Hoje, o mercado mobile representa uma ótima oportunidade de negócios para marcas e empresas. Segundo uma pesquisa realizada pela Mobile Advertising Forecasts, o uso da internet a partir de dispositivos móveis aumentou de 40% no ano de 2012 para 68% no ano de 2016. Além disso, 91% das pessoas que têm smartphone compram ou têm a intenção de fazer compras pela internet depois de ter acesso a anúncios relevantes.

Todos esses números demonstram que a área está em ascensão. Por isso, pensando nessas informações, elaboramos alguns tópicos importantes que você precisa saber sobre o mercado mobile. Se você tem interesse em saber quais são eles, continue a leitura e confira!

O mercado mobile é o que mais cresce no mundo

Que a tecnologia inteligente veio para ficar, é um fato. Hoje, é difícil encontrar pessoas que não estejam amplamente conectadas, seja pelo uso das redes sociais buscando informações ou na utilização cotidiana dos aplicativos, que exercem funções diversas.

Ou seja, esse mercado cresceu e traz uma série de inovações ao consumidor, que consegue executar diversas tarefas por meio dos celulares. Assim, foi criado um novo modelo de negócios, englobando diferentes setores empresariais.

Um bom exemplo de que o mercado mobile é o que mais cresce no mundo está relacionado à transmissão de informações por meio da mídia impressa, que vem diminuindo seus resultados. Desde 2015, a média da queda diária de materiais impressos foi de 520 mil exemplares, bastante significativo para a área.

Em relação ao consumo, estudos apontam que as compras de fim de ano por meio de plataformas digitais vão dominar o mercado. Em relação ao ano de 2017, as receitas devem crescer cerca de 13%, sendo que 35% desse faturamento deve ser gerado a partir de recomendações via inteligência artificial.

Os dados apresentados só comprovam a nova tendência do consumidor, que modificou os seus hábitos e vê, nas plataformas digitais, excelentes alternativas para o seu dia a dia.

O mercado mobile no Brasil

Podemos dizer que o smartphone se transformou no controle remoto do mundo. Ele é utilizado muito mais do que apenas um equipamento de comunicação. E os números chegam a impressionar: de acordo com a FGV-SP, em 2017 tínhamos um aparelho por habitante no país.

Além disso, segundo a pesquisa da Mobile Time, em parceria com a Opinion Box, nas casas em que há smartphones, cerca de 72% das crianças entre 10 e 12 anos têm seu próprio celular.

Outra informação que vem ao encontro de todos esses números crescentes tem relação à adoção da tecnologia 4G, que supera a 3G e se torna a mais ampla cobertura no Brasil, com aproximadamente 95 milhões de acessos nos dois últimos meses de 2017, de acordo com a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Podemos considerar, ainda, que o brasileiro é um entusiasta da tecnologia. Ele percebeu rapidamente que os aplicativos para os celulares poderiam se tornar seus amigos mais fiéis. Uma prova disso é em relação aos bem-sucedidos apps de mobilidade urbana. Lá no ano de 2014, quem poderia imaginar que seria possível pedir um táxi ou similar por meio de um smartphone e pagar online? Hoje, é quase impensável sacar dinheiro em caixa eletrônico para poder pagar por esse serviço.

Dessa forma, o mercado mobile tem ampliado bastante seus horizontes dentro de nosso país, trazendo facilidades significativas para as pessoas que o utilizam.

Dados importantes sobre o mercado mobile no Brasil

A seguir, selecionamos alguns dados importantes sobre o mercado mobile no Brasil. Acompanhe!

1. Maior densidade de aparelhos móveis

De acordo com a pesquisa citada pela FGV-SP, a densidade dos dispositivos mobile que se conectam à internet pode chegar a dois por  habitante. Sendo assim, as pessoas terão mais de um método para terem acesso à internet.

2. Tráfego de internet é maior no mobile

Desde o ano de 2014, os smartphones ultrapassaram os computadores como meio principal de acesso à internet. Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE, 80% dos entrevistados utiliza o celular para acessar a internet, enquanto 77% utiliza o computador.

3. Brasil é terceiro mercado de apps

Entre os países que mais consomem aplicativos no mundo, o Brasil está atrás apenas da China e dos Estados Unidos da América. Os dados vêm das duas principais lojas de aplicativos de hoje: a Google Play e a App Store. Isso demonstra o quanto o mercado mobile brasileiro tem o hábito de baixar e utilizar os aplicativos.

4. 47% navega diariamente na internet pelo celular

De acordo com dados da Sociomantic, empresa alemã com especialidades em mídia programática, 47% das pessoas têm o hábito de usar internet todos os dias por meio de smartphone em nosso país. As pessoas não só abraçaram a tecnologia, como também a incluíram em seu cotidiano.

5. 67% dos brasileiros já fizeram compras usando o smartphone

O mercado mobile no Brasil também é bastante forte para quem deseja vender com a ajuda dos aparelhos. Ainda de acordo com a Sociomantic, 67% dos brasileiros já fizeram compras utilizando smartphone. 12% dessas compras online em 2015 foram feitas por meio de dispositivos móveis.

6. O SMS como diferencial neste mercado

Por não precisar de internet, o SMS é o canal com maior alcance mobile. As empresas perceberam esse grande diferencial e utilizam esse canal para enviar mensagens transacionais, como alertas de utilização do cartão de crédito, pesquisas, NPS, negociações de dívidas, promoções e muitas outras possibilidades.

Devido ao baixo investimento necessário para esse canal, as campanhas conseguem atingir um ROI (retorno sobre o investimento) maior, além de ser também, um ótimo gatilho para iniciar campanhas multicanais que tenham interação com a internet, como para e-commerces, por exemplo, onde é possível divulgar um cupom de desconto e direcionar o cliente para o site da loja online.

O brasileiro está passando mais tempo em aplicativos e redes sociais

As pesquisas confirmam algo que já não era mais dúvida: os brasileiros estão passando muito mais tempo acessando aplicativos nos celulares. Embora os jogos tenham uma participação significativa nesses números, o aumento também se deve especialmente aos downloads de aplicativos de diversas categorias, como Foto e Video, Finanças, Viagens etc.

De acordo com um balanço divulgado pela App Annie, o tempo gasto em aplicativos no Brasil cresceu aproximadamente 50% em 2016. Se levarmos em consideração apenas os celulares com Android, os minutos gastos passaram de 75 bilhões para aproximadamente 110 bilhões.

O índice coloca o país na segunda colocação de um ranking mundial, perdendo apenas para a Índia, que soma quase 150 bilhões. Os EUA ficam em terceiro, com aproximadamente 90 bilhões de minutos gastos em aplicativos. Como o Google Play não atua na China, esse levantamento não traz os números daquele país.

A partir da leitura deste conteúdo você pôde perceber que o mercado mobile é um segmento que está em ascensão no Brasil e no mundo, com expectativas de ainda melhores resultados para os próximos anos. Ficar de fora dessa ampla área fará com que sua empresa perca diferenciais competitivos e fique para trás daquelas que enxergam boas oportunidades nesse ramo.

Gostou deste texto e dos dados oferecidos pela TWW? Então acesse agora mesmo a nossa página ou entre em contato conosco.

Escreva um comentário