fbpx

A inovação está cada vez mais presente no nosso dia a dia. Principalmente no setor financeiro. São diversas as melhorias feitas para facilitar a experiência do cliente na hora de realizar uma transação, pagamento ou consultar seus dados. Porém, tal avanço tem um lado preocupante: aumenta a vulnerabilidade das instituições. Assim, como sua instituição pode garantir a segurança dos seus clientes?

As tentativas de fraudes no setor financeiro sempre foram uma dor de cabeça, tanto para as marcas quanto para seus clientes. E com a pandemia não foi diferente. O aumento da inovação e centralização de transações online, principalmente com cartão de crédito, expôs instituições. Como resultado, as fraudes durante a pandemia tiveram um aumento de 70%.

Dentre as mais comuns, destacam-se: clonagem do cartão de crédito ou débito, compra indevida utilizando documentos falsos e fornecimento acidental de dados pessoais para terceiros. Nesse cenário, faz-se necessário que as instituições financeiras estejam preparadas a longo prazo. Seja para tentativas de fraudes que envolvam dinheiro ou roubo de dados. 

Neste post, vamos explicar um pouco mais sobre os benefícios de adotar uma estratégia antifraude e quais são as ferramentas para evitar que isso aconteça. Boa leitura!

A importância de garantir a segurança de seus clientes

Além de evitar prejuízos, garantir a segurança dos seus clientes é essencial para que eles tenham uma experiência positiva com a sua instituição. Se sua marca se mostra vulnerável para esses ataques, seus clientes perderão a confiança e optarão por bancos mais preparados nesse quesito. Haverá uma perda de credibilidade na sua marca que, consequentemente, resultará na perda de consumidores. E não é isso que sua instituição quer. 

Toda pessoa quer ter segurança na hora de movimentar seu dinheiro. Afinal, ela confiou na sua instituição financeira como um “porto seguro”. E, quando isso não é disponibilizado, há uma quebra de expectativa. Para seus clientes, a opção digital serve para facilitar processos e não para proporcionar receios.

Outro possível risco é que sua marca pode se tornar juridicamente responsável pelos prejuízos. Tendo que arcar com despesas e custos inesperados em relação às fraudes cometidas. 

Mas como evitar tudo isso? Apostando em segurança. De acordo estudo da Kaspersky LAB e B2B International, 64% dos bancos dizem estar investindo para melhorar sua segurança de TI, independentemente do retorno de investimento. Tudo para se adequarem às demandas do governo, com a Lei Geral de Proteção de Dados, e para garantir conforto aos seus clientes. 

Conte com ferramentas aliadas

Sendo assim, é necessário apostar em ferramentas que irão proporcionar uma melhor experiência para seu cliente. Mostrando que sua empresa está preocupada em fornecer um serviço de prevenção para qualquer fraude.

E, nada melhor do que entrar em contato com seu cliente em tempo real para entender se ele está de acordo com a transição ou compra feita, não é mesmo? Com o SMS, você pode! Mas nós vamos te explicar cada aplicação.

Aviso de compra/transação

Esse é um dos processos mais conhecidos para garantir a preservação de seu cliente. Ele consiste em autenticar dados dos usuários, proporcionando maior segurança.

Você pode enviar todas as informações referentes à compra ou à transação para que ele confirme se está ciente. Na sua mensagem, é importante conter o final do cartão, o valor, a data e o local que a movimentação foi feita. 

Por não depender da internet, o SMS se torna uma ótima opção para enviar esse tipo de mensagem. Já que, assim, sua instituição estará facilitando o conhecimento de seu cliente por informá-lo em tempo real do que aconteceu. Entenda em um exemplo: 

Sua empresa pode, ainda, utilizar o Sender ID para identificar-se como remetente da mensagem. Isso facilitará o cliente a entender de quem está sendo enviada a comunicação, gerando uma expectativa do que se esperar. Além de proporcionar maior credibilidade para a sua marca. 

Verificação antifraude com chatbot

O chatbot é uma forma prática de se comunicar com o seu cliente. Já que permite interação e demanda de uma resposta rápida para resolução de problemas. Ainda mais, a ferramenta é personalizável para incluir o nome da sua marca e do seu cliente, facilitando a identificação. 

Com uma taxa de abertura de 98%, com leitura em menos de 3 minutos, o SMS se torna uma ótima alternativa para envio de chatbots. Ele permitirá que você entre em contato com seu cliente rapidamente e tome todas as atitudes necessárias para evitar a fraude. Veja dois exemplos: 

Em ambos, a mensagem enviada exigia uma resposta do consumidor sobre uma compra realizada em seu cartão. Com o chatbot, ela foi obtida de forma rápida e eficaz, garantindo que as providências fossem tomadas. 

Alertas de eventos nas contas

Uma outra forma de garantir a segurança de seus clientes é informando sobre movimentações na conta. Você pode avisar seus clientes sobre eventos como: cheque especial, transferências, aumentos de limite, solicitações de empréstimo, entre outros. Assim, caso ele não reconheça esses tipos movimentação, ele poderá entrar em contato imediatamente com a sua instituição. 

Essa ferramenta é muito importante já que muitos clientes não têm o costume de entrar em suas contas todos os dias. Como, por exemplo, pessoas que não estão muito adaptadas com os aplicativos. Quando são avisados de que algo aconteceu, eles direcionam sua atenção para isso. Possibilitando que a resolução seja muito mais rápida e prática. Veja um exemplo: 

Autenticação em dois fatores 

A autenticação de dois fatores nada mais é do que uma etapa adicional de segurança no processo de login da conta. Para instituições financeiras, o recurso pode ser considerado positivo já que ajuda a garantir a preservação dos clientes. A forma mais comum de enviar essa autenticação é por SMS, já que ele permite o envio de uma mensagem rápida e de forma simples que contenha um código ou Token para autenticação. Além de, claro, não depender da internet, o que facilita o processo. 

Em outras palavras, o método é uma forma de reforçar suas defesas. Assim, em caso de tentativa de fraude, o criminoso teria mais de uma informação para obter além da senha. 

Utilize opções que respeitem a segurança de seus clientes

Na hora de escolher um serviço para envio das suas comunicações, preze por aqueles que se preocupam com as necessidades de seus clientes. Ou seja, que estejam adequadas com a LGPD e que ofereçam recursos para ajudar na relação de confiança com a sua marca. 

Na TWW, valorizamos a preocupação da sua instituição em se comunicar efetivamente. Principalmente na questão de garantir a segurança de seus clientes. Converse com um de nossos consultores e vamos, juntos, encontrar as melhores estratégias para sua marca! 

Escreva um comentário