fbpx
Categoria

Comunicação

Categoria

Garanta a permissão dos consumidores respeitando a LGPD

Certamente você já ouviu falar da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Mas você sabe como ela afetou as formas de fazer marketing? Por priorizar que empresas sejam mais transparentes com os dados obtidos, ela mudou a abordagem com os clientes. Se antes já era esperado que as marcas pedissem permissão dos consumidores para enviar conteúdos ou promoções. Agora, quem não adotar a prática será punido. E você sabia que, com uma estratégia opt-in, isso é possível?

Com esse cenário, diversas empresas tiveram de se adaptar para estarem de acordo com os princípios da legislação. Porém, todas essas mudanças podem ser vistas como positivas para as marcas. Isso porque elas agregam mais valor a forma de se fazer comunicação, priorizam a experiência do cliente e suas informações. 

Ao aceitar receber seus conteúdos, essa pessoa informa que tem interesse na sua marca. Seja pelo produto ou serviço oferecido. Assim, ela tem mais chance de se tornar um futuro cliente. Isso se a comunicação for feita de forma personalizada e respeitando o poder de decisão do consumidor. 

Neste post, explicaremos melhor algumas estratégias para que sua empresa consiga a permissão dos consumidores para envio de conteúdos. Afinal, é preciso estar preparado para chamar atenção do seu cliente, não é mesmo? E existe um jeito mais correto para isso! 

Quais foram as mudanças com a Lei Geral de Proteção de Dados?

Como mencionado, essa legislação permitiu que os clientes tivessem maior controle sobre os dados obtidos pelas empresas. Sendo assim, muitas marcas tiveram que reavaliar algumas atitudes na hora de realizarem seu marketing. Algumas das principais mudanças foram:

  • Finalidade: as empresas precisam informar para que serão utilizados os dados do cliente
  • Necessário: serão pedidos ou usados somente dados necessários para atingir o objetivo
  • Segurança: as marcas devem garantir segurança para que nenhuma informação de seus clientes seja vazada
  • Livre acesso: a pessoa que forneceu os dados deve ter livre acesso às suas informações
  • Adequação: a abordagem deve estar adequada com a necessidade da proposta na hora da coleta de dados

Já a questão do consentimento dos clientes para envio de conteúdos, promoções e outras comunicações entra como boas práticas de marketing nesse novo cenário. 

Permissão dos consumidores com o Opt-in

O opt-in é, basicamente, a ferramenta necessária para garantir a permissão dos usuários. Com ela, é possível garantir uma base de contatos mais qualificada, com clientes dispostos a saber mais sobre sua marca e o que você tem a oferecer. 

Esse recurso é essencial para qualquer ferramenta de marketing que o seu negócio utiliza. E você sabia que o SMS pode ser uma ótima estratégia para adotar na sua comunicação? Isso porque, por não depender da internet, ele tem a capacidade de alcançar os milhões de smartphones ativos no Brasil

Porém, além do alcance, faz-se necessário ter uma preocupação a qualidade da mensagem que o seu potencial cliente irá receber. Já que ele terá o poder de decidir se vai continuar naquela lista de contato ou não. Sendo assim, é preciso utilizar algumas estratégias para garantir o opt-in, a permissão dos consumidores. Entenda: 

Identifique seu cliente

Identificar seu cliente é um passo chave para começar qualquer comunicação. Uma mensagem personalizada e sucinta irá facilitar a construção de relacionamento. Já que será gerada uma expectativa no cliente ao visualizar seu nome no texto. 

Gere valor para o usuário

Antes de enviar qualquer campanha, é preciso saber com quem você está conversando. Utilize os dados obtidos de uma forma que a sua comunicação gere valor para o usuário. E não que pressione ele a tomar uma decisão ou a consumir um produto. Investir em um atendimento personalizado e empático é a melhor forma de construir um relacionamento saudável com seu cliente.

Gere conteúdo para o cliente

Por que o seu produto/serviço faz sentido para aquele cliente? Como isso afetará na vida dele e quais são os benefícios que ele ganha? Além de gerar valor, ofereça conteúdos para o cliente que atendam suas “dores” dos clientes dele. Entenda cada necessidade, desejo ou expectativa que ele terá com a comunicação da sua marca. É como se você tivesse que convencê-lo, sem pressionar, a continuar consumindo seus conteúdos e outros informativos. Há diversas formas para gerar tal conteúdo, principalmente no site da empresa. Com isso, você facilitará a permissão dos consumidores. 

Concentre informações de forma efetiva

Uma vantagem do SMS é a sua capacidade de enviar mensagens curtas. Possibilitando, assim, que a sua comunicação seja mais efetiva. Ao todo, são 160 caracteres a serem usados para transmitir o que sua empresa deseja. Por mais que essa questão possa parecer desafiadora, ela é, na verdade, uma forma de facilitar a recepção da mensagem. Isso porque você não irá precisar encher o conteúdo de informações que não são tão relevantes assim para o seu cliente. Basta enviar uma comunicação rápida e efetiva, cumprindo seu principal objetivo: garantir a permissão dos consumidores.

Aprenda com as métricas

Uma boa forma de entender o comportamento de seus clientes é fazer uma análise das métricas. Observe os principais índices, qual linguagem funcionou melhor, qual foi o tipo de resposta obtido de acordo com o objetivo, entre outros. Com esse acompanhamento, você pode alcançar melhores resultados em tentativas futuras de contato. 

Siga as boas práticas

É essencial ter algumas “cartas na manga” antes de enviar qualquer comunicação. São elas: 

  • Não enviar mensagens aos finais de semana e feriados
  • Evitar assuntos que possam gerar uma interpretação equivocada e temas polêmicos
  • Ter todas as ações da campanha registradas, assim como taxas de mensuração de mensagens enviadas e recebidas
  • Fazer uma revisão ortográfica de cada mensagem e estar atento a possíveis erros de digitação

Entenda como seus fornecedores estão situados com a LGPD

Para sua empresa, é essencial fazer uma avaliação dos fornecedores para entender se eles podem apresentar um risco com a LGPD. Escolha uma ferramenta confiável e transparente juridicamente. Na TWW, ficamos à disposição para tirar dúvidas sobre como estamos nos adequando à LGPD. Além disso, podemos mostrar as principais soluções que trabalhamos para ajudar sua empresa na gestão dos opt-out da sua empresa para o envio de SMS.

Tenha uma ferramenta completa para garantir a permissão dos consumidores

Como mencionado, o SMS se apresenta com uma ferramenta efetiva para envio de opt-in. Com ele, é possível enviar uma mensagem curta e personalizada. Cumprindo o objetivo de garantir o consentimento dos clientes para recebimento da sua comunicação. 

Com as soluções da TWW, sua empresa consegue estar apta aos princípios da LGPD enquanto envia uma comunicação efetiva para seus clientes. Principalmente na sua estratégia de garantir a permissão dos consumidores. Estamos prontos para atender suas necessidades e alcançar seus objetivos. Entre em contato com nossos consultores. 

Quais são as vantagens do voicebot para sua empresa?

Sua empresa está sempre buscando melhorias em tecnologia para valorizar a experiência do cliente? Então, provavelmente você já ouviu falar do voicebot. Um tipo de atendimento consiste em ligações realizadas por uma inteligência artificial. Mas, você sabe quais são todas as vantagens do voicebot para sua estratégia de marketing?

Para o consumidor, quanto mais efetiva e sucinta for a sua comunicação, melhor! Na correria do dia a dia, serão valorizadas empresas que conseguem passar uma mensagem objetiva. Seja para qual for a necessidade de contato. 

Neste post, explicaremos como o voicebot pode ajudar a sua marca a atingir seu cliente. Mas também daremos alguns exemplos práticos de uso da ferramenta. Ficou interessado? Então boa leitura!

Conheça as vantagens do voicebot

Nós sabemos que atender clientes com excelência é uma prioridade para sua empresa. Afinal, essa é uma forma de garantir que a impressão do consumidor sobre sua marca seja positiva. E com o voicebot, você implementa uma estratégia completa para isso! Entenda como ele pode te ajudar: 

Serviço offline

Sim, para enviar sua comunicação por chatbot, não é preciso utilizar a internet. Sendo assim, a ferramenta se torna uma alternativa mais democrática. Tendo a possibilidade de atingir os milhões de smartphones ativos no Brasil. E, também, os telefones fixos, possibilitando maior alcance da sua mensagem.

Aproxima o relacionamento com o cliente

Com o voicebot, você deixa com que seu consumidor escute a voz da sua empresa e crie empatia com a sua marca. Ao construir uma linha conversacional, é possível enviar mensagens claras e que respeitem o público.

Um dos pontos mais interessantes é que o cliente pode interagir com diferentes tons de voz e sotaques, tornando a experiência única por valorizar as características de cada um. 

Sendo assim, o voicebot se transforma em mais do que uma ferramenta para envio de informações. Mas também uma forma de construir um relacionamento com o cliente. 

E você sabia que muitos clientes preferem esse tipo de contato? Pois é, principalmente pela característica de ser uma comunicação mais pessoal. Para alguns tipos de consumidores, o contato com a voz humana é um diferencial para resolução dos seus problemas e dúvidas. 

Personalização da mensagem

Para valorizar ainda mais a experiência do cliente, é possível que sua empresa personalize a mensagem a ser enviada. Assim, você pode identificar a sua marca no começo e adicionar o nome ou outra informação de cada cliente. No geral, esse benefício é considerado uma boa prática na hora de realizar estratégias de marketing. Pois mostra que a sua empresa está interessada na individualidade de cada usuário e na sua necessidade. E não pensando nele como mais um. 

Experiência para todas as idades

Uma das características mais marcantes do voicebot é a sua capacidade de ser democrático na hora de enviar uma mensagem. Isso porque sua tecnologia permite o alcance de públicos mais jovens e, ao mesmo tempo, idosos.

Com a estratégia, a comunicação chega para pessoas da terceira idade com maior dificuldade de interagir com mensagens de texto ou com dificuldade de leitura. 

Comunicação direta

Com a ferramenta, você manda uma mensagem objetiva de acordo com a necessidade do contato. Não existe a necessidade de encher a comunicação de informações adicionais que não agregam para o objetivo final da sua empresa. Basta organizar o que for preciso informar de forma sucinta. 

Solução simplificada para atender seus clientes

Com o voicebot, sua empresa ganha tempo. Isso porque os processos de atendimento ao cliente serão facilitados. Ou seja, sua equipe não irá precisar elaborar soluções complexas para conseguir uma resposta de seus clientes. Ao utilizar o voicebot, seu problema será resolvido.

Menores custos

NA TWW, para começar a utilizar o serviço, você não tem custos. Ou seja, não é necessário pagar para implementar projetos e fazer a configuração da plataforma. Com as mensagens fonadas, a tarifação só acontece pelas mensagens atendidas. 

Atendimento para pessoas com deficiência visual

Um dos benefícios mais positivos do voicebot é a sua capacidade de ajudar no atendimento de pessoas com deficiência visual. Além disso, a possibilidade de entendimento da resposta do usuário é uma acessibilidade a mais que fará a diferença na experiência com a sua marca. Para tais clientes, a interação com comunicações que exigem leitura de mensagem são mais complexas. Por isso, quando uma empresa facilita o atendimento e implementa tal opção, ela está se tornando mais inclusiva para todos os tipos de consumidores. 

Mas, para que eu devo utilizar a ferramenta?

Agora que nós já te contamos sobre as vantagens do voicebot na sua estratégia de marketing, vamos mostrar alguns exemplos práticos de utilização:

  • Lembretes: você pode enviar comunicados de vencimento e cobrança;
  • Confirmações e agendamentos: configure sua mensagem para solicitar esse tipo de informação para seu cliente. Pode ser para confirmar uma consulta, presença em algum evento, entre outras possibilidades;
  • Promoções: crie campanhas por voicebot para informar sobre ofertas e alavanque suas vendas
  • Informações gerais: você pode, por exemplo, informar seu cliente sobre o prazo de uma encomenda 
  • Notificações: utilize o voicebot para notificar sobre datas ou eventos importantes
  • Pesquisas: elabore pesquisas de satisfação e de opinião
  • Confirmações de dados de cadastro
  • Lembrete de comemoração ou data especial

Seja para qual for o seu objetivo principal, aposte nas mensagens por voz automatizadas como uma estratégia efetiva. Além de oferecer uma experiência única para o consumidor, você comunica o que é preciso sem preocupações. 

Gostou das vantagens do voicebot? Então agora é só investir em uma plataforma de confiança para realizar a implementação dessa comunicação. Conte com os serviços da TWW para dar todo o apoio e conhecimento para sua empresa. Fale com um de nossos consultores. Estamos te esperando!

Omnichannel: adote a tendência na sua empresa

Certamente você já ouviu falar do omnichannel, mas você sabe no que se baseia a estratégia? Seu principal objetivo é potencializar a experiência de compra com a junção dos canais online e offline. Ou seja, há uma integração dos canais de marketing e vendas. Entenda mais sobre como implementar o omnichannel para empresas. 

É importante ressaltar, portanto, que não apenas sobre se fazer presente em todos os canais de comunicação. O conceito da estratégia gira em torno de proporcionar uma melhor jornada de compra para o usuário. Desde o momento que ele é impactado pela publicidade do seu produto ou serviço até a finalização efetiva da compra. 

A ideia é que um canal ajude o outro na hora de fortalecer essa experiência. Sendo assim, estar presente no offline também é essencial para que a comunicação se torne ainda mais completa e democrática. Afinal, o Brasil possui 47 milhões de habitantes sem acesso à internet. E, para se comunicar com eles, é preciso que sua empresa esteja preparada para investir em meios que não dependem do digital. 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o omnichannel, vamos te explicar como implementá-lo na sua empresa. Boa leitura!

Diferença entre omnichannel e multichannel

Antes de explicarmos mais sobre a estratégia, vamos diferenciá-la de outra opção: o multichannel. Em suma, o omnichannel é a opção mais completa por usar diferente métodos de comunicação para atendimento ao cliente. Em um cenário multichannel, a marca possui vários canais de contato com o cliente, podendo ser online ou offline. Mas, a diferença é que nenhum desses canais se comunicam um com o outro. 

O omnichannel vai além da comunicação multichannel. Além da questão da integração, ele também busca entender o que os clientes buscam e interagem nas empresas que adotaram a estratégia. Veja os conceitos separados: 

Como posso implementar o omnichannel? 

Para começar esse tipo de comunicação, é importante que sua empresa faça um planejamento. Entender alguns pontos com antecedência será essencial para que o cliente tenha uma relação positiva em relação a sua marca. Afinal, se o objetivo final é conquistá-lo e fidelizá-lo, sua empresa precisa saber exatamente o que está fazendo. Por isso, separamos algumas dicas te ajudar. Confira: 

Estude o consumidor

Cada vez mais estamos vendo consumidores mais exigentes, conectados e inconformados. Isso se dá pela alta quantidade de informação recebida diariamente, que o torna ainda mais crítico em relação aos produtos e serviços ofertados. Por isso, antes de implementar qualquer estratégia de comunicação, é preciso estudar seu consumidor. 

Entenda, de fato, quais são suas dores, necessidades, desejos e seja uma marca que oferece soluções. Quando isso é feito, você se destaca daqueles que estão apostando em uma estratégia semelhante e ineficaz. É preciso ir além do banco de dados. Uma boa opção para realizar esse estudo é por meio do social listening, uma prática conhecida no marketing para ajudar a comunicação com o público. 

Com essa observação de comportamento, você compreenderá melhor qual é o tipo de conteúdo que ele prefere consumir, sua linguagem, com o que ele interage, entre outros. A questão do engajamento em si é um desafio para muitas empresas e, quanto mais orientado com as técnicas você estiver, melhor!

Valorize o consumidor. Ele é o centro da sua comunicação e não a sua empresa. Na hora de fazer sua publicidade, é importante sempre ter isso em mente para não correr o risco de perder oportunidades. 

Escolha canais de melhor adesão

Como mencionamos, as mídias sociais e a internet se tornaram meios com um bombardeio de informações para muitos usuários. Por mais que elas tenham sua eficácia, é preciso pensar em alternativas para que você possa atingir o seu cliente. Principalmente considerando opções que não dependem da internet para entregar mensagens. 

O SMS é um ótimo exemplo de ferramenta aliada para implementar na sua estratégia omnichannel. Por funcionar exclusivamente sem a necessidade de internet, ele apresenta uma taxa de abertura de 98%. Além disso, as mensagens são lidas em até 3 minutos após o recebimento. Algo que é muito positivo para aumentar o alcance da sua marca. Saiba mais como o SMS pode ajudar as suas vendas. 

Além disso, quando você oferece opções múltiplas de atendimento para seu cliente, melhor! Cada um tem suas preferências para entrar em contato com a marca e isso tem que ser valorizado. 

Facilite a jornada

Além de estudar seu consumidor e investir em uma ferramenta aliada, você precisa desenhar a jornada do consumidor para que ela seja “simplificada”. Ou seja, faça previsões desde o momento que o seu consumidor é impactado pela sua comunicação até o momento em que ele toma a decisão de compra definitiva. Esse processo é caracterizado como a jornada do seu cliente.

Por isso, é importante que ela não tenha muitas surpresas ou complicações que façam com que aquela pessoa desista da sua marca, produto ou serviço. Concentre informações e disponibilize um atendimento rápido e eficiente para garantir que seu cliente tenha impressões positivas. 

Se sua estratégia omnichannel funcionará para o offline e para o online, preste atenção para não criar barreiras entre elas. Afinal, a estratégia existe para que os canais coexistam e se complementem. Priorize que a experiência do cliente seja valorizada, independentemente do meio que vocês estão interagindo.

Uma boa característica do SMS é sua capacidade de ser objetivo com os 160 caracteres disponíveis para envio da mensagem. Por isso, ele pode ser usado para enviar alertas, informações em tempo real, cobranças, promoções, entre outros. 

Acompanhe resultados

Seguiu os passos acima? Então agora é essencial mensurar e avaliar os resultados obtidos no processo. Somente assim você entenderá a efetividade e satisfação de seus clientes. Alguns KPIs a serem analisados: opt-in e opt-out, cliques, conversion, taxa de resposta e porcentagem entregue. 

Além disso, você pode aproveitar e usar o SMS ao seu favor! Realize uma pesquisa de opinião para entender quais pontos sua empresa pode melhorar em relação à estratégia omnichannel. Mas também sobre outros pontos que você queira potencializar em sua marca e precisa do auxílio de seus clientes. 

Integração de sistemas

Esse é um ponto essencial para pensar na sua estratégia omnichannel. Isso porque, por exemplo, o aplicativo da sua empresa pode disparar um SMS para verificação de duas etapas. Para que isso aconteça de forma automática, é preciso que ocorra a integração de sistemas. Um canal se comunica com o outro. Descubra a solução ideal para sua empresa aqui

Benefícios do omnichannel

Além de ser uma forma de garantir uma experiência mais positiva para seu cliente, o omnichannel também ajuda sua marca. Isso porque, uma vez que eles estão mais satisfeitos com o atendimento oferecido, maior a chance de eles se fidelizarem e recomendarem. Com isso, você melhora cada vez mais seus serviços, suas vendas e a imagem da sua marca. 

Agora, só falta desenhar e entender quais são os canais mais interessantes para a sua empresa adotar no omnichannel. E, para que você possa atingir os milhões de celulares ativos no Brasil, conte com a plataforma da TWW. Soluções completas de acordo com a necessidade e segmento da sua empresa. Fale com um de nossos consultores. Estamos te esperando!

Segurança de seus clientes: como garantir?

A inovação está cada vez mais presente no nosso dia a dia. Principalmente no setor financeiro. São diversas as melhorias feitas para facilitar a experiência do cliente na hora de realizar uma transação, pagamento ou consultar seus dados. Porém, tal avanço tem um lado preocupante: aumenta a vulnerabilidade das instituições. Assim, como sua instituição pode garantir a segurança dos seus clientes?

As tentativas de fraudes no setor financeiro sempre foram uma dor de cabeça, tanto para as marcas quanto para seus clientes. E com a pandemia não foi diferente. O aumento da inovação e centralização de transações online, principalmente com cartão de crédito, expôs instituições. Como resultado, as fraudes durante a pandemia tiveram um aumento de 70%.

Dentre as mais comuns, destacam-se: clonagem do cartão de crédito ou débito, compra indevida utilizando documentos falsos e fornecimento acidental de dados pessoais para terceiros. Nesse cenário, faz-se necessário que as instituições financeiras estejam preparadas a longo prazo. Seja para tentativas de fraudes que envolvam dinheiro ou roubo de dados. 

Neste post, vamos explicar um pouco mais sobre os benefícios de adotar uma estratégia antifraude e quais são as ferramentas para evitar que isso aconteça. Boa leitura!

A importância de garantir a segurança de seus clientes

Além de evitar prejuízos, garantir a segurança dos seus clientes é essencial para que eles tenham uma experiência positiva com a sua instituição. Se sua marca se mostra vulnerável para esses ataques, seus clientes perderão a confiança e optarão por bancos mais preparados nesse quesito. Haverá uma perda de credibilidade na sua marca que, consequentemente, resultará na perda de consumidores. E não é isso que sua instituição quer. 

Toda pessoa quer ter segurança na hora de movimentar seu dinheiro. Afinal, ela confiou na sua instituição financeira como um “porto seguro”. E, quando isso não é disponibilizado, há uma quebra de expectativa. Para seus clientes, a opção digital serve para facilitar processos e não para proporcionar receios.

Outro possível risco é que sua marca pode se tornar juridicamente responsável pelos prejuízos. Tendo que arcar com despesas e custos inesperados em relação às fraudes cometidas. 

Mas como evitar tudo isso? Apostando em segurança. De acordo estudo da Kaspersky LAB e B2B International, 64% dos bancos dizem estar investindo para melhorar sua segurança de TI, independentemente do retorno de investimento. Tudo para se adequarem às demandas do governo, com a Lei Geral de Proteção de Dados, e para garantir conforto aos seus clientes. 

Conte com ferramentas aliadas

Sendo assim, é necessário apostar em ferramentas que irão proporcionar uma melhor experiência para seu cliente. Mostrando que sua empresa está preocupada em fornecer um serviço de prevenção para qualquer fraude.

E, nada melhor do que entrar em contato com seu cliente em tempo real para entender se ele está de acordo com a transição ou compra feita, não é mesmo? Com o SMS, você pode! Mas nós vamos te explicar cada aplicação.

Aviso de compra/transação

Esse é um dos processos mais conhecidos para garantir a preservação de seu cliente. Ele consiste em autenticar dados dos usuários, proporcionando maior segurança.

Você pode enviar todas as informações referentes à compra ou à transação para que ele confirme se está ciente. Na sua mensagem, é importante conter o final do cartão, o valor, a data e o local que a movimentação foi feita. 

Por não depender da internet, o SMS se torna uma ótima opção para enviar esse tipo de mensagem. Já que, assim, sua instituição estará facilitando o conhecimento de seu cliente por informá-lo em tempo real do que aconteceu. Entenda em um exemplo: 

Sua empresa pode, ainda, utilizar o Sender ID para identificar-se como remetente da mensagem. Isso facilitará o cliente a entender de quem está sendo enviada a comunicação, gerando uma expectativa do que se esperar. Além de proporcionar maior credibilidade para a sua marca. 

Verificação antifraude com chatbot

O chatbot é uma forma prática de se comunicar com o seu cliente. Já que permite interação e demanda de uma resposta rápida para resolução de problemas. Ainda mais, a ferramenta é personalizável para incluir o nome da sua marca e do seu cliente, facilitando a identificação. 

Com uma taxa de abertura de 98%, com leitura em menos de 3 minutos, o SMS se torna uma ótima alternativa para envio de chatbots. Ele permitirá que você entre em contato com seu cliente rapidamente e tome todas as atitudes necessárias para evitar a fraude. Veja dois exemplos: 

Em ambos, a mensagem enviada exigia uma resposta do consumidor sobre uma compra realizada em seu cartão. Com o chatbot, ela foi obtida de forma rápida e eficaz, garantindo que as providências fossem tomadas. 

Alertas de eventos nas contas

Uma outra forma de garantir a segurança de seus clientes é informando sobre movimentações na conta. Você pode avisar seus clientes sobre eventos como: cheque especial, transferências, aumentos de limite, solicitações de empréstimo, entre outros. Assim, caso ele não reconheça esses tipos movimentação, ele poderá entrar em contato imediatamente com a sua instituição. 

Essa ferramenta é muito importante já que muitos clientes não têm o costume de entrar em suas contas todos os dias. Como, por exemplo, pessoas que não estão muito adaptadas com os aplicativos. Quando são avisados de que algo aconteceu, eles direcionam sua atenção para isso. Possibilitando que a resolução seja muito mais rápida e prática. Veja um exemplo: 

Autenticação em dois fatores 

A autenticação de dois fatores nada mais é do que uma etapa adicional de segurança no processo de login da conta. Para instituições financeiras, o recurso pode ser considerado positivo já que ajuda a garantir a preservação dos clientes. A forma mais comum de enviar essa autenticação é por SMS, já que ele permite o envio de uma mensagem rápida e de forma simples que contenha um código ou Token para autenticação. Além de, claro, não depender da internet, o que facilita o processo. 

Em outras palavras, o método é uma forma de reforçar suas defesas. Assim, em caso de tentativa de fraude, o criminoso teria mais de uma informação para obter além da senha. 

Utilize opções que respeitem a segurança de seus clientes

Na hora de escolher um serviço para envio das suas comunicações, preze por aqueles que se preocupam com as necessidades de seus clientes. Ou seja, que estejam adequadas com a LGPD e que ofereçam recursos para ajudar na relação de confiança com a sua marca. 

Na TWW, valorizamos a preocupação da sua instituição em se comunicar efetivamente. Principalmente na questão de garantir a segurança de seus clientes. Converse com um de nossos consultores e vamos, juntos, encontrar as melhores estratégias para sua marca! 

Como utilizar a régua de comunicação no SMS?

A régua de comunicação ou régua de relacionamento, é o conjunto de ações que uma empresa usa para reter o cliente, gerar uma relação com ele, e possivelmente gerar uma venda. Utilizando ela é possível definir etapas, alinhar os times dentro da empresa, avaliar fatores e demais ações que vão influenciar a atingir o objetivo final. 


A régua analisa toda a jornada do cliente durante a compra, e possíveis ações que ele venha a tomar, suas variáveis durante o processo até a finalização. Tudo o que possa impactar durante essas etapas, é levado em conta na criação da régua, por exemplo: de que maneira esse usuário será atraído? Como ele será contactado? (SMS, e-mail, cartas, etc). Essas informações poderão fazer a diferença se a sua marca será escolhida pelo consumidor ou trocada pela concorrência.

Entenda mais sobre essa estratégia, porque ela é importante, e como implementá-la na sua empresa. 

Por que a régua de comunicação é importante?

Existem diversas maneiras de realizar uma venda, mas existem poucas delas que façam com o que cliente continue comprando da sua empresa. A maneira mais indicada é manter um bom relacionamento com os consumidores, onde ambos se beneficiem. Segundo Aaron Ross, a forma mais barata de gerar receita é via indicação, reforçando a importância de um bom relacionamento, já que um cliente feliz, divulga sua marca para outras pessoas de forma gratuita. Além disso, a régua de comunicação não se limita em lidar apenas com a base de clientes, ela pode e deve estar relacionada à ações de outbound, inbound, desenvolvimento de produtos, entre outros. 

Vantagens dessa estratégia

Oferecer abordagens personalizadas aumentam as chances de a empresa obter uma boa relação com seu cliente, e isso pode ser feito por meio da régua de comunicação.

Segmentação efetiva

Fazer a segmentação correta entre leads qualificados que podem se tornar possíveis compradores e aqueles que já são clientes, conhecem a marca e estão em desenvolvimento desse relacionamento. Dessa forma, aumenta a chance de oferecer o conteúdo certo para a pessoa certa. 

Setores integrados

Para uma régua de comunicação ter um melhor desempenho, é importante que o setor de marketing de uma empresa esteja alinhado com o setor responsável pelo atendimento ao cliente. Pois ambos se complementam para entender o que pode ser melhor para o público, além disso, a integração com outros setores ajudam a acompanhar toda a trajetória desse consumidor com a marca. 

Organização nos processos

Quando se sabe exatamente quem vai ser impactado por uma estratégia, é mais simples de elaborá-la prevendo os prós e contras – aumentando assim as chances de sucesso. Por exemplo, quando um colaborador está em contato com um cliente, ele consegue direcionar o conteúdo certo, evitando falhas na comunicação. Uma boa dica é a personalização do atendimento de cada cliente. Ao tratar ele como único, você pode compreender melhor suas dores, necessidades e desejos. 

Como fazer a implementação da régua de comunicação

Não é uma tarefa fácil, pois vai mexer na estrutura da empresa, na maneira como os funcionários fazem os procedimentos, entre outras coisas. Lembre-se sempre que criar protocolos não significa podar seus colaboradores, e sim otimizar o tempo. Dessa forma, sua organização fica alinhada e padronizada. Sabendo isso, conheça as etapas para implementar a régua de comunicação:

  • Primeiro contato: Elabore uma mensagem de agradecimento pelo cadastro, uma mensagem de boas vindas ou ofertas para primeiras compras;
  • Remarketing: Se um cliente visita alguns produtos mas não finaliza a compra, pode ser uma oportunidade da empresa chamá-lo de volta. Já que ele pode continuar interessado e apenas ter esquecido de terminar o processo; 
  • Conteúdo que interessa: conhecer mais informações sobre o lead, ajuda com que a empresa ofereça itens que ele tem mais chances de comprar. Atendendo, assim, às necessidades deste usuário;
  • Clientes inativos: Enviar novidades e ofertas para alguns clientes que já compraram antes, mas não demonstraram novo interesse, pode ser o estímulo necessário para que eles voltem a consumir produtos da marca. Porém, é importante tomar cuidado com esses clientes por conta do opt-out;
  • Pós-venda: É um dos momentos mais importantes na relação entre marca e cliente, e é nessa hora que a empresa deve oferecer a melhor experiência possível de atendimento.

    Importante reforçar, que o foco é ser a melhor empresa possível para o cliente, sempre se comunicando de forma clara. Mas, lembre-se: esta não é a única forma de montar uma régua, é apenas um dos diversos exemplos possíveis. E para isto, nada melhor do que contar com uma ferramenta que auxilie neste processo. A TWW está há 20 anos no mercado auxiliando diversas marcas a atingirem seus objetivos, por meio de serviços como SMS, chatbot, voicebot, entre outros. Além disso, conta com equipe capacitada e preparada que vai ajudar a implementar a régua de comunicação de maneira efetiva. Entre em contato e saiba mais informações. 

MEI: Saiba como cobrar de um cliente

É um Microempreendedor Individual (MEI) e está enfrentando problemas de inadimplências? Este é um empecilho que muitas organizações encontram por toda a trajetória no mercado, afinal cobrar de um cliente nem sempre é fácil. Com isso existe o dilema, sua marca não pode ficar no prejuízo, perder receita, material, ou seja o que for, e  por outro lado, essa cobrança não pode ser feita de maneira impensada. Deve ser elaborada de modo que o devedor se estimule a pagar a dívida e mantenha o relacionamento com a empresa, ao invés de cortar laços e ainda deixar a pendência. 

Separamos algumas dicas que podem ajudar sua marca a cobrar de um cliente de maneira efetiva e sociável. 

O que é preciso para ser MEI?

A sigla representa um empreendedor que tem um pequeno negócio e conduz sua empresa sozinho. Pela lei, é o profissional que deve ter um rendimento anual de até R$ 81 mil por ano. Essa modalidade foi criada pelo Governo Federal para enquadrar pessoas que exerciam atividades profissionais na informalidade. Após a regulamentação, esses trabalhadores podem se formalizar e ter benefícios como aposentadoria, licença maternidade e outros. Para mais informações e se cadastrar, basta acessar o site do governo

Inadimplência

As pessoas estão acostumadas com a inadimplência, ainda mais em épocas de crises econômicas. Pode ser causada por traços culturais, má organização financeira ou um excesso de compras. Mas o fato é que 7 em cada 10 brasileiros estão endividados. Para as empresas é um dos desafios a serem enfrentados, afinal elas não podem perder receita, já que isso impacta na operação. Assim é importante realizar a cobrança de forma que estimule o cliente a pagar tudo o que deve. 

Dicas de como cobrar de um cliente

Antes de entrar em contato com o consumidor sobre as pendências financeiras, se atente às seguintes dicas:

Faça a cobrança

Parece óbvio, mas muitas organizações ainda têm receio no momento de cobrar seus clientes, ainda mais para quem é MEI, por ser uma empresa de pequeno porte. Pois há o medo de acabar perdendo esse consumidor, correto? Mas não devemos esquecer que você comerciante também tem direitos previstos por lei, e não pode ficar no prejuízo. 

Mantenha um cadastro organizado

A inadimplência pode ser evitada se você contar com um um cadastro de clientes organizado, já que ele permite uma monitorização das dívidas. Com ele, também é possível determinar uma pontuação para cada pagador, assim fica fácil identificar os perfis e segmentá-los. Separando aqueles que possuem mais dificuldades para efetuar os pagamentos e como efetuar estratégias sobre isso, e oferecer vantagens para quem faz o pagamento em dia.

Faça uma abordagem sutil 

A empresa tem o direito de abordar um cliente devedor, mas não deve fazê-lo de forma ríspida. O atendimento ao devedor deve ser realizado com a mesma educação usada com o cliente que acabou que adquirir um produto ou serviço. Na hora de entrar em contato com o  cliente é fundamental pensar no método a ser usado, para que ele não fique magoado.  Caso ocorra, ele pode abandonar sua empresa e fazer propaganda negativa dela.

Avise sobre as transações efetuadas

Envie uma mensagem quando um pagamento for concluído, dessa forma o cliente tem o registro das transações e pode acompanhar em tempo real as movimentações. Além disso, efetue a verificação em dois fatores via SMS, garantindo uma maior segurança para a sua empresa e seu cliente.  

Envie lembretes 

Em alguns casos, os clientes deixam de pagar as dívidas por simples descuido, e ainda há aqueles que adiantam os pagamentos. Nessas situações um lembrete pode reforçar a chegada da data, para que o consumidor se organize e pague seus débitos. Esses lembretes podem ser feitos por meio de SMS de forma sutil e amistosa através do código de barras digitais que podem ser enviados por mensagem.

Ofereça vantagens para pagamentos em dia

Caso você ofereça benefícios para o cliente que efetue o pagamento em dia, ele sempre vai optar por isso. A empresa pode oferecer descontos no valor atual ou em compras futuras. A marca ainda pode oferecer pontos promocionais que serão trocados por produtos ou serviços.

Facilite o pagamento e conceda alternativas

Qualquer que seja a transação, ambos os lados devem lucrar. Por isso, no momento de cobrar de um cliente, sua empresa precisa compreender a importância de facilitar o pagamento. Muitos clientes desejam acertar as pendências, mas não possuem a quantidade ideal no momento, e juros altos e condições de pagamento limitadas não ajudam em nada. Essa facilidade pode ser feito por envio de boletos bancários, parcelamento da dívida, aceitação de diversas bandeiras de cartões de crédito, ou envio de SMS que dirija para uma página de negociação. 

Mais do que acertar as inadimplências, é importante manter uma boa relação com seus clientes, para que eles continuem consumindo na sua empresa. Lembre-se de oferecer vantagens de pagamento, fazer a cobrança de maneira sutil e pensar com cautela nas estratégias de cobrança. Neste momento, não se esqueça de contar com a ferramenta ideal para ser sua parceira e ajudar você a evitar prejuízos e novas pendências de seus clientes.

A TWW está há 20 anos no mercado, oferecendo serviços como SMS, flash, voicebot ou chatbot para as empresas de todos os tamanhos, inclusive para quem é MEI. Sempre buscando oferecer o melhor para nossos clientes parceiros e mantendo um alto padrão de qualidade. Temos o serviço ideal para sua empresa, converse com um de nossos consultores e saiba mais. 


A sua empresa está preparada para as vendas de fim de ano?

O fim do ano está chegando! E com ele muitas datas comemorativas para sua empresa aproveitar. Black Friday, Natal e até confraternizações pedem por uma lembrancinha, não é mesmo? Afinal, é o momento em que as pessoas estão mais dispostas a investirem em presentes, seja pela maior circulação de capital (13º salário) ou pelo sentimento de festividades. Por isso, faz-se necessário que a sua empresa esteja preparada para as vendas de fim de ano.

Para este ano, muitas empresas tiveram de mudar sua estratégia em relação às vendas. Com o isolamento social em vigor, os consumidores pararam de visitar centros comerciais e shoppings center. Espera-se que 67% dos compradores confirmem online se um item está em estoque antes de ir para a loja comprá-lo. Uma alternativa para se sentirem mais confortáveis e seguros nesse período. 

O modelo de comprar entra em mudança nesse cenário. Consequentemente, é preciso apostar na estratégia mais adequada para o momento, respeitando o poder de decisão do consumidor. Ou seja, as vendas de fim de ano devem conversar com os novos hábitos e meios de compra. 

Mas como fazer isso no cenário atual? Confira neste post algumas dicas para preparar sua empresa para as vendas desse período em um momento tão único como esse. 

Entenda os novos hábitos de consumo do público para as vendas de fim de ano

Que o consumidor mudou, nós já sabemos, mas o que isso significa? Pesquisas indicam que os consumidores apresentaram maior interesse em: produtos de saúde, bem-estar, de prevenção e também em alimentos. A maior permanência em casa possibilitou uma reflexão sobre as necessidades, principalmente na questão da saúde. 96% dos brasileiros declararam que vão manter os hábitos de higiene que adquiriram no período de isolamento. 

A comodidade na hora de realizar atividades também deve se tornar uma prática mais comum para os brasileiros. Como, por exemplo, trabalhar de casa. 50% dos brasileiros desejam manter o home office após pandemia. Sendo assim uma oportunidade para o comércio investir em produtos que auxiliem o trabalhador a ter alta produtividade em qualquer lugar.

Outra tendência observada foi a preocupação com a saúde, já que 81% dos brasileiros afirmaram estar buscando um estilo de vida mais saudável. Hábitos como cozinhar em casa e ter mais tempo para fazer exercícios ajudaram para este fenômeno. Uma outra oportunidade para quem comercializa produtos de estilo de vida. 

Então, como preparar a estratégia da minha empresa para este novo brasileiro nas vendas de fim de ano?

Aposte no e-commerce

O digital já vem transformando o comportamento do consumidor há alguns anos, mas, com a pandemia, esse processo se intensificou. Durante o isolamento, 90% dos brasileiros usaram o e-commerce e, dentre estes, 37% afirmaram que estão comprando mais online do que antes da pandemia.

O novo meio de comprar é o digital e sua empresa precisa, mais do que nunca, apostar nele. Certamente, para este fim de ano, serão valorizadas empresas que pensam nas necessidades do consumidor, oferecem preços competitivos e outros benefícios como frete grátis ou cupons de desconto gradativo. O público buscará por conveniência na hora de realizar a sua compra e, quanto mais sua empresa proporcionar isso, melhor!

Agora, se com a flexibilização do isolamento, sua empresa decidir investir no comércio presencial, fique atento aos cuidados de segurança. Serão valorizados comércios que cumprirem com as normas impostas pelo Ministério da Saúde. Desta forma, você estará preservando o seu cliente enquanto atinge o seu objetivo. Alguns dos procedimentos importantes são: utilização de máscara no local (funcionários e clientes), medição da temperatura, disponibilização de álcool gel e sinalização da distância permitida entre clientes.

A importância das mídias sociais para as vendas de fim de ano

A forma de fazer publicidade também terá impactos no e-commerce. Agora, não é preciso convencer a pessoa de que ela precisa de determinado produto de forma invasiva. O consumidor receberá melhor aquela publicidade se a empresa se preocupar em sugerir como tal produto solucionará questões do seu dia a dia. Em períodos que as pessoas consomem por necessidade, uma comunicação mais humanizada é valorizada. 

Do mesmo modo, estar onde seu cliente está também é um fator fundamental. As mídias sociais disponibilizaram uma maior dispersão de conteúdos e tendências, o que pode ser muito positivo para empresas. Afinal, com a maior utilização das redes sociais no isolamento social, pessoas usam mais dados. Contudo, não é preciso que sua empresa esteja online para se relacionar com seu cliente. Faz-se necessários estar presente em canais offline, como o SMS. 

Nesse momento, o SMS Marketing se torna uma forma eficiente de se relacionar com seus clientes. Além de ser versátil para sua necessidade de anúncio, ele é personalizável para valorizar a experiência de cada um. Entenda mais sobre como o marketing de conversação pode te ajudar nesse período de vendas de fim de ano e conheça nossas soluções.

Fidelização dos seus clientes

Em momentos de crise, ganhar a confiança de seu cliente pode parecer complicado, mas será de extrema importância para sua empresa. Estudo realizado pela Intelligence Central mostrou que 55% dos consumidores valorizam marcas que se adaptaram para ajudá-los e 58% admiram aquelas que fornecem um serviço necessário.

Ou seja, é mais do que vender um produto, é se fazer presente na vida daquele consumidor. Oferecer dicas, mostrar aplicações pontuais do que você está vendendo, compartilhar experiências de clientes já fidelizados… tudo será levado em consideração pelo novo consumidor.

Mas como fidelizá-lo? Após impressionar seu cliente com sua estratégia de comunicação para vendas, você deve investir em continuar esse relacionamento. Pode ser por e-mail marketing, mensagem nas mídias sociais ou até SMS. O importante é estar ali pelo seu cliente, como um amigo mesmo.

Sua empresa poderia realizar, por exemplo, uma pesquisa de satisfação com o seu cliente. Assim, é possível entender a influência do atendimento em relação a decisão de compra. Essa opção é importante para entender a experiência dos clientes na Black Friday e se preparar melhor para atendê-los no Natal. Entenda como podemos ajudar a sua empresa a implementar esse tipo de serviço.  

Por mais que as vendas de fim de ano não sejam no formato tradicional é preciso que sua empresa esteja preparada para se adaptar ao consumidor e aos novos meios de consumo. Nós da TWW estamos à disposição para te ajudar a alcançar seus clientes neste momento tão único. Fale com um de nossos especialistas e vamos definir juntos a melhor comunicação para atender a sua necessidade de negócio. 

5 erros comuns na comunicação com o cliente

Vivemos em um período repleto de desafios para todos os setores. O chamado “novo normal” exige que empresas fiquem atentas às mudanças nos hábitos dos consumidores e às suas novas exigências. Além disso, um elemento já conhecido e almejado continua sendo fundamental – talvez mais do que antes – para o bom desempenho de uma empresa no dinâmico mundo dos negócios: a qualidade na comunicação com o cliente. 

A verdade é que há cada vez menos espaço para erros quando o assunto é se comunicar com o público. Um estudo revelou que 80% dos clientes consideram a experiência oferecida por uma marca tão importante quanto a qualidade dos produtos e serviços que ela oferece. A pesquisa mostra ainda que mais da metade (57%) de todos os participantes deixaria de contratar um serviço ou comprar um produto de uma marca porque teve uma experiência melhor com um concorrente.

Deseja conhecer e evitar os erros mais comuns durante a comunicação com o cliente? Continue a leitura e confira o que separamos para você! 

Erros comuns na comunicação com o cliente 

Será que você está cometendo alguns desses erros na hora de se comunicar com o seu público? Confira!

1 – Não elaborar um plano de comunicação 

Manter um planejamento bem estruturado para uma comunicação a médio e longo prazo com o seu público é fundamental. Afinal, jamais será possível uma fidelização de clientes se não houver continuidade nas interações feitas com seus consumidores. 

Sem o planejamento adequado, não é possível saber ao certo quando e de qual forma a comunicação com seus clientes foi realizada pela última vez, e nem estar preparado para a próxima interação. Com isso, sua empresa estará suscetível a enviar mensagens repetidas, utilizar uma linguagem inadequada, divulgar promoções fora de contexto, dentre diversos outros inconvenientes que certamente prejudicarão a imagem do seu negócio perante o público. 

Para evitar tais situações desagradáveis, aproveite as reuniões de planejamento para, junto à sua  equipe, debater ações de comunicação que pretendem praticar na companhia. Dessa forma, será possível encontrar excelentes estratégias para uma comunicação com o cliente que faça a diferença e traga resultados. 

2 – Não levar em consideração as diferenças do público 

É muito comum que empresas tratem a comunicação com o cliente de maneira unificada, como se todo o seu público agisse da mesma forma e possuísse as mesmas características e preferências. Contudo, é importante ter em mente que há diversos aspectos e particularidades de cada indivíduo que merecem atenção e uma interação diferenciada.

É preciso conhecer estes públicos e encontrar formas para dialogar com cada um deles, saber quais os melhores meios de comunicação e qual o tom que deve ser empregado em cada comunicação. Afinal, o cliente não deseja ser visto apenas como um número para sua empresa. 

Para obter sucesso nesta tarefa, é muito interessante fazer uso de dados disponibilizados durante o atendimento ao cliente para conhecê-lo melhor. Tais informações podem ser muito bem aproveitadas através do desenvolvimento de CRM e a construção de personas, por exemplo.

3 – Não realizar feedbacks e pesquisas de satisfação

Estudos já deixaram claro que a satisfação e geração de valor ao cliente, além de estarem diretamente relacionados à experiência, são hoje os melhores indicativos do futuro das organizações. Ou seja: estar aberto ao feedback e medir o nível de satisfação e lealdade de seus consumidores, demonstrando que a opinião deles é valiosa para o seu negócio, não se trata apenas de uma forma de abordagem, mas de um item fundamental para que sua marca alcance e mantenha o sucesso. 

Por isso, é importante contar com as ferramentas corretas para medir o grau de satisfação de seu público em relação à sua empresa. Uma ótima opção disponível no mercado é o envio de pesquisas de opinião e de satisfação através de SMS, uma vez que esse serviço não necessita de acesso à internet, tornando a comunicação com o cliente ainda mais abrangente.

Durantes as pesquisas, é possível fazer perguntas sobre produtos ou serviços, pedir sugestões, tirar dúvidas e fazer estudos de comportamento. Os dados coletados serão uma ótima base para indicar os melhores caminhos a serem seguidos pelo seu negócio. 

4 – Não explorar diferentes canais 

Possuir apenas canais de comunicação com o cliente através de endereços de e-mail e números de telefone se tornou extremamente insuficiente após o processo de digitalização pelo qual atravessamos. Por isso, não inserir o seu negócio em canais digitais, como sites, redes sociais e blogs, pode custar muito caro e abrir grande espaço para a concorrência. Afinal, não encontrar a sua marca em buscas na web nos dias atuais pode significar para grande parte do público que a sua empresa sequer existe! 

No momento de escolher os melhores canais para se manter conectado aos seus consumidores, as pesquisas de opinião poderão ser grandes aliadas. Ao questionar seus clientes sobre quais redes sociais são mais acessadas por eles, por exemplo, será possível obter a melhor direção para estar exatamente onde o seu público se encontra. 

É muito importante oferecer também soluções para uma comunicação dinâmica e contínua com os clientes. Visando alcançar essa realização, muitos gestores aderem ao chatbot via SMS. A criação do fluxo do chatbot, quando bem elaborada, gera proximidade com os consumidores, através do envio de mensagens com conteúdo relevante e também à rápida resposta no atendimento. 

5 – Não investir em conteúdo

Manter a comunicação com o cliente apenas no nível institucional e não investir em oferecer um conteúdo interessante é também um erro bastante comum cometido pelas empresas durante a interação com consumidores. Quando você fala com o público de forma assertiva ao invés de apenas notificá-lo sobre algo, está efetivamente comunicando-se com ele, gerando uma troca valiosa. Por isso, é de extrema importância investir no Marketing de Conteúdo

Essa estratégia de Marketing é focada em engajar o público-alvo e aumentar a rede de clientes e potenciais clientes por meio da criação de conteúdo relevante, que tornará possível atrair, envolver e gerar valor para as pessoas, criando uma percepção positiva da marca e, assim, gerando mais negócios.

Os conteúdos oferecidos necessitam de planejamento, qualidade e relevância, fornecendo ao seu público algo substancial, que aumente a impressão positiva acerca da sua marca. Além disso, é importante ter em mente que os resultados dessa estratégia aparecem a longo prazo, mas que  se bem executada, os efeitos da ação tendem a ser bastante proveitosos. 

A ferramenta ideal para não errar na comunicação com o cliente

Como vimos, é extremamente importante acompanhar as atualizações do mercado para não errar durante a comunicação com o cliente. Para obter sucesso nessa tarefa, conte com a TWW, há mais de 20 anos no mercado, auxiliando para  resultados positivos em suas campanhas de marketing.

Oferecemos as melhores soluções de SMS corporativo com um suporte completo, ajudando a otimizar envios e criar conteúdos relevantes e eficientes. Fale com nossos consultores e conquiste uma comunicação efetiva na sua empresa.