria.

Ao contrário do que acontece com outras ferramentas de planejamento, o benchmarking é vantajoso e tem conquistado cada vez mais espaço no meio empresarial porque estimula as empresas a procurar, além dos seus próprios processos operacionais, por fatores que influenciem positivamente na sua produtividade e em seus resultados.

Esse conceito pode ser aplicado em qualquer função, mas proporciona maiores benefícios quando é implementado na organização como um todo.

Agora que você já sabe como funciona o benchmarking, que tal descobrir como vender e lucrar mais? Veja como fazer a prospecção de clientes para elevar as vendas!

Escreva um comentário