fbpx
Categoria

Vendas

Categoria

Guia completo de como criar campanhas para alavancar as vendas

Para que uma empresa obtenha sucesso em um mercado tão competitivo, é preciso pensar em estratégias completas que fidelizem seus clientes, contribuam para o destaque perante a concorrência e, ao mesmo tempo, mantenham a qualidade de produtos e serviços. Todas essas ações são pensadas para que possa alavancar as vendas e manter a satisfação do público, permitindo um aperfeiçoamento cada vez maior das soluções e do trabalho executado por seus colaboradores.

No entanto, muito mais do que apenas trazer resultados mais efetivos, estratégias que alavanquem as vendas promovem outros benefícios para as organizações. Mas afinal, como fazer essas ações em minha empresa? Quais são as vantagens dessa prática?

Elaboramos este conteúdo para que você possa responder a essas questões: vamos explicar de maneira mais detalhada como o SMS contribuirá para essas ações. Continue a leitura!

3 vantagens de contar com estratégias para alavancar as vendas

Ter como um dos principais intuitos de alavancar as vendas o fato de obter melhores resultados não é nada negativo. No entanto, é preciso entender quais são as outras vantagens que essas estratégias trarão para a sua equipe. A seguir, selecionamos as principais. Veja!

1. Diferencial competitivo

Muito se fala em criar um diferencial competitivo para se destacar perante a concorrência, mas você já se perguntou o real significado desse conceito? É o diferencial competitivo, também conhecido como vantagem competitiva, que fará com que os clientes prefiram a sua empresa do que qualquer outra alternativa disponível no mercado.

Ao elaborar estratégias que contribuam para o seu diferencial competitivo, é possível manter um bom nível de vendas e de atração dos clientes mesmo em períodos em que a economia estiver em baixa. Isso fará com que a sua empresa seja a preferida entre os clientes, independentemente de suas ações ou preço.

É possível se destacar no mercado por meio de diversas estratégias. Entre elas, o atendimento diferenciado. Quando um cliente percebe que o tratamento recebido em seu negócio não é o mesmo encontrado na concorrência, sua marca fica fortalecida, fazendo que haja a fidelização do seu público, além de aprimorar o relacionamento.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo criador do Net Promoter Score, também conhecido como NPS, caso a equipe consiga estabelecer estratégias que aumentem em 5% a retenção dos clientes, o aumento dos lucros estará entre 25% e 95%, o que apenas comprova a eficiência de ter essa preocupação em uma organização.

2. Oportunidades de novos negócios

Uma empresa que se preocupa com estratégias para alavancar as vendas certamente estará atenta a oportunidades de novos negócios. Adotar ferramentas que automatizem esse processo, por exemplo, vai permitir que possa gerenciar os follow-ups. Essa estratégia nada mais é do que o acompanhamento entre o vendedor e o seu lead ou prospect, aumentando as chances de fechar negócio por ter um relacionamento mais aproximado.

Não existe regra específica sobre qual é a melhor maneira para elaborar um follow-up. Ele pode ser por meio de telefonemas, redes sociais ou contatos de outros canais de comunicação. O objetivo é, aqui, entender se o processo está sendo encaminhado e se o potencial comprador apresenta interesse em adquirir seus produtos ou serviços.

Dessa forma, ao elaborar ações específicas para alavancar as vendas, o time poderá concentrar o trabalho para melhorar a interação entre os colaboradores da sua empresa com o seu público, contribuindo para novas oportunidades de negócio.

3. Metas batidas com mais facilidade

Para o sucesso de um negócio, ter metas bem definidas é o primeiro passo para alcançar o êxito. No entanto, é preciso inicialmente entender como elaborá-las, com o objetivo de que os colaboradores fiquem engajados com os resultados e se comprometam com as estratégias.

O primeiro passo é criar metas reais. De nada adianta estabelecer números que sejam de fato grandiosos para a empresa se os colaboradores não conseguirem, mensalmente, alcançar aqueles resultados. Esse erro fará com que haja o efeito contrário do pretendido, com funcionários desmotivados e pouco produtivos.

Além disso, é preciso avaliar os resultados obtidos por meio dessas metas e reavaliar sempre que necessário as projeções. Por fim, é necessário que o gestor avalie a realidade de cada área para adaptá-la de acordo com as funções. Assim, todos trabalharão em prol da satisfação do cliente e com o objetivo de obter melhores resultados.

Quando as metas são batidas com mais facilidade, há um gás maior entre a equipe para cumprir suas funções. Dessa forma, sempre que estabelecer estratégias para alavancar as vendas e obtiver esses resultados, naturalmente haverá êxito para a empresa como um todo.

5 dicas para criar campanhas e alavancar as vendas

Para criar campanhas e alavancar as vendas, o indicado é conhecer o público para saber quais são as principais dores que o levarão a adquirir seus produtos. Além disso, essa ação contribuirá para que sua equipe possa entender quais são os canais de comunicação nos quais ele está presente, assim como adotar uma linguagem que seja condizente com seus clientes.

A partir de tudo isso, é possível estabelecer estratégias que vão alavancar as vendas e trazer resultados mais efetivos para o negócio. Selecionamos as principais que trarão melhores números à sua empresa. Confira!

1. Faça um pós-venda eficiente

Engana-se quem pensa que a gestão de relacionamento com o cliente deve ser encerrada a partir do momento em que ele adquiriu o produto ou o serviço. Para fidelizá-lo e retê-lo em seu quadro de clientes, é preciso investir em técnicas de pós-venda com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento, além de encantar o cliente de modo que retorne para a sua empresa sempre que necessário.

Por meio de um bom pós-venda, a empresa tem a garantia da satisfação dos clientes, abre oportunidade de negociação para vendas futuras, além de demonstrar cuidado com o cliente na melhor experiência em relação a seus produtos e serviços.

Também é possível adotar melhorias no atendimento, pois o pós-venda permite entender quais são os pontos mais positivos do seu relacionamento e daquele período de negociação, além de receber um feedback sobre os aspectos que podem ser melhorados.

O pós-venda também garante mais segurança ao cliente, uma vez que a empresa estará preocupada em estabelecer ações que possam colaborar para a sua experiência positiva com o negócio adquirido. Hoje, é essencial investir em um atendimento mais personalizado, pois fará com que ele entenda que não é apenas um número para a sua organização — mas, sim, que o sucesso ao fechar parceria com sua equipe é uma preocupação de todos os seus colaboradores.

Por fim, outra característica que contribui para alavancar as vendas está justamente no fato de que o pós-venda auxilia a empresa a ter mais agilidade para a resolução de problemas. Imagine a seguinte situação: seu atendimento, como um todo, foi bem avaliado pelo consumidor final. No entanto, existe uma etapa do processo que foi mais lenta e não supriu as expectativas do consumidor, fazendo com que ele acreditasse que aquela fase da venda, inclusive, fosse um ponto fora da curva.

Dessa forma, seus colaboradores terão informações para entender quais são esses problemas, o que gerou a insatisfação, permitindo uma melhor tomada de decisão para resolver esses gargalos.

2. Invista em uma boa divulgação de suas estratégias

Uma empresa que se preocupa em estratégias que garantam a satisfação de seus clientes, além de ações para a prospecção de clientes, certamente precisa divulgar o que vem fazendo para a eficiência de uma experiência positiva, correto?

Para isso, crie um blog, utilize as redes sociais e adote ferramentas que aproximarão mais a sua organização dos clientes — como o SMS, que abordaremos mais adiante. Por meio dele, existe a possibilidade de integrar outros canais de comunicação, como as redes sociais, o blog e o e-mail marketing, por exemplo.

Assim, a organização pode apostar em estratégias que obtenham maior engajamento por parte do público. No entanto, tenha atenção apenas para saber diferenciar os tipos de mídia utilizados, o perfil das pessoas que estejam naqueles canais e quais são as características observadas em cada rede escolhida.

3. Promova o engajamento de seus colaboradores

Uma organização que tem como intuito alavancar as vendas não pode apenas pensar em ações visando ao público externo. Apesar de sua importância, também é preciso estar por dentro de soluções que englobem seus colaboradores, ou seja, o público interno. Hoje, um negócio que tem como principal foco o bem-estar de seus funcionários usufrui dos benefícios dessa tática, como maior produtividade, melhoria do clima organizacional e maior comprometimento dos profissionais em relação às metas pré-estabelecidas.

Ações simples no dia a dia da empresa trazem como consequência funcionários mais engajados — quando eles estão felizes e satisfeitos com o ambiente de trabalho, consequentemente passarão essa impressão aos clientes, permitindo novos negócios.

Para isso, é indicado que os gestores estejam em constante envolvimento com os projetos destinados aos colaboradores. Ao estabelecer objetivos para seus profissionais, deve-se acompanhar o andamento das ações, quais são as principais dificuldades encontradas por eles durante esse processo e quais foram os pontos positivos das estratégias executadas.

Além disso, forneça feedback regularmente. O feedback é uma importante ferramenta que contribui para o desenvolvimento da equipe, permite melhorias dos profissionais e dos próprios líderes, além de fazer com que o funcionário se sinta bem em expor situações que podem não agradar — e que prejudicam a produtividade.

Também é importante estar atento quanto à comunicação interna da empresa. Caso os gestores observem a necessidade de mudanças relacionadas às metas, por exemplo, é preciso que os profissionais sejam os primeiros a saber dessas decisões para que possam trabalhar de acordo com a nova realidade.

Por fim, encoraje em sua empresa a cultura do “saber e ensinar” a todo instante. Dessa forma, funcionários estarão constantemente empenhados em exercer melhor suas funções e em obter o melhor de seus colegas, gerando resultados positivos como um todo.

4. Invista em marketing de conteúdo

Hoje, aquela ideia de forçar o cliente a conhecer os produtos por meio de seus canais já não é muito bem vista. Em vez de a empresa buscar pelo seu público, o ideal é que ele a encontre por meio de suas dúvidas e principais dores, a partir de uma comunicação digital bem executada pelo seu negócio.

Foi nesse contexto que surgiu o marketing de conteúdo, estratégia baseada nos principais problemas de sua persona — representação semifictícia de seu cliente ideal  — para que, organicamente, ela encontre a sua página e possa enxergá-lo como autoridade no assunto em relação ao seu nicho de mercado.

Entre as vantagens observadas pelo marketing de conteúdo, destacamos:

  • a ampliação da visibilidade da marca;
  • o desenvolvimento de relacionamentos com o seu público
  • a melhora do reconhecimento da marca;
  • a consciência de sua marca.

Vamos a um exemplo prático: você conta com uma instituição de ensino que tem, como principal persona, pais de alunos do ensino fundamental. Nesse sentido, seus conteúdos devem englobar os principais questionamentos desses pais e não apenas abordar sobre o contexto educacional. Uma dúvida comum sobre essa persona, por exemplo, seria “como lidar com o filho pré-adolescente”.

Esse tipo de estratégia permite que, futuramente, pais que em algum momento tiveram contato com a sua marca possam relembrar sua empresa, perceber que você é referência nesse mercado e contratar seus serviços. Ou seja, uma estratégia a longo prazo em que as empresas devem apostar para alavancar as vendas, uma vez que o mercado está confiando forte na ação.

5. Faça up-sell e cross selling

Conforme abordado em nosso conteúdo, é preciso que a organização esteja preocupada não apenas com o momento de fechar negócio, como também em manter relacionamento com o seu cliente depois que a venda é concluída. Por essa razão, é necessário que ele entenda o valor de seus produtos e serviços e queira adquirir novas soluções, permitindo que sua equipe utilize as técnicas de up-sell e cross selling.

Mesmo sendo uma estratégia bastante simples, muitas empresas negligenciam essa ação, especialmente em períodos de maior movimento. O significado literal dessa técnica é “vender a mais”, mas não deve ser imposta ao cliente. É preciso que ele entenda o quanto suas soluções vão trazer benefícios, partindo dele a necessidade de optar ou não por novos negócios.

No entanto, apesar de não ser oferecido de maneira insistente, existem técnicas dos vendedores que contribuem para o up-sell mais frequente. Um script de vendas bem delimitado e conhecido pelo seu profissional permite que aborde outros itens durante as negociações, possibilitando ao cliente entender sobre a importância dos produtos.

Para um up-sell bem-sucedido, analise as particularidades de cada cliente. Especialmente se sua empresa oferecer soluções que abordem nichos diferentes, é preciso entender as reais necessidades dele com os seus serviços. Assim, dá a possibilidade ao vendedor de oferecer aquela solução que realmente trará vantagens ao consumidor, agregando valor e contribuindo para sua fidelização e retenção.

Além disso, tenha referências de sucesso em seu catálogo, o que chamamos de case. Sempre que possuímos exemplos de compras ou negociações bem-sucedidas ficamos mais dispostos a fechar negócio, justamente por entender de maneira prática que aquela estratégia também funcionará em meu negócio.

Por fim, o ideal é que faça sugestões simples. Para que a tentativa de up-sell realmente traga resultados, não ofereça muitos itens ao mesmo tempo para o mesmo cliente. Foque naquilo que trará ganhos e conheça bem as vantagens de ele adquirir esse novo serviço.

3 vantagens do uso do SMS

Mencionamos brevemente sobre o SMS e como ele pode contribuir para alavancar as vendas. Em março de 2019, a Anatel registrou, apenas em nosso país, mais de 228 milhões de linhas móveis, o que comprova e eficácia dessa estratégia para a sua empresa. Dessa forma, é preciso entender de maneira mais aprofundada quais são as vantagens de apostar no SMS para alavancar as vendas. Confira!

1. Melhor relacionamento com o cliente

Durante todo o conteúdo, enfatizamos a necessidade de uma empresa apostar em estratégias que melhorem o relacionamento com o cliente, justamente por aumentar as chances de fidelizá-lo — o que contribui para um aumento de lucro, além de ser uma ação mais barata do que a atração de público.

O uso do SMS contribui efetivamente para isso, uma vez que você terá a oportunidade de enviar conteúdos objetivos e que não necessariamente precisem estar diretamente ligados a seus produtos e serviços.

No entanto, é preciso ter cuidado para entender de maneira exata as questões legais as quais se referem ao envio de mensagens de texto por meio dos aparelhos telefônicos. Seus clientes necessitam autorizar esse envio, disponibilizando a você pontos de contato — prática denominada opt-in.

Da mesma forma, também há a necessidade de oferecer a alternativa para que eles se descadastrem sempre que não mais enxergarem necessidade em seus conteúdos — opt-out . Não pense que isso é negativo, tudo bem? Muito pelo contrário! Oferecer essa opção a seu público contribui para que ele esteja momentaneamente satisfeito com os seus comunicados e possa retornar mais adiante.

Caso não tenha essa ferramenta, poderá surtir o efeito contrário e gerar insatisfação por ele receber mensagens inadequadas e que não condizem com suas reais necessidades.

2. Possibilidade de ser feita uma pesquisa de satisfação e NPS

Quais os maiores gargalos observados pela sua empresa? Quais são os pontos de melhorias a serem observados? Não existe melhor feedback do que aquele fornecido pelos seus clientes. Por meio do SMS, é possível elaborar uma pesquisa de satisfação, assim como promover o Net Promoter Score.

Por meio de uma pergunta simples, é possível identificar o grau de lealdade do cliente com a sua marca. A partir do SMS, existe a possibilidade de enviar o seguinte questionamento: de 0 a 10, qual o grau de satisfação com o nosso atendimento?

Clientes que forneçam entre 0 a 6 são aqueles considerados detratores. Entre 7 e 8, neutros. Já os que forneçam notas 9 e 10 são os propagadores. A partir disso, sua equipe poderá trabalhar em estratégias que melhorem os pontos apresentados, contribuindo para alavancar as vendas, uma vez que a empresa estará em constante aperfeiçoamento.

3. Boas estatísticas

As estatísticas relacionadas ao SMS marketing são muito superiores do que outras estratégias de comunicação a serem adotadas pela sua empresa. A taxa de abertura, por exemplo, é de 98%, contra 20% do e-mail marketing.

Se levarmos em consideração o fato de alavancar as vendas, uma pesquisa feita com usuários americanos afirmou que 50% deles realizaram uma compra por meio de uma comunicação recebida via SMS. Além disso, a leitura é instantânea: em média 5 segundos após o recebimento.

90% dessas mensagens, inclusive, são lidas em um prazo máximo de 3 minutos após o recebimento. O seu envio também pode ser considerado bem mais rápido do que outros meios de comunicação, pois os serviços demoram menos de 10 segundos para entregar ao seu destinatário os comunicados pretendidos.

Por fim, apesar de outros aplicativos de mensagens terem surgido ao longo dos anos, ainda há o registro de mais de 3 trilhões de envios de SMS no mundo todo. Ou seja, especialmente para quem deseja alavancar as vendas, essa é uma estratégia que deve ser considerada devido aos seus números  — que de fato impressionam!

Neste conteúdo, você pôde perceber a importância de estabelecer estratégias para alavancar as vendas, quais são essas ações que podem ser tomadas pela sua empresa, assim como entender as maneiras que o SMS contribui para isso. O indicado, porém, é que você conte com uma ferramenta que possa auxiliar nessa sua ação de envio de SMS.

Por meio dela, é possível personalizar as mensagens — mencionamos sobre a importância de o cliente se sentir único —, obter relatórios para uma campanha de SMS eficiente, assim como contar com um suporte que vá auxiliar na construção de suas ações e nas dificuldades de sua equipe.

Ficou interessado em contar com uma ferramenta como essa, que permitirá estratégias mais bem delineadas para alavancar as vendas? Entre em contato com a gente e conheça os diferenciais da TWW. Nossa empresa terá como foco entender o seu negócio e conhecer as particularidades de sua empresa para definir as melhores estratégias de comunicação.

Micro-momentos: como utilizar dessa tendência para melhores resultados?

A massificação do uso do smartphone transformou a maneira como as pessoas se relacionam com as marcas e, consequentemente, as etapas da jornada de compra. Agora, ela foi fragmentada em micro-momentos, e é necessário que as empresas apresentem-se na hora certa para aumentar as chances de vendas. Afinal, cada vez mais os consumidores pesquisam na internet antes de fechar um negócio.

A partir da propagação dessa tendência, as empresas estão repensando a relação existente entre elas e o seu público consumidor. Isso porque compreender o que são e como utilizar os micro-momentos ao seu favor é fundamental para planejar as suas ações dentro dessa nova realidade de mercados.

A adoção desse conceito é imprescindível para quem deseja ampliar o reconhecimento da sua marca, gerar leads e elevar o número de vendas e lucratividade, haja vista que, por meio dele, é possível formar as preferências dos usuários e influenciar na decisão de compra.

Quer usar essa estratégia de forma bem-sucedida? Confira, abaixo, como funcionam as etapas dos micro-momentos e como utilizá-los!

Quais são as etapas dos micro-momentos?

Durante o processo de jornada de compra, os internautas utilizam ferramentas para comparar preços, pesquisar a reputação das empresas, buscar mais informações sobre a qualidade dos produtos e serviços e realizar diversas ações que incluem mecanismos de buscas, como o Google. São nesses momentos-chave que as pessoas demonstram uma intenção e o quanto elas estão inclinas a comprar algo. Entenda, abaixo, como funcionam os quatro micro-momentos.

Eu quero saber

É o momento em que o usuário quer saber mais sobre algo que viu em um programa ou anúncio de TV, que ouviu de um amigo ou que viu anunciado em um banner enquanto navegava na internet. Nessa fase ainda não é possível desvendar se a pessoa tem intenção de compra.

Eu quero ir

Essa etapa mostra que o usuário deseja chegar a algum lugar, seja fazendo uso de serviços de geolocalização ou pesquisando o endereço do local. Aqui, também acontecem as buscas por estabelecimentos próximos à área em que o indivíduo está, como indicações de supermercados ou restaurantes.

Por conta da importância do fator localização, é nessa fase que as empresas têm maior sucesso nos resultados por meio do alinhamento do marketing local com esse micro-momento.

Eu quero fazer

Geralmente, quando desejamos aprender algo, é mais prático pesquisarmos no Google como se faz isso, e damos preferência pela solução mais simples e bem explicada. Pela facilidade da compreensão, os vídeos são os conteúdos que mais se destacam nesse micro-momento. Portanto, em vez de ofertar páginas somente com textos e imagens, os sites disponibilizam dicas práticas em formato de vídeo que engajam e ensinam os seus usuários.

Eu quero comprar

Trata-se de quando a pessoa realiza uma busca que revela qual é a sua intenção de compra. Tal busca costuma conter o nome do serviço ou produto e demonstra o quão decidida a pessoa está a comprar, de acordo com a especificidade dos termos utilizados na pesquisa. Quanto mais informações ela colocar sobre o item, maior é o seu desejo de compra.

Como aplicar a estratégia de micro-momentos?

Os micro-momentos são uma espécie de atenção da qual as marcas podem e devem se beneficiar para se aproximar do seu público. A compreensão dessas quatro etapas traz potenciais oportunidades de conduzir o consumidor — tanto para a sua página virtual quanto para o estabelecimento físico. Por isso, é necessário utilizá-las para melhorar a comunicação com o público-alvo.

O principal objetivo desse conceito é ser útil para a sua audiência nos momentos em que ela mais precisa, apresentando informações e respostas relevantes, além de proporcionar uma experiência de excelência. Dessa forma, é possível prospectar mais clientes.

Saiba, a seguir, como aplicar essa estratégia corretamente.

Verifique o comportamento de busca dos usuários

Com o auxílio do Google Search Console, você pode acessar o relatório ‘’Search Analytics’’ para saber quais são os termos de busca para os quais as suas páginas são apresentadas como resultado de uma pesquisa no Google. Estude qual é a intenção do uso dessas palavras-chave e como elas se encaixam nos micro-momentos.

Nesse processo, você também deve checar qual é o dispositivo mais utilizado pelos usuários para encontrar a sua marca, como computador, celular ou tablet. Com essa informação, pesquise por padrões de comportamento dos usuários de cada dispositivo para entender o seu público com mais profundidade.

Reveja a estratégia de produção de conteúdo

De posse desses dados, você deve otimizar o seu conteúdo para melhorar o seu posicionamento para aqueles termos que são mais pertinentes para o seu público-alvo. Por essa razão, confira se os conteúdos que a sua empresa publica estão em conformidade com as necessidades dos consumidores e como eles podem ser utilizados em cada micro-momento.

Nesse contexto, é recomendável revisar os seus materiais e avaliar se carecem de informações mais detalhadas para satisfazer os seus usuários, engajá-los e aumentar a credibilidade da sua marca.

Otimize as suas páginas

Caso o seu blog ou site ainda não estejam otimizados para a navegação em aparelhos móveis, é essencial investir em melhorias para aproveitar os benefícios que os micro-momentos agregam ao seu negócio. Assim, preste atenção nos seguintes aspectos:

  • qual é a velocidade de carregamento das páginas;
  • como é a experiência do usuário e o design responsivo;
  • como se dá o uso da tecnologia Accelarated Mobile Page (AMP).

Para descobrir se a sua página é compatível com esses gadgets, faça o teste de compatibilidade com dispositivos móveis disponibilizado pelo Google.

Invista em técnicas de SEO

As técnicas de SEO (como usar palavras-chave, melhorar a qualidade do conteúdo publicado, ter uma URL amigável, otimizar o título da página, usar meta description e estruturar a página em h1, h2 e h3) tornam o seu conteúdo mais escaneável, fazendo com que ele tenha mais chances de aparecer nos resultados do Google durante uma busca relacionada ao seu serviço ou produto.

Quanto mais vezes as suas páginas forem apresentadas aos consumidores, maiores serão as suas oportunidades de informar o usuário e influenciar na sua decisão de compra.

Em um mundo totalmente conectado, as marcas que querem se relacionar com os seus consumidores devem entender a importância dos micro-momentos e apostar na otimização das suas páginas e conteúdos, tendo como finalidade melhorar a experiência de navegação como um todo  — principalmente para os dispositivos móveis. Afinal, com tantas distrações virtuais, é difícil prender a atenção dos usuários, e o uso dessa estratégia é um diferencial para o seu marketing.

Quer atrair novos consumidores? Veja como prospectar clientes e aumentar os seus lucros!

A importância da publicidade mobile

A tecnologia e, em especial, o smartphone mudaram a forma com as pessoas se comportam e se comunicam com as marcas. Se antes era necessário ter um computador para comprar um produto ou resolver um problema, agora tudo pode ser feito na palma da mão, basta alguns toques na tela. Diante desse novo cenário, também surgiu a necessidade de as empresas investirem em publicidade mobile para se destacar no mercado e impactar o seu público consumidor.

Basicamente, o mobile marketing faz uso dos benefícios dos dispositivos móveis para aumentar a visibilidade das marcas e obter melhores resultados no espaço digital. Portanto, trata-se de uma modalidade de comunicação que utiliza um conjunto de estratégias que compreendem desenvolvimento de publicidade específica para aparelhos móveis.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o celular é o meio mais utilizado pelos brasileiros para acessar a internet. Isso significa que para uma empresa se manter relevante à frente dos concorrentes, é preciso trabalhar de forma estratégica nesse ambiente. Ou seja, adotar a tendência do mobile marketing e usufruir dos benefícios que melhoram o seu desempenho.  

Quer saber mais? Confira, abaixo, quais são as vantagens e as tendências em publicidade para dispositivos móveis!

Quais são as vantagens de investir em publicidade mobile?

Não é à toa que o mobile marketing tem sido cada vez mais adotado pelas empresas, pois ele apresenta diversos benefícios que influenciam diretamente no desenvolvimento e crescimento das marcas. Conheça as suas principais vantagens!

Aproxima a empresa do consumidor

Por meio do mobile marketing é possível estar em contato com o seu público de forma instantânea e com extremamente facilidade. Assim, a companhia tem a oportunidade de se aproximar dos seus clientes e estabelecer uma relação de interação constante.

Com notificações de e-mails ou aplicativos, você impacta a sua audiência em questão de segundos. Afinal, as pessoas raramente resistem ao som dessas notificações e costumam checar o seu smartphone diversas vezes ao dia.

Gera maior conversão

Toda campanha de marketing precisa ser feita em canais que, de fato, trazem bons resultados. Nesse sentido, uma das principais vantagens da publicidade mobile é aumentar a conversão de clientes para as suas ofertas.

Um estudo feito pelo Formstack revelou que as conversões realizadas a partir dos aparelhos móveis são 64% maiores do que as feitas em outros canais de comunicação. Essa informação deixa evidente que as pessoas estão tomando mais decisões de compra por meio dos dispositivos móveis. Logo, é crucial que as empresas atuem nesse local.

Possibilita a busca de informações sobre o seu público

A interação entre a empresa e o público-alvo permite a obtenção de informações importantes sobre os seus clientes. Dessa maneira, você pode montar o perfil do seu consumidor e promover uma comunicação customizada, com mensagens adequadas e específicas para os objetivos dessas pessoas.

Aumenta a eficácia da estratégia

A publicidade mobile abre um leque de oportunidades únicas para os empreendimentos que atuam em lojas físicas ou em e-commerce — como a oferta de descontos especiais no espaço virtual, depois de uma visita no varejo tradicional, e a opção de escanear o preço dos produtos. Isso aumenta a eficácia da estratégia e, consequentemente, dos seus resultados.

Traz vantagem competitiva

Apesar de o uso do marketing exclusivo para dispositivos móveis já ser uma realidade em muitos setores, ainda existe organizações que desconhecem ou resistem a esse movimento.

Nesse contexto, adotar essa ferramenta de comunicação é uma vantagem competitiva, possibilitando que você se destaque em seu ramo por meio do fornecimento constante de novidades que o colocam como referência no mercado.

Quais são as tendências de publicidade mobile?

Perante a esse novo paradigma, os profissionais de marketing e propaganda devem mudar seus conceitos e fazer um trabalho que alcance o público conectado aos smartphones. Para tanto, conheça a seguir as tendências de publicidade mobile.

Usar aplicativos especiais

O desenvolvimento de aplicativos especiais permite que você ocupe um espaço importante na tela dos usuários, uma vez que eles visualizam a sua marca o tempo todo, já que a sua logo está na palma da mão continuamente. Para incentivar o download do app, pode-se dar descontos ou brindes para aqueles que baixarem o conteúdo.

Mais do que criar o seu próprio aplicativo, você também pode aproveitar para anunciar os seus serviços e produtos naquelas apps que consomem mais atenção dos seus clientes. Com essa estratégia, a empresa alcança o seu público sem interferir na privacidade ou afetar a experiência de navegação do usuário.

Explorar a geolocalização

Produzir anúncios que se baseiam em geolocalização é uma ótima maneira de utilizar os dispositivos móveis para otimizar os resultados das campanhas publicitárias da empresa e segmentar o seu público consumidor dentro de um raio de ação.

Imagine o dono de um restaurante — estabelecimento que não deve segmentar o seu público por gênero ou idade, mas sim pela proximidade do negócio. Assim, quando as pessoas circulam com os seus smartphones, os dados de GPS podem ser gravados e posteriormente utilizados para gerar anúncios baseados nas localizações que costumam frequentar, por exemplo.

Adotar o SMS

Quanto maior for a velocidade com que os consumidores interagem com a sua marca e ofertas, mais rápido vão optar pela compra. A adoção do SMS na publicidade mobile cria uma comunicação direta, estreitando o relacionamento da empresa com o seu cliente ou potencial consumidor.

Essa comunicação torna-se mais humanizada, visto que a pessoa tende a se sentir importante para a marca por receber diretamente no seu celular lembretes, comunicados relevantes, ofertas de serviços e produtos, e demais soluções fornecidas pelo seu negócio.

Além disso, o SMS garante o recebimento instantâneo das mensagens, pois o tempo médio de entrega das operadoras é de 10 segundos. Desse modo, a sua estratégia fica livre de problemas relacionados ao tempo de vencimento das ofertas, que poderiam ocorrer com anúncios feitos em aplicativos que são acessados somente em determinados períodos do dia pelos usuários.

Ativar notificações

As notificações são indispensáveis para engajar os clientes com a sua empresa. Quando baixa e instala um app, o usuário define se quer ou não receber notificações. Com isso, sempre que a organização julgar interessante pode enviar notificações para o aparelho do consumidor, como comunicados de promoções ou mensagens com ofertas de serviços ou produtos relevantes para ele.

Sendo assim, ainda que o cliente não utilize muito o seu app, você pode induzi-lo a visualizá-lo e conferir as promoções e produtos, o que amplia as chances de conversão de vendas.

Integrar as plataformas

A partir da integração do sistema operacional de uma loja virtual com as redes sociais, aplicativos e e-mails, é viável desenvolver um sistema de remarketing. Ou seja, anunciar em outras plataformas um produto que o usuário viu, mas não comprou. Nessa estratégia, a empresa ‘’dá uma segunda chance’’ para que o cliente efetue a compra.

A publicidade mobile é o futuro do marketing e quanto antes as empresas se adaptarem a esse movimento, mais chances terão de aproveitar os inúmeros benefícios proporcionados pelos dispositivos móveis e melhorar a sua performance no mercado.

Quer atrair novos clientes para o seu negócio? Saiba como aplicar o marketing experiencial e torne o seu evento único!

Como encantar o cliente? Confira 7 dicas incríveis!

Vender mais e traçar uma jornada contínua de crescimento são objetivos de qualquer empresa. Para isso, é imprescindível encantar o cliente, ou seja, atraí-lo e mantê-lo fiel à sua marca e produtos. Assim sendo, cada vez mais, as organizações investem em ações de marketing que têm o intuito de proporcionar ao consumidor uma experiência de compra valiosa e incrível.

Focar na fidelização de clientes ajuda na construção de um grupo de pessoas que se torna porta-voz da sua marca. Esses consumidores, por meio do seu potencial de engajamento, atuam como um núcleo de atração para a conquista de novos compradores, e divulgam uma imagem positiva da sua marca. Tudo isso resulta no aumento das vendas e, consequentemente, do lucro.

Quer encantar os seus clientes? Confira, abaixo, 7 ações de marketing e relacionamento que trazem resultados surpreendentes!

1. Conheça o público

Qual é o perfil do seu cliente? Ter essa resposta na ponta da língua é o primeiro passo para atrair e fidelizar novos consumidores. Para tanto, é essencial fazer pesquisas de mercado que possibilitem entender quais são as características do seu público, o que mais o atrai e por que ele se interessa pela sua empresa e serviços.

Dessa maneira, você consegue descobrir qual é a idade, gênero, classe social, problema e objetivo das pessoas que visitam o seu estabelecimento. Com essas informações, você pode desenvolver medidas personalizadas e que geram identificação — quesito indispensável para que o cliente compre, fique satisfeito, considere fazer novas aquisições e indique o estabelecimento para outras pessoas.

2. Invista em produção de conteúdo

produção de conteúdo é uma estratégia de marketing muito utilizada para ajudar as empresas a atraírem os clientes ideais e se posicionarem como referência no setor em que atuam. A partir de textos que geram engajamento, a companhia não só atrai o público, como também o conduz em cada estágio da jornada de compra e no fechamento da venda.

Além disso, essa estratégia também pode ser utilizada para treinar, reter e fidelizar os clientes que foram conquistados. A produção de materiais, como dicas sobre uso ou benefícios de um determinado produto, educa o seu público e o ajuda a conhecer mais sobre os seus produtos e a vantagem de uma possível compra. Esses textos podem ser postados em um blog, nas redes sociais, enviados por e-mail ou até mesmo por SMS, em versões curtas e personalizadas.

3. Aposte em programas de fidelização

Os clientes que compram com frequência da sua empresa merecem um tratamento diferenciado. Nesse sentido, vale a pena apostar em programas de fidelização, que nada mais é do que oferecer vantagens exclusivas para quem dá preferência para a sua marca na hora de efetuar uma compra.

Ao aplicar essa ação, você constrói laços com o consumidor, incentivando-o a voltar sempre que tiver um problema que a sua empresa possa solucionar, além de proporcionar confiança e satisfação.

Isso pode ser implementado com ações de relacionamento, como a produção de newsletters exclusivas, cupons de desconto, benefícios especiais de um clube de fidelidade e antecipação dos seus lançamentos apenas para esse público.

4. Cultive o relacionamento por meio de estratégias de comunicação

Mais do que encantar o cliente, a empresa tem que se preocupar em mantê-lo fiel à sua marca. Isso, porque sai mais caro conquistar um novo consumidor do que reter os existentes. Uma das maneiras mais funcionais de manter essa proximidade é por meio do estabelecimento de uma comunicação eficaz, com interação de ambos os lados, que permite aos clientes o compartilhamento das suas opiniões. Afinal, é extremamente relevante saber que o que as pessoas pensam da sua organização.

Utilizando os seus canais de comunicação, procure saber o que os clientes gostam ou não da sua marca, produtos e serviços, o que eles mudariam, o que poderia ser melhor, como classificariam a última experiência de compra na sua empresa. Essas perguntas simples trazem à tona dados importantes para aprimorar o atendimento e elevar a satisfação do seu público-alvo.

Sem falar que com o uso, por exemplo, do SMS, você pode estreitar o relacionamento com o consumidor, entrando em contado para enviar lembretes, apresentar novos lançamentos, ou oferecer facilidades, como o pagamento rápido de faturas.

5. Utilize a tecnologia no atendimento

A tecnologia é uma grande aliada para o encantamento de clientes. Com o auxílio da internet e de dispositivos eletrônicos portáteis e funcionais, as organizações podem se comunicar de uma forma mais rápida e acessível. Contudo, é necessário que você saiba como utilizar esses aparatos de modo adequado, concedendo maior conforto para o consumidor — que, muitas vezes, opta por interagir com a empresa sem sair de casa  — e mais agilidade para esse processo de interação.

Nunca deixe o cliente aguardando por muito tempo por uma resposta, dê um retorno satisfatório e, preferencialmente, único para cada consumidor. A tecnologia deve ser vista pelo seu público como uma opção de relacionamento com a empresa e ele precisa perceber nela o mesmo nível de confiança oferecida no atendimento presencial.

6. Ofereça treinamento aos colaboradores

Mesmo que a sua equipe seja bem treinada, tenha em mente que você estará sempre lidando com pessoas e os seus estados de espírito do dia, com o fato de se mostrarem proativas ou não. Treinar os seus colaboradores regularmente permite que eles tenham o máximo de informações possíveis e saibam como agir diante de cenários imprevisíveis.

Suponhamos que uma pessoa chegue à sua empresa e, na recepção, um funcionário não a atenda, pois está batendo papo ao telefone. Uma atitude como essa passa a imagem de que o cliente não é devidamente valorizado pela empresa.

Para evitar esse tipo de situação, é preciso dar um atendimento tão próximo e agradável que faça com que as pessoas se sintam em casa. Mesmo que um bom atendimento não gere uma venda num primeiro momento, tenha certeza que ele traz resultados em longo prazo, devido à boa impressão causada pela organização e seus profissionais.

7. Monitore o relacionamento com o consumidor

Todas as ações de marketing que objetivam fidelizar os clientes devem ser monitoradas. Para tal, tenha um “Customer Relationship Management” (CRM) e uma equipe focada na análise de resultados. O monitoramento possibilita a melhoria constante de sua estratégia e, com os resultados de cada medida, colher informações que facilitam futuras abordagens.

Olhe para esse processo como sendo um ciclo de muito valor, no qual quanto mais você acompanha e monitora, mais  tem a oportunidade de conhecer os seus clientes e ampliar a sua capacidade de fidelizá-los.

Portanto, encantar o cliente está ligado à visão de valor no que diz respeito ao produto ou serviço adquirido. Um consumidor encantado percebe esse valor como algo que está acima do que realmente foi entregue, pois fica ciente de que a empresa se preocupou em forneceu uma experiência de compra de qualidade, com agilidade e eficiência.

Quer manter seus consumidores satisfeitos? Conheça 5 dicas para melhorar a experiência de consumo dos seus clientes!

As 5 melhores práticas para divulgar ofertas de seu negócio

Para que uma empresa consiga atingir os resultados esperados em seu planejamento estratégico, é preciso estabelecer diversas ações ao longo do ano. Entre elas, as ofertas são excelentes alternativas para alavancar as vendas, atrair clientes e conquistar uma parcela do público que muitas vezes nem sequer conhecia o negócio.

No entanto, é preciso que haja alguns cuidados ao formular essa estratégia. O período do ano é um deles: é melhor investir nessa ação em épocas cujos resultados são menores ou em meses sazonais, como o Dia das Mães? Em 2018, as vendas cresceram 4% em relação ao ano anterior no mês de maio justamente por essa data comemorativa.

Sendo assim, analisar o seu negócio e entender as particularidades é um dos motivos que contribuirão para o sucesso de sua empresa. Além disso, é necessário conhecer as melhores práticas para divulgar ofertas. Pensando nisso, elaboramos este post para que você fique por dentro das principais. Confira!

1. Divulgue nas redes sociais

A divulgação nas redes sociais é uma das estratégias mais eficientes para que as ofertas consigam um alcance mais amplo. Para isso, é preciso que a empresa entenda exatamente quem é o seu público. Faça perguntas como:

  • quais são os canais que meu público mais acessa?
  • Qual é a linguagem mais adequada para que haja uma proximidade?
  • Quais os horários específicos em que eles estão mais presentes nos canais definidos?
  • Quais são os principais produtos de interesse do meu público?

Com essas respostas em mãos, é possível estabelecer uma estratégia de divulgação mais eficiente, além de entender que uma presença ativa nas redes sociais permite que a empresa estabeleça sua marca, ganhe visibilidade e tenha canais de comunicação mais abrangentes.

Uma dica para que essa divulgação seja ainda mais efetiva é entender como a concorrência se posiciona nesses canais. Assim, você vai conhecer quais são as estratégias adotadas e como o público interage a partir dos conteúdos.

2. Impulsione as postagens nas redes sociais

Ao definir os principais canais para divulgar ofertas, é chegado o momento de entender a importância de impulsionar as postagens nas redes sociais. Vamos a um exemplo prático: o Facebook é um canal que entrega os conteúdos de maneira orgânica — isso é, sem nenhum tipo de investimento — para menos de 6% de seu público. Ou seja, se a sua página contar com 100 curtidas, um número mínimo de pessoas vai visualizar as postagens.

Portanto, ao formular o planejamento para divulgar ofertas, é preciso considerar um valor para o impulsionamento das publicações. Essa estratégia é bastante flexível, pois se a campanha não estiver trazendo os resultados esperados, é possível pausá-la, repensar a ação a partir dos dados coletados, fazer as alterações que a equipe julgar necessárias e recomeçá-la.

O patrocínio das ofertas também permite a segmentação do público. Como você já sabe exatamente quem são os seus clientes, basta indicar os interesses para que a rede social priorize as pessoas que façam pesquisas relacionadas e que já curtam outras páginas sobre o mesmo tema. Dessa forma, o alcance será mais preciso e as chances de obter melhores resultados aumentam significativamente.

3. Utilize o SMS como ferramenta de divulgação

O SMS ainda é uma das estratégias para divulgar ofertas que têm melhor retorno sobre o investimento — que, por sinal, é baixo. A linguagem utilizada será a mesma adotada nas redes sociais, definida de acordo com o público. O texto deve ser objetivo, enviado em horário comercial (especialmente entre 9h e 18h) e criar um sentido de urgência.

Se você identificou que algum cliente não prosseguiu com a compra em seu site, mas deixou os dados disponíveis para que entre em contato, é possível oferecer bônus especiais e avisá-los por meio desse canal de comunicação.

Entre as vantagens do SMS, podemos destacar a entrega instantânea — cujo tempo médio é de menos de 10 segundos — , a taxa de abertura com um índice bastante considerável (cerca de 98%), além de contar com uma alta taxa de conversão.

Dessa forma, defina os melhores horários, considere mensagens com uma linguagem que seja adequada e clara para o cliente e divulgue suas ofertas para atingir os resultados almejados em seu planejamento.

4. Considere o e-mail marketing

O e-mail marketing pode ser considerado como uma estratégia aliada das outras formas de divulgação. Se comparado com o SMS, por exemplo, a sua taxa de abertura é bem inferior (cerca de 20%), além de haver a possibilidade de as mensagens caírem na caixa de spam. No entanto, elas podem funcionar perfeitamente em conjunto, sem necessariamente conter o mesmo conteúdo.

Por meio do SMS, é possível fazer a divulgação das ofertas, enquanto são abordadas as vantagens do seu produto/serviço por e-mail (ou vice-versa). Essa forma de ampliar o conhecimento de seu público sobre as ofertas é uma maneira econômica e eficaz, além de o texto poder contar com um CTA (call to action, ou “chamada para ação”) que o leve às suas redes sociais.

5. Faça eventos

Por fim, os eventos contribuem para o fortalecimento do posicionamento das empresas, para o networking e motivam os colaboradores, além de serem importantes estratégias para lançar novidades e ofertas. No entanto, essa dica está diretamente ligada com a anterior, pois essa ação também precisará de divulgação para atingir o público correto, exigindo o uso dos outros canais já mencionados.

Para isso, faça um bom planejamento, defina o orçamento, se organize e escolha um local que já tenha uma infraestrutura adequada para reduzir os custos de seu negócio.

Neste conteúdo, você pôde conhecer as 5 melhores práticas para divulgar ofertas. Conforme abordado, há muitos canais a serem utilizados que contribuirão para que seu público tome conhecimento de suas estratégias. Dentre as abordadas, o SMS pode ser considerado a mais eficiência, pois é destinado especificamente para o seu público com a certeza de que ele terá o contato com a mensagem.

Contar com uma plataforma para esse envio pode ser a solução para a sua empresa. Se ficou interessado, entre em contato com a TWW e converse com algum de nossos profissionais!

Entenda como oferecer cupons de desconto para o varejo

Todo mundo adora receber um cupom de desconto. Isso porque, atualmente, o consumidor quer ter a sensação de importância e, lógico, também deseja economizar. Nesse cenário, em sua empresa você já utiliza a oferta de cupons de desconto para o varejo?

Se ainda não, vamos explicar neste artigo os motivos para você não deixar de adotar essa estratégia e todos os seus benefícios.

Você verá também as soluções que nós, da TWW temos para sua marca oferecer cupons de desconto para o varejo e como utilizar esses recursos. Confira!

Por que oferecer cupons de desconto para o varejo?

Os cupons de descontos para o varejo trazem uma série de benefícios para a marca anunciante, e os mais comuns são:

No entanto, o cupom também ajuda as empresas a mensurar os resultados de cada campanha, por meio do cálculo do ROI (retorno sobre investimento). Normalmente, esse retorno sempre é alto se considerarmos o baixo investimento necessário em comparação com outras mídias.

Além disso, o cupom de desconto para o varejo também ajuda as empresas a identificar qual canal de comunicação da marca tem sido mais efetivo. Tudo isso sem a necessidade de contratar caras e complexas ferramentas de análises. Para tanto, basta utilizar cupons de desconto diferentes para cada mídia anunciada.

Em um mundo onde tudo tem caminhado para a multicanalidade – e o comportamento do consumidor está cada vez mais dinâmico –, identificar qual o canal mais efetivo traz uma vantagem competitiva enorme para as marcas. Assim sendo, elas têm a oportunidade de engajar e impactar cada vez mais clientes nos canais certos e nos momentos mais adequados.

Quais as soluções da TWW para oferecer cupons de desconto para o varejo e como elas funcionam?

Todas as soluções da TWW podem ser utilizadas nas estratégias das empresas para oferecer cupons de desconto para o varejo. Desde um simples SMS, até campanhas mais elaboradas com integrações entre canais e soluções diferentes. Seguem abaixo alguns exemplos de como utilizar cupons de desconto para o varejo com as soluções da TWW. Confira!

Pós-venda

Utilize a solução da TWW após o cliente fazer uma compra, como forma de agradecimento e para garantir recompra. Faça isso utilizando um simples SMS.

Pesquisa de satisfação

Quer aumentar o número de respostas de uma pesquisa de satisfação da experiência de consumo? Peça para o cliente responder gratuitamente e avise que ao final ele ganhará um desconto especial. Assim, ele fará interações automatizadas por SMS, por meio da conversa com os chatbots SMS.

Ao término, será gerado o cupom, e isso é o que garante a resposta que é de interesse da marca, bem como o incentivo do cliente voltar a consumir seus produtos ou serviços.

Pesquisa para um público diferenciado

Se seu público é mais idoso, você tem a possibilidade de utilizar o mesmo exemplo acima, porém com a opção do canal de voz.

Essa sondagem também existe por meio de uma pesquisa automatizada e com o envio de um cupom direto na ligação. O envio do cupom pode ser, até mesmo, por SMS ao final da ligação, com integração dos dois canais.

Conversa em tempo real

Outra opção é enviar o cupom após um atendimento feito pela central. Para tanto,  basta utilizar nossa plataforma.

Dessa forma, a marca terá a chance de conversar com seu cliente em tempo real por meio do SMS e, ao final da conversa, se for da vontade de sua empresa, o operador gera um cupom de desconto a fim de agradar seu cliente e garantir recompra e engajamento. Tudo isso deixa o cliente feliz e faz com que ele se sinta importante.

Queima de estoque rápida

Você também pode utilizar cupons de desconto para o varejo com tempo limitado. Uma dica é fazer uso em suas comunicações de frases como:

  • “só até amanhã”;
  • “você só tem até 12h”;
  • “você só tem mais 10 minutos para aproveitar”, entre outras do mesmo tipo.

Ou seja, frases de impacto que despertem o interesse do consumidor. Aproveite e já divulgue na mesma comunicação um site para compra ou o endereço da loja. Assim, o cliente terá em suas mãos o poder de tomar a decisão e, acredite, muitas vezes isso ocorre de forma impulsiva.

Essa comunicação pode ser feita tanto por texto, quanto por meio do SMS para promoção no mesmo modelo descrito acima. Chamamos de “Flash SMS” por ser uma comunicação rápida que pisca na tela do celular do cliente e/ou, até mesmo, por RCS, onde a força e o apelo visual são mais intensos.

Cobrança

A TWW oferece soluções que enviam cupons de desconto para negociações de cobrança e regularização de dívidas.

Com isso, concluímos que não interessa a forma de fazer, a TWW ajuda você inclusive a desenhar essa estratégia junto ao cliente. Visto que prestamos consultoria aos seus clientes, o que certamente colabora para melhorar cada vez mais seus resultados.

Como utilizar essas soluções que oferecem cupons de desconto para o varejo?

As soluções funcionam de forma muito simples, já que estamos falando de texto e voz, que são as comunicações mais utilizadas no mundo. Tanto pela plataforma web quanto por integração de sistemas, não há segredo em como utilizar as ferramentas que distribuem cupons de desconto para o varejo.

Nesse sentido, o start inicial é realmente desenvolver a estratégia que a marca quer seguir. A partir daí a TWW ajuda a empresa a colocar o projeto no ar. Afinal, atuamos desde a consultoria para aperfeiçoar a estratégia da marca, de acordo com o objetivo que ela desenhou, até a elaboração de frases e conteúdos, assim como na execução dos envios, caso seja necessário.

Por fim, mensure resultados: de nada adianta desenhar uma estratégia incrível, se não houver uma medição dos resultados. É muito importante analisar esses números para acompanhar o crescimento da empresa, aprender e ajustar o que deu errado, replicar o que deu certo e dar continuidade às campanhas para que a empresa fidelize cada vez mais seus clientes e venda sempre mais produtos e serviços.

Viu como é simples? Portanto, se você deseja ofertar cupons de desconto para o varejo e tornar seus resultados ainda mais incríveis, entre em contato conosco agora mesmo!

Entenda como fazer a prospecção de clientes para elevar as vendas!

A prospecção de clientes bem realizada pode render resultados significativos para uma empresa. Apesar de ser um conceito conhecido, suas dinâmicas têm mudado nos últimos anos. O desenvolvimento de novas tecnologias e as transformações no perfil do consumidor são os principais motivos.

Mais do que buscar novas oportunidades, mercados e carteiras de consumidores, é necessário compreender esse contexto para elaborar estratégias e executá-las de maneira eficaz. Tal processo vai desde o contato com o público e a efetivação de campanhas de marketing até a experiência de compra e o relacionamento pós-venda.

É importante ter em mente que prospectar clientes envolve uma série de fatores que devem ser considerados, como planejamento, análise de mercado, conhecimento do perfil do consumidor, canais de comunicação, entre outros.

Quer descobrir como fazer a prospecção para elevar suas vendas? Então acompanhe os tópicos a seguir!

O que é prospecção de clientes?

Antes de saber como fazer uma prospecção de clientes com excelência, convém entender o que significa esse termo, não é mesmo?

O dicionário Aurélio apresenta quatro definições para “prospecção”. São elas:

  • ação de prospectar;
  • sondagem, exame do terreno para descobrir um filão mineral;
  • estudos das saídas que um mercado oferece;
  • procura de financiadores ou de clientes.

Ao analisarmos as explicações, vemos que as quatro trazem semântica pertinente à noção de “prospecção de clientes”. Examinar o terreno a ser trabalhado, estudar o mercado e buscar oportunidades de negócio e novos clientes constituem ações estratégicas para prospectar consumidores e aumentar as vendas.

Portanto, a prospecção de clientes é um processo cujo objetivo é aproximar a empresa do público-alvo (da persona), expor seus produtos e serviços, fazer sondagens e planejar a abordagem adequada de acordo com o funil de vendas.

Como fazer a prospecção de clientes de maneira estratégica?

Mas afinal, como fazer tudo isso? Nosso propósito neste tópico é justamente apresentar maneiras de realizar a prospecção de clientes de forma estratégica e que gere resultados positivos.

Contudo, é indispensável ter bem definidos os objetivos da empresa, bem como seus produtos ou serviços. Além do mais, é necessário saber qual é o público-alvo a ser atingido.

Foi-se o tempo das abordagens genéricas com finalidade de atingir quem fosse possível. A estratégia de “atirar no escuro” é intuitiva, ultrapassada e pouco eficiente em um mercado de alta competitividade.

Acompanhe a seguir outras dicas importantes que farão a diferença em seu negócio:

Elabore uma lista de contato com os clientes ideais

São considerados propects ou leads os clientes potenciais de sua empresa, ou seja, aqueles que têm interesse em seus produtos ou serviços. Eles fazem parte do público-alvo e suas características se encaixam no perfil que você busca atingir.

Conforme esses clientes potenciais entram em contato com sua marca, é possível obter os dados deles e criar uma lista para entrar em contato posteriormente, com o fim de concretizar negociações.

É importante destacar que essa lista de contatos deve ser segmentada, constituída exclusivamente de prospects. Contatar quem não se enquadra à sua persona é esforço desperdiçado.

Estude sistematicamente os concorrentes

Ao lado da definição do público-alvo, a análise de mercado é igualmente essencial para a estratégia de prospectar clientes

Hoje, nenhum empreendimento é exclusivo e hegemônico nas praças de venda. Conhecer bem essa concorrência permite que se busque maneiras de se diferenciar e alcançar leads insatisfeitos ou que procuram por novos produtos ou serviços.

Trabalhe com funil de vendas

O funil de vendas consiste em uma estratégia importante para fazer a abordagem correta na hora de entrar em contato com o público. Entre os clientes potenciais, há aqueles que ainda estão pesquisando opções e preços, os que já têm essas informações e ainda estão indecisos, assim como os consumidores que já estão totalmente decididos a efetuar a compra.

Contatar um prospect de maneira equivocada pode barrar oportunidades de negócio. Nessa perspectiva, a prospecção pode ser dividida em três etapas do funil de vendas:

Topo de funil

O topo de funil é o primeiro contato. Geralmente, as pessoas que estão nessa etapa ainda não sabem que têm um problema ou interesse. Tentativas de vendas serão inúteis para esse tipo de cliente. Antes disso, é necessário despertar suas necessidades, instigar sua curiosidade e conscientizá-los acerca do que precisam.

Meio de funil

Já nessa fase, os potenciais clientes já sabem que têm um problema e estão interessados em soluções. Dessa forma, é possível apresentar produtos e serviços como opção, porém sem apelação. O foco deve estar em passar confiança, estreitar os laços e municiar o consumidor de informações.

Fundo de funil

Aqui sim é adequado o esforço de levar o lead à ação. É o estágio final, em que vale apresentar as vantagens e os diferenciais de seus produtos ou serviços. Como os clientes estão decididos sobre a compra, é possível ser persuasivo e fazer ofertas sem assustar e ser inconveniente.

Faça pesquisas de mercado

Principalmente para identificar e compreender necessidades e interesses do público potencial, é fundamental realizar pesquisas de mercado. Essa boa prática ajuda também a construir as abordagens nas três etapas do funil de vendas.

As pesquisas de mercado podem ser feitas de diversas formas e requerem pouco custo, principalmente com as possibilidades que as novas plataformas de comunicação oferecem.

Ofereça conteúdo direcionado aos interesses do cliente

Nas três etapas do funil de vendas, é importante disponibilizar conteúdo de qualidade e estar presente em todos os canais de mídia para a prospecção de clientes. A presença digital é requisito primordial nos dias atuais, pois a maior parte dos consumidores utiliza essas plataformas.

Os canais mais tradicionais também devem ser utilizados para prospectar clientes, como o e-mail, o telefone e o SMS. Este último, inclusive, apresenta resultados altamente positivos no que diz respeito à eficácia na comunicação entre empresa e cliente.

Para ter uma ideia, a taxa de abertura e visualização das mensagens de texto enviadas para os dispositivos celulares é de 98% e o tempo médio de leitura é de 90 segundos. Basta pensar que, na atualidade, quase ninguém fica sem o celular nas mãos ou no bolso, não é verdade?

Logo, trabalhar com vários meios de comunicação para ter presença digital e adotar o SMS é um passo importante. Além disso, é estratégico fazer a prospecção de clientes de modo inovador, focando na experiência do consumidor, no atendimento e no uso de ferramentas tecnológicas.

Quer saber mais sobre como fazer comunicação com o cliente e aumentar seus resultados? Confira neste artigo!

Sac 3.0: como se adaptar a essa evolução? Descubra aqui!

Hoje, com a competitividade do mercado, o cliente tem se tornado cada vez mais exigente. É preciso pensar em novas maneiras de atendê-lo para se diferenciar da concorrência: oferecendo uma experiência positiva, a marca terá credibilidade e será propagada a partir de boas recomendações.

É nesse contexto que surge o SAC 3.0, que pode ser considerado uma evolução no conceito de relacionamento com o público. Ficou curioso para entender do que se trata?

A seguir, explicaremos o que é o conceito, como é possível se adaptar a esse serviço e quais são seus benefícios. Boa leitura! 

Entenda o que é o SAC 3.0

Como dito, esse conceito pode ser compreendido como uma evolução no fato de se relacionar com o cliente. Ou seja: a ideia é satisfazer um consumidor que anseia pelo atendimento de excelência.

As possibilidades de comunicação mudaram bastante nos últimos anos, principalmente pelo desenvolvimento de novas tecnologias (como os smartphones). Dessa forma, a maneira com a qual as empresas interagem com o público também precisou passar por algumas modificações.

Anteriormente, só era viável estabelecer contato com a organização da qual você tinha adquirido algum tipo de produto ou serviço por meio da ligação telefônica. Foi nesse sentido que veio a mudança: o SAC 3.0 age em diversos canais, como aplicativos e redes sociais, com o objetivo de estabelecer um atendimento otimizado, rápido e transparente. 

Você já deve ter percebido que as redes sociais exigiram que as organizações alterassem a maneira de se relacionar com os clientes. Já não é mais possível divulgar uma marca ou um negócio sem a presença constante nesses canais. Isso fez com que as empresas precisassem produzir conteúdos específicos para tais meios. 

Ou seja: além de transmitir informações sobre o seu nicho de atuação, é preciso estabelecer estratégias para estar presente no momento em que o público apresentar qualquer dúvida sobre os produtos ou serviços oferecidos. 

Saiba como se adaptar a essa tendência

A seguir, selecionamos algumas dicas para que você entenda como se adaptar a esse serviço. Confira!

Conheça os produtos e serviços oferecidos

Antes de estabelecer qualquer estratégia de comunicação com os clientes, é necessário entender quem são eles. O fato de determinada empresa funcionar perfeitamente em uma rede social, por exemplo, não implica que as demais terão os mesmos resultados. 

Faça perguntas como:

  • Onde o meu público está conectado na maior parte do tempo?
  • Por quais meios ele interage?
  • Qual é a linguagem a ser empregada para que a estratégia de comunicação tenha efeito?

Depois de responder a um questionário parecido com esse, você terá a certeza de que está no caminho certo para o bom atendimento 3.0, mantendo uma interação direta com o cliente. Quanto mais a empresa interagir da maneira correta, maiores serão as chances de ter um público fidelizado, que a indicará para amigos e familiares. 

Para tanto, é necessário conhecer bem o produto ofertado e todas as etapas que o cliente percorre até, enfim, fechar negócio. Quando você domina essas informações, transmite confiança ao consumidor, fazendo com que ele se sinta próximo da marca. 

Faça o monitoramento de suas estratégias

Mais do que investir em boas estratégias, é preciso entender se elas estão trazendo o resultado esperado. O primeiro passo é integrar os canais e confirmar que as áreas do negócio estão alinhadas. Ao consultar uma organização por apresentar dúvidas sobre produtos e serviços, o público nem sempre terá questionamentos sobre a área que o atenderá.

Assim, a pessoa que fizer o atendimento precisa saber sobre quem o responderá, encaminhando para o setor responsável. Como consequência, o atendimento se torna mais ágil, levando credibilidade ao cliente. 

Além disso, monitorar tais estratégias é um dos passos mais importantes para entender os pontos que estão dando certo e aqueles que precisam de melhorias. Para tanto, colete as informações, faça um mapeamento de todas as solicitações e identifique como está a satisfação dos clientes. 

NPS

Uma boa maneira de medir essa satisfação é por meio do NPS (Net Promoter Score), metodologia que mensura a lealdade dos consumidores. Com o serviço de SMS, por exemplo, você pode questionar seu público: “de 0 a 10, qual é a nota do nosso atendimento?”. 

Mas é preciso que a empresa vá além de apenas levantar dados e gerar relatórios — tomar as providências necessárias é essencial. Portanto, encaminhe as demandas aos setores competentes e ofereça soluções a seus clientes!

Conheça os benefícios do SAC 3.0

O SAC 3.0 oferece diversos benefícios para a empresa que o adota. Além de aumentar a proximidade com o cliente, é possível personalizar o atendimento. Com o advento das mídias sociais e a ampliação do uso de smartphones, o contato marca-cliente tem o risco de ficar mais robotizado.

Assim, é essencial estabelecer conexões que façam a pessoa atendida se sentir única, humanizando aquela conversa. Além disso, estabelecer um atendimento que traga soluções rápidas para o seu público permite um marketing boca a boca mais eficaz.

A partir de um atendimento de excelência, os clientes recomendarão os produtos e serviços da marca para as pessoas próximas. Portanto, aqueles consumidores que já têm contato com a empresa serão fidelizados, ao passo que potenciais compradores serão atraídos. 

Entenda como o SAC 3.0 se relaciona com o conceito de Transformação Digital

Adaptar-se às novas tecnologias para a sobrevivência no mercado competitivo de hoje é um dos principais objetivos das empresas. Sendo assim, a Transformação Digital envolve justamente a adoção de novas soluções para incrementar a produtividade e a lucratividade, mediante o oferecimento de uma experiência enriquecedora ao cliente. 

Tudo isso está relacionado ao uso do SAC 3.0 pelas organizações. Trata-se de proporcionar agilidade nos processos operacionais e conseguir implementar modelos práticos e eficientes de atendimento para aquelas pessoas que precisam de algum tipo de contato com a marca. 

Neste conteúdo, pudemos observar como o SAC 3.0 veio para revolucionar a maneira com a qual as companhias se comunicam com o cliente. Foi justamente pensando nesses aspectos que as empresas desenvolveram plataformas para se aproximarem do público por meio de mensagens, pesquisas de satisfação e outras ferramentas capazes de aprimorar a experiência — a TWW é um bom exemplo nesse contexto. 

Ficou curioso e quer saber mais sobre essas soluções? Entre em contato conosco e confira os serviços que oferecemos!