fbpx

Não importa qual seja o segmento da empresa, ela vai sempre vender algo à alguém, independentemente se é um produto ou serviço. Por isso, é crucial conhecer todas as etapas e processos de venda para conseguir o sucesso dentro do setor em que atua.

Vale destacar que quando falamos de vendas, não se trata apenas da troca entre cliente e vendedor, e sim todo o processo que leva até a finalização da compra. Conheça todos os tipos de vendas, dicas e outras estratégias que ajudarão sua empresa de forma efetiva.

Principais tipos de vendas

Existem algumas modalidades de vendas, as mais comuns no mercado são as diretas, as consignadas e as corporativas. Cada uma delas é voltada para tipos de negócios diferentes, com públicos-alvo específicos, por isso, é necessário compreender suas características e entender qual é a ideal para o seu negócio.

Vendas consignadas

Esse tipo de venda é mais comum entre varejistas e distribuidores. É a parceria entre um estabelecimento que realiza as vendas e seu fornecedor, com vantagens e acordos que sejam positivos para ambas as partes. Empresas que tenham um estoque pequeno
podem e devem ser beneficiar de vendas consolidadas com outras companhias.
Já que o fornecedor assume o risco de arcar com as despesas e eventuais devoluções caso os produtos não sejam vendidos, o vendedor tem uma opção segura na negociação. Além disso, essa transação também pode ser feita entre lojas e pessoas físicas, neste caso o vendedor assume as vendas e caso o pagamento não seja feito no prazo acordado, o produto é devolvido ao fornecedor.

Vendas diretas

São as vendas clássicas, basicamente consiste no contato entre o vendedor e o consumidor. As empresas estudam as oportunidades de acordo com seu público-alvo e seus problemas a serem resolvidos. Esse tipo de venda, oferece um atendimento personalizado e próximo, sempre de acordo com o tipo de produto ou serviço oferecido. Dentro das vendas diretas, temos alguns tipos diferentes. Algumas delas são:

  • Porta em porta: é a situação em que o vendedor literalmente vai até a localização do cliente para fazer a venda; 
  • Catálogos: que é o caso em que o vendedor deixa um revista ou catálogo com descrições, imagens e preços dos produtos, que o cliente vai selecionar quais deseja comprar;  
  • Lojas físicas: local onde o cliente se dirige para conhecer mais informações sobre o produto oferecido, e é atendido por um vendedor preparado.
  • E-commerce: são as vendas feitas através de um comércio virtual por meio de um equipamento eletrônico, como smartphones ou computadores.

Vendas corporativas

Diferente dos casos anteriores, esse tipo de venda é focado 100% em B2B. Neste caso, as vendas são mais racionais, pois são analisada com mais cautela, e baseadas em argumentos concisos. Vendas corporativas são geralmente feitas através de contratos de longos períodos, transações de alto valores e precisam de um processo de vendas mais complexo, que pode durar um tempo consideravelmente acima das vendas comuns. 

O ideal é criar um bom relacionamento com o público a ser conquistado, levando o lead à finalização da compra e, principalmente, à fidelização – o que garante parcerias duradouras. Nas vendas corporativas, é crucial apresentar argumentos e ter embasamento para efetivar a contratação de produtos ou serviços. Por isso a apresentação de resultados após a venda é importante para destacar as vantagens de manter a parceria.

Dicas de como vender mais

Técnicas e planejamentos são fundamentais para um bom desempenho de estratégias de vendas, marketing e no geral.

Estude seu público-alvo

Todas as informações possíveis sobre o público-alvo são de grande importância para aumentar as chances de sucesso. Saber o comportamento do potencial cliente, e informações como idade, classe social, gênero, estado civil, entre outros é fundamental para que a empresa ofereça o produto ou serviço que atendam a necessidades do usuário.

Tenha uma boa relação com seus consumidores

Além de buscar conquistar novos compradores sempre que possível, é indispensável manter um bom relacionamento com os clientes que já conhecem a empresa. Assim, a marca adquire uma boa reputação e relevância no mercado que está inserida. Além disso,  manter os clientes já conquistados ajuda a empresa na conquista de consumidores em potencial. Isso pode ser feito através de um bom pós-venda, atendimento personalizado e estratégias de remarketing.

Faça mensuração e análises 

A realização da mensuração das métricas pode auxiliar no entendimento do desempenho de uma campanha. Acompanhar os resultados obtidos ajudam no direcionamento das estratégias, e caso necessário, que ajustes sejam feitos. Quando uma estratégia de venda apresenta resultados positivos, gera o embasamento para elaboração de outras metas.

O que é o ciclo de vendas?

Primeiramente, ele é o tempo médio que um produto ou serviço leva para ser adquirido. Ele inclui diversas etapas, que se iniciam no primeiro contato e vão até o pós-venda.
São etapas que consideram os hábitos e desejos do público-alvo durante o planejamento, e garante uma boa experiência de compra, tornando os processos mais efetivos. Além disso, o cliente pode encerrar a negociação quando quiser, simplesmente por não estar satisfeito com algo. Por isso, é crucial estudar o ciclo de vendas com todas as suas fases, para diminuir as chances de que isso aconteça.

Quais são as etapas?

Independemente de qual seja o segmento, o ciclo de vendas precisa passar por algumas etapas para aumentar as chances de sucesso. Conheça abaixo algumas etapas:

  • Prospecção: Encontrar clientes em potencial é a primeira fase;
  • Primeiro contato: Pode ser feito por mensagens SMS, ligação, mensagem direta ou e-mail;
  • Qualificação: Etapa onde é feita a separação entre os leads que tem potencial e os que podem ser descartados, que são aqueles que não apresentam real interesse em fechar negócio;
  • Apresentação: Momento em que o cliente é apresentado ao produto ou serviço;
  • Negociação: Quando a proposta é enviada para cliente para que seja feita a análise e o vendedor aguarda um retorno;
  • Fechamento: Efetivação da compra e formalização da venda;
  • Pós-venda: Quando a empresa busca manter a satisfação do cliente após a conversão.

A elaboração do ciclo de vendas

Após a definição das etapas, é o momento de elaborá-las, a fim de entender e estudar o que vai ser feito em cada uma delas. Construção dos objetivos e metas são cruciais para um bom planejamento do ciclo de vendas. Além disso, todo o processo de compra e hábitos do cliente são vitais, por isso é importante conhecer detalhes como: quando o cliente compra; quem o influencia no processo; como a pesquisa pelo produto ou serviço é feito; horários em que utiliza redes e dispositivos de busca; pontos importantes, entre outros. Quanto mais completas forem as informações, mais fácil será o processo de elaboração e abordagem. 

Além de todos os processos e dicas de estratégias que citamos, é necessário contar com ferramentas que auxiliem a empresa durante o processo de vendas. Uma boa parceria pode gerar o aumento nas conversões e trazer ótimos resultados. Por isso, sua marca pode contar com a TWW para bater as metas e alavancar as vendas. São anos no mercado, sempre orientando e auxiliando empresas dos mais diversos segmentos. Profissionais experientes em estratégias efetivas com SMS, chatbot, voicebot ou o que mais sua empresa precisar para entregar uma ótima comunicação com seu consumidor.  Fale com nossos especialistas e saiba como melhorar seus resultados.

Escreva um comentário